Recuperar Senha
Fechar
Entrar
Aventura Outdoor
Eduardo Ramos
15 de Março - Quinta-feira - 10:00

Esportes de Aventura

Já pensou praticar um esporte diferente???

 Bom dia!

 

Alguns anos passaram e a vida mostrou que os momentos e as experiências que vivi, foram capazes de me fazer estar aqui e compartilhar um pouco disso com vocês . Mudanças que acontecem do simples ao complexo e se sabermos aproveitar, podem abrir novos caminhos...

É a terceria vez que começo um novo projeto nesse blog e com todas as coisas que aconteceram nos últimos anos, hoje posso dizer que vocês leitores vão gostar.

"COMPARTILHAR EXPERIÊNCIAS" essa é a minha proposta!

Quem animar, está convidado para embarcar nesse projeto: "Esportes de Aventura de A a Z"

 

Grande abraço,

 

Dudu

 
26 de Agosto - Sexta-feira - 15:00

Esportes de Aventura

Lapinha da Serra

Esporte: Moutain Bike 

Local: Lapinha da Serra / MG

Distância: 143km de Belo Horizonte

Tempo de prática: 4 horas

 

A Atividade:

O Moutain Bike para mim foi onde tudo começou... 

Dessa vez vou fazer um pouco diferente e não ser tão direto a sua definição, pois a minha história nos Esportes de Aventura começou em cima de uma bike! Como se diz: "Ohhh meus tempos"....

Mais que um esporte é a minha grande paixão! Minha adolescência, meus grandes e velhos amigos... Da parte que chegava da aula e já subia na magrela para encontrar os amigos e dar aquele rolé de bike na cidade de Belo Horizonte até as competições que paticipava nas belas cidades de Minas Gerais...

 Enfim, são tantas histórias que teria que fazer um Blog só desses "casos"...kkkkk

 

 

O MTB (Moutain Bike) é a prática do ciclismo em terrenos com diversos obstáculos e irregularidades. Geralmente feito em trilhas e estradas em montanhas, rochas e rios.

A bicicleta é específica para a prática com vários componentes mais resistentes e a relação das marchas com diferenciação no tamanho da corôa e da catraca trazem facilidade nos trechos para os praticantes.

A nossa trilha começou às 09h na mangueira, local conhecido na região por ser a área onde deixamos o carro. Para acesso a Cachoeira Bicame são liberados por dia, apenas 30 pessoas. São 10,5Km até a cachoeira em um trilha nível médio por apresentar trechos técnicos e difícil para iniciantes. mas a linda região da Lapinha trás um visual onde qualquer esforço é esquecido ao perder-se pelas belas paisagens.Depois de 2 horas chegamos na linda Cachoeira Bicame. Ficamos 1 hora e voltamos os 10,5km em 01:40h com mais facilidade por ser trechos com mais descidas.

 

 

 

A análise técnica do MTB é bem tranquila, sendo que envolve uma predominância de esforço físico pelos membros inferiores e repouso dos membros superiores e em alguns momentos,prinipalmente em descidas, você não pedala. A maior dificuldade psicológica no praticante é o medo de cair, mas com um pouco de bom senso e saber os seus limites, traz segurança e o passeio torna-se tranquilo com o tempo. Todos levaram mochila com lanche e água, coisa bem leve. Tênis de caminhada ou corrida foram usados por aqueles que não têm sapatilhas e pedais de encaixe.




O esporte cresceu bastante e existem vários canais onde vocês possam encontrar mais informações sobre o MTB.


Espero vocês na próxima "Aventura Outdoor"...


Abraço e bom fds!!!


Dudu Moquiwa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

16 de Junho - Quinta-feira - 18:30

Esportes de Aventura

Brumadinho - MG

 

Esporte: Cavalgada 

Local: Brumadinho / MG

Distância: 35km de Belo Horizonte

Tempo de prática: 3 horas

 

A Atividade:

Cavalgada é uma manifestação cultural em forma de passeio, realizada por grupos de cavaleiros e amazonas, entre crianças e idosos. Uma cavalgada pode ser realizada por motivos religiosos, cívicos, diversão, esporte, ou associação dessas atividades juntas. Esse hábito é realizado por pessoas em todo o Brasil.

Hoje, essa prática é considerada uma mistura de religião, esporte, aventura, mas principalmente um patrimônio histórico cultural, trazido com orgulho no peito de quem pratica. Promove fé e amizade. Além disso, as cavalgadas pelo País afora, desempenham um papel importante no comércio das localidades onde são realizadas. (Fonte: Wikipédia)



Foto: Eduardo Ramos


Nossa cavalgada teve início as 10h e com o término as 13h. Quando chegamos no Haras, recebemos todas as informações e orientações dos equipamentos e dos cavalos. O percurso durou 3 horas com uma distância aproximada de 30 km passando por trilhas (abertas e fechadas) e córregos. Para alguns foi uma primeira experiência e uma nova história, por estar em contato com a natureza e um animal que também é um dos melhores amigos que um homem pode ter. Tivemos caminhos passando por fazendas e matas que mostram a beleza da região.


 

 

Foto: Eduardo Ramos

 

Fazendo uma análise técnica da cavalgada, o nível de esforço está proporcionalmente relacionado ao tempo de duração da mesma. Com uma prática de 3 horas, foi o que calculamos para tornar a atividade prazerosa. Mais do que isso, deve-se haver uma preparação... As pernas acabam forçando bastante para manter o equilíbrio e a parte interna da coxa, devido a posição que não estamos acostumados. Porém no outro dia, podemos perceber que as costas estavam com dor tardia, devido o esforço feito em puxar as redeas e que acabou sendo feito um movimento que não estamos acostumados.

 

Foto: Eduardo Ramos

 

Indico todos que ainda não tiveram a oportunidade em fazer uma cavalgada, procurarem um haras que tenha os devidos cuidados, não só com os praticantes, mas que cuidam e preocupam realmente com os cavalos, pois em alguns casos, esses animais são explorados! Nessa cavalgada, aprendemos que o respeito em não forçar o animal é de extrema importância!

 

Grande Abraço e até a próxima aventura...

 

Dudu 

02 de Junho - Quinta-feira - 09:00

Esportes de Aventura

Pico Da lapinha - Lapinha da Serra - MG

 

Esporte envolvido – Trekking

Local: Lapinha da Serra / MG

Distância: 143km de Belo Horizonte

Tempo de prática: 5 horas

 

A Atividade:

Existe várias definição para o Trekking. O ato de andar ou correr em trilhas é a forma mais simples de definir... Praticado em trilhas abertas ou fechadas, com diversidade de terrenos como terra, areia, cascalho, lama, areia vulcânica e outros... Como esporte uma diferença básica está na sua classificação como Trekking de Regularidade e Trekking de Orientação, Trekking contra-relógio e outros, mas o mais comum são esses.  


 

Foto: Eduardo Ramos

 

O nosso Trekking foi para atingirmos o Pico de Breu na Lapinha da Serra e devido o clima no dia, fizemos a mudança no percurso e fomo para o Pico Da Lapinha ou também conhecido com Pico do Cruzeiro. O início a nossa caminhada foi as 09h da manhã em um dia que não chovia, porém bastante nublado. Com uma subida tranquila com média de 4 a 4,5 Km e no tempo de 3 horas atingimos o Pico. Apesar de muita neblina, em alguns momentos podemos ver a beleza que aquele lugar proporciona. Voltamos com uma média de 2 horas e foi o momento especial para as fotos, pois o tempo já estava melhor e a vista pra represa era um cenário que pedia esses registros.



Foto: Eduardo Ramos


A análise técnica do Trekking é bem tranquila, sendo que envolve uma predominância de esforço físico pelos membros inferiores e repouso dos membros superiores. Apesar de parecer uma distância curta mas, de uma altimetria bem acentuada, podemos considerar que é um Trekking de nível de dificuldade médio para pessoas ativas. Não existe muito estresse ou dificuldade psicológica no praticante, pois o ritmo é tranquilo por ser um grupo. Mochila com lanche e água, coisa bem leve e blusa de frio. Tênis de caminhada ou corrida e alguns que já praticam essas atividades já têm tênis próprio ou botas específicas.


 Foto: Eduardo Ramos

 

 Não vou entrar muito em detalhes sobre o Trekking, porque teremos mais atividades de Trekking e são atividades diferentes do que um Trekking de ataque ao Pico.

 

 

Valeu e até mais!!!  

06 de Maio - Sexta-feira - 16:00

Esportes de Aventura

Serra do Cipó - Rio Parauninha

Esporte envolvido – Canoagem

Local: Serra do Cipó / MG

Distância: 100km de Belo Horizonte

Tempo de prática: 4 horas

 

Foto: Eduardo Ramos


A Atividade:

A canoagem é um meio de vida para algumas culturas e esportiva para outras, praticada em em rios, mares, lagos e águas agitadas ou calmas. Existe várias formas de modalidades, desde a canoa, caiaque, rafting e wave-ski. São feitas de madeiras ou de materiais como fibra de vidro e polietileno. Canoas são abertas e caiaques são fechados, sendo as canoas de origem canadense e os caiaques de origem esquimó. Uma outra curiosidade é que remos duplos são utilizados para caiaques e remos individuais são utilizados em canoas. As canoas que utilizamos para a prática são de origem canadense, geralmente utilizada para provas de corrida de aventura. 

A nossa aventura começou no rio Parauninha. Um rio de águas calmas e percorremos a distância de 3,5Km de ida e 3,5km de volta e gastamos uma média de 2 horas de ida e voltamos com 1:30h... Um dia que o sol não estava muito forte e por isso não tivemos sofrimento algum por calor!

 

Foto: Eduardo Ramos

A análise técnica da canoagem é bem tranquila, sendo que envolve uma predominância de esforço físico pelos membros superiores e repouso dos membros inferiores. Nada melhor que estar em meio a natureza para relaxar a cabeça é o uníco aspecto determinante é saber nadar, mesmo estando com o colete salva vidas. Apesar de parecer uma distância longa de ida e volta, a canoa canadense desenvolve bem a velocidade na água, tornando mais fácil a prática e sendo mais prazeroso e por isso não gera nenhum estresse ou dificuldade psicológica no praticante. Utilizamos desde remos duplos e remos individuais onde a facilidade e conforto do praticante está relacionada ao tipo de remo.

 

Foto: Eduardo Ramos



Espero que todos tenha o prazer em praticar a canoagem...

 

 Até a próxima aventura!!!

 

Abraço,

 

Dudu

 

18 de Abril - Segunda-feira - 21:00

Esportes de Aventura

Clube Moquiwa / paintball

Esporte envolvido – Paintball

Local: Belo Horizonte / MG

Distância: 18km do centro de Belo Horizonte

Tempo de prática: 1 hora                               Foto: Eduardo Ramos

A Atividade:

O Paitball é um jogo disputado em equipes. Pode ser praticado em lugares abertos geralmente como matas ou em arenas. A "arma' que na verdade é um marcador, dispara bolinhas de tinta através do mecanismo de ar comprimido. Necessita de equipamentos de proteção para o corpo e para o rosto principalmente! 

A forma de jogo varia desde eliminar a equipe adversária, capturar a bandeira da equipe adversária ou aquela equipe que conseguir chegar no centro e pegar a bandeira vence. 

Uma curiosidade é que muitos acham que o Paintball surgio dos treinamentos militares, apesar de ser usado hoje com este fim. Mas surgiu de um grupo de pessoas resolveu brincar de "capture a bandeira'' com marcadores de árvores e trilhas de engenheiros florestais nos EUA em 1981.

                               Foto: Eduardo Ramos

A análise técnica desse jogo, envolve esforço físico e psicológico. O psicológico está mais envolvido na tática de jogo que a equipe utilizará e a de esforço vai desde os movimentos de agachar, correr e rastejar. A Acessibilidade ao jogo está fácil, onde encontramos lugares especializados com toda a estrutura. Existe campeonato que são organizados pelas arenas e federações. 

                               Foto: Eduardo Ramos

 

 

Marque essa aventura com seus amigos!!!

 

Grande Abraço,

 

Dudu 

28 de Março - Segunda-feira - 13:00

Esportes de Aventura

Clube Moquiwa / Rapel na Cachoeira do Rapel - Lapinha da Serra/MG

Esporte envolvido – Rapel

Local: Lapinha da Serra / MG

Distância: 143km de Belo Horizonte

Tempo de prática: Trekking 30 minutos e Rapel 15 minutos

 

                                             Foto:Eduardo Ramos

A Atividade:

O Rapel para alguns é um esporte e para outros uma técnica que vêm da escalda, chamada de descenção: Praticado em pontes, viadutos, paredões e rochas. Necessita de equipamentos como Baudrier (cadeirinha), moquetão, freio (oito, grigri ou atc e outros), corda e capacete. Luva opcional!

A Lápinha da Serra um dos lugares mais bonitos que ja fui e fica à 143Km de Belo Horizonte. Passando pelo Serra do Cipó, são 133km de asfalto e mais 10km de estrada de terra até o vilarejo. Fizemos um trekking de 20 minutos até atingirmos o alto da cachoeira. Em seguida foram passadas as instruções e logo em seguida demos início a atividade.Com a média de descida de 15 minutos para cada pessoa, o tempo passou voando e no final fizemos o procedimento de ancoragem e depois saltamos no poço da cachoeira. Alguns apresentaram dificuldade por ser primeira vez e lidar com a altura e o volume de água da cachoeira, mas a experiência viviada e o prazer em contato com a natureza foi o que cada um teve a chance de sentir...

 

                                Foto:Eduardo Ramos

Fazendo uma análise mais técnica, é um esporte onde realiza pouco esforço. O psicológico está mais envolvido e a técnica de segurança torna-se primordial para sua prática. O uso de luvas é recomendado para não queimar a mão quando a corda passar, mas por ter sido realizado na cachoeira, a corda estava molhada e diminuiu bastante esse atrito. Oriento que todos que tiverem interessados em fazer o esporte, procurem profissionais capacitados que já realizam esse tipo de trabalho. Existem muitas pessoas que julgam-se capaz de fazer uma ancoragem e depois só pegar a corda e descer! Segurança é "TUDO"!!!

 

                                             Foto: Eduardo Ramos

 

Até a próxima aventura...

Abraço,

Dudu

 

01 de Março - Terça-feira - 11:00

Esportes de Aventura

Clube Moquiwa - Lagoa Santa

Clube Moquiwa

 

Esporte envolvido – Escalada

Local: Sitio do Rod - Lagoa Santa / MG

Distância: 40km de Belo Horizonte

Tempo de prática: 4 horas

 

A Atividade:

A Escalada pode ser classificada de várias formas: Livre ou Artificial, Boulder, Vias e Solo. Nesse final de semana praticamos a Escalada Esportiva, que está relcionada a altura e os equipamentos utilizados.

O Sítio do Rod fica localizado em Lagoa Santa e tornou-se referência para escaladores em Minas Gerais. Apesar de ter chovido nos dias anteriores, tivemos a felicidade em chegar e rocha estar seca, tirando que algumas agarras estavam com água e barro. Foram 3 vias de 4º, 5º e 5º SUP, com uma média de 20 minutos para cada praticante fazer a via. Apesar da dificuldade por ser primeira vez de muitos, a superação foi o que ficou guardado para todos aquele dia. O incentivo, coragem e o espírito de equipe tornou esse grupo especial, pois todos estavam na torcida uns pelos outros.

 

                                                           Foto:Eduardo Ramos

Acredito muito no crescimento da escalada, fiz bons amigos e profissionais que admiro que são escaladores. Esse esporte, pode se ser praticado por diversos tipos de pessoas (crianças, jovens, adultos e idosos). Nesse ano de Olimpíadas, quase tívemos a felicidade em ter a escalada como esporte olímpico e entrar com o pé direito nas olímpíadas do Rio.

Fazendo uma análise mais técnica, é um esporte classificado com atividade anaeróbica, que exige Resistência de Força, Força Máxima e Força Explosiva, habilidades motoras finas e grossas e Flexibilidade. Trabalha bastante grupos musculares de membros inferiores e superiores.  A Resistência de Força, Força Explosiva e Força Máxima estão relacionadas ao grau da via, altura da rocha e se a rocha é positiva ou negativa. A Escalada envolve 3 princípios básico: força, técnica e psicológico. Os membros superiores e inferiores são de extrema importância para realizar alguns movimentos e força no abdômen para manter a estabilização.

 

                                                           Foto: Eduardo Ramos

Podendo ser praticado individual Bouder, a maioria das "modalidades da escalada" são praticados em duplas para um fazer a segurança do outro. Geralmente criam-se um grupos de escaladores que acabam encontrando nos pontos de escalada como lazer.  Existem campeonatos e festivais de escalada indoor e outdoor de forma competitiva integração do meio. Existem vários tipos de equipamentos, mas os principais são a sapatilha, Baudrier(cadeirinha), corda, mosquetões, fitas, costuras e diferentes tipos de freio.

Existem profissionais capacitados que trabalham com treinamento e cursos. Os equipamentos de escalada têm vida útil e devem estar certificados nas normas de segurança. 

Até a próxima aventura...

Dudu

 

14 de Fevereiro - Domingo - 10:00

Esportes de Aventura

Clube Moquiwa na Lapinha da Serra, MG

Clube Moquiwa

 

Esporte envolvido – Stand Up Paddle

Local: lapinha da Serra, distrito de Santana do Riacho/MG

Distância: 143km de Belo Horizonte

Tempo de prática: 5 horas

 

A Atividade:

Realizamos o Stand UP Paddle na Lapinha da Serra, distrito de Santana do Riacho. Um dia nublado com pancadas de chuva, mas depois veio o sol para fechar o nosso dia com chave de ouro. Foram 4,5Km de ida + 4,5 Km de volta, com uma média de 2 horas de remo para cada trecho.

 

                                                                                   Foto: Eduardo Ramos

 

Para muitos foi a primeira vez que faziam a prática do Stand Up Paddle, esporte de prancha que vêm crescendo e para quem ama a natureza, tornou-se opção para ser praticado em mares, rios e lagos. Não sou um expert em Stand Up, mas acredito muito no seu potencial, por poder ser praticado por diversos tipos de pessoas (crianças, jovens, adultos e idosos).

Fazendo uma análise mais técnica, é um esporte classificado com atividade aeróbica, que exige resistência de força anaeróbica, habilidades motoras e faz um excelente trabalho de propriocepção (equilíbrio). Trabalha bastante grupos musculares de membros inferiores de forma isométrica e uma resistência muscular de membros superiores por ser um esporte de remo, sem falar da força que o abdômen faz para manter a estabilização na fase da remada.

Podendo ser praticado individual ou em grupos, de forma competitiva ou lazer. Existem vários tipos de pranchas, com diferença no tamanho, largura e material que são confeccionadas.

                                                                                   Foto: Eduardo Ramos

 

Se você ainda não teve a oportunidade em praticar o SUP, procure profissionais capacitados, equipamentos que estejam nas normas de segurança e lembre que devemos preservar a nossa natureza.

Grande abraço à todos até a próxima aventura...

Eduardo Ramos 

12 de Fevereiro - Sexta-feira - 06:30

Esportes de Aventura

Já pensou praticar um esporte diferente?

 Bom dia!!!

 

Hoje vamos dar início a um canal de comunicação, relacionado há um novo projeto que vêm dando muito certo e resolvi usar o Blog como meio de ampliar todas as experiências e conhecimentos que estão relacionados à prática de esportes de aventura.

Para aqueles que ainda não conhecem o meu trabalho, sou formado em Educação Física e especialista em Treinamento Esportivo e Fisiologia do Exercício, além de ser um praticante de esportes de aventura. Sempre busquei a minha formação voltada para entender melhor a base, para assim desenvolver um trabalho com qualidade e segurança.

Hoje trabalho em uma linha voltada para o esporte de participação ou com alguns autores chamam de lazer! Oportunizar as pessoas a praticarem Esportes de Aventura com profissionais capacitados e com segurança, sempre foram a minha linha de trabalho.

Tenho uma empresa de Esportes de Aventura e nela tenho um produto que chamo de Clube. São práticas realizadas em dois sábados no mês em regiões próximas de Belo Horizonte e têm como objetivo disseminar os esportes e onde poderão ser praticados!

FOTO: Eduardo Ramos

Quero convidar à todos para acompanhar essas vivências e fico a disposição para esclarescimento de dúvidas técnicas, roteiros e dicas para a prática de Esportes de Aventura...

 

Grande Abraço,

 

Dudu