Recuperar Senha
Fechar
Entrar
Aventura Outdoor
Eduardo Ramos
24 de Fevereiro - Terça-feira - 09:00

Corrida de Aventura

Pantanal será o local da grande final do mundia de Corrida de Aventura

 

 

É com muita satisfação que venho trazer essa notícia...

O Pantanal será a sede do AR World Championship. A grande final do mundial de Corrida de Aventura com as melhores equipes do mundo em um lugar onde a natureza marca cada momentos pela sua beleza.

 

                                                                                          Foto:www.ligaoutdoor.com.br

Para aqueles que pensam que a região do Pantanal é uma área onde estamos em risco por causa dos animais, não precisam se preocupar... A região mantem um equilíbrio e os animais fogem do seres humanos.

Segue abaixo o link para o texto do nosso amigo Wladimir Togumi que já fala tudo o que precisa ser falado!

www.adventuremag.com.br/noticias/5/4730/inscricoes-para-o-ar-world-championship-pantanal-serao-abertas-em-15-de-fevereiro.html#sthash.VtPDY0dU.dpbs

Mais uma vez sabemos o quanto o nosso país é maravilhoso por tudo o que nos oferece...

Boa sorte para todas as equipes, mas a nossa torcida será para os brasileiros!!!

                 Foto:www.ligaoutdoor.com.br

 

Mais informações você também encontra no www.ligaoutdoor.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

10 de Fevereiro - Terça-feira - 09:00

Corrida de Aventura

A história da Corrida de Aventura no Brasil é capaz de trazer importantes informações sobre o esporte e a verdadeira realidade de quem pratica... E nesse mesmo post, peço a atenção de todos para o projeto EU APOIO da Equipe Brou Aventuras na Tierra Viva ARWS 2015 - Patagônia Chilena

 

Corrida de Aventura no Brasil

 
 
Além de darmos continuidade nesse post sobre a Corrida de Aventura, gostaria de chamar à atenção de todos para o projeto da Equipe Brou Aventuras.
 
 
Sabemos que no Brasil a prática de qualquer esporte é bem difícil... Por isso peço aquela força para darmos condição de sermos bem representados na Corrida de Aventura Tierra Viva na Patagônia Chilena pelos nossos amigos da Equipe Brou Aventuras...
 
 
Aqueles que puderem contribuir com qualquer valor ou simplesmente divulgar nas suas págians sociais, desde já agradeço!!!

 

 

 

História da Corrida de Aventura no Brasil

 

 

Em 1997, o empresário Alexandre Freitas, envolvido há 17 anos no mundo das finanças, ao participar de uma corrida de aventura na Nova Zelândia, gostou tanto do que vivenciou que resolveu implantá-la em nosso país, dedicando tempo integral a este novo projeto que alia o prazer do esporte a uma nova visão, um novo estilo de vida que integra o homem à natureza, ao esporte e à conscientização da necessidade de preservação ambiental.

 

Alexandre criou a Sociedade Brasileira de Corridas de Aventura (SBCA), organizadora da primeira Corrida de Aventura brasileira, a Expedição Mata Atlântica – EMA, cujo conceito é unir o esporte, a aventura e a preocupação com a conscientização ambiental. A primeira edição da Expedição Mata Atlântica aconteceu em 1998, com duração de 3 dias e 220km de distância. Nesse mesmo ano o Brasil foi representando pela primeira vez no Eco-Challenge, considerada uma das maiores corridas do mundo, com a equipe mineira Brasil 500 anos.

 

No ano seguinte a EMA se deslocou do litoral norte para o litoral sul de São Paulo e aumentou de tamanho, passando a ter um percurso de 400 km e até 5 dias de duração.

 

Com a popularização do esporte no país, começaram a surgir eventos mais acessíveis para as maioria das pessoas. As corridas com 1 ou 2 dias de duração possibilitou a participação dos atletas de final de semana que não dispõe de muito tempo e dinheiro para os treinos e corridas.

 

No início de 2000 dois circuitos são lançados quase simultaneamente: Circuito EcoAventura, organizado por Mário Lopes, e o Circuito Brasileiro, organizado pela SBCA. Os dois eventos eram realizados com o objetivo de trazer novos atletas e preparar os mais experiêntes para a 3a edição da Expedição Mata Atlântica, até então a maior corrida realizada no Brasil. Nesse mesmo ano foi organizado também a primeira edição do Rio Eco e a primeira corrida do Ecomotion Circuit.

 

Em 2001 a EMA troca de região e realiza sua 4a edição na Amazônia enquanto novas corridas começavam a ser organizadas em outros estados brasileiro. Essa foi a última edição da prova e fez parte do recém criado AR World Series.

 

Atualmente são organizadas corridas em praticamente todo o país, mas a grande concentração ainda está na região Sudeste, mais especificamente em São Paulo. Por outro lado os outros estados estão se organizando e criando circuitos independentes, como o Nordestino, e associações, como a criada pelos organizadores de Santa Catarina (Naturesporte), Espírito Santo (FCCA – Federação Capixaba de Corrida de Aventura) e a APCA (Associação Paulista de Corrida de Aventura)

 

Atualmente a maior corrida de aventura no Brasil é o Ecomotion PRO, que teve sua primeira edição realizada em novembro de 2003 na Chapada Diamantina. A corrida teve um percurso de 460 quilômetros e até 6 dias de duração e passou a fazer parte do AR World Series com a não realização da EMA.

 

A quarta edição da maior prova brasileira foi realizada no Rio de Janeiro e foi uma das mais belas e a mais difícil de todas os outros anos. Geoff Hunt, organizador do AR World Series, esteve acompanhando e analisando toda a prova, desde o percurso escolhido até a estrutura organizacional e durante a festa de premiação anunciou que o Ecomotion Pro seria a sede da final do circuito, o AR World Championship, em 2008.

 

Fonte:www.adventuremag.com.br

 

Em nosso próximo post, a Corrida de Aventura nos dias de hoje!!!

  

  

Brou Aventuras no Tierra Viva ARWS 2015

 

 

Este projeto tem o objetivo de buscar parceiros que ajudem a Equipe Brou Aventuras a participar da Corrida de Aventura Tierra Viva ARWS 2015.

 

Esta competição acontecerá em Pucon, na Patagônia Chilena, entre os dias 11 e 20 de abril de 2015.

 

Os atletas da Brou Aventuras deverão percorrer cerca de 600km desbravando as belíssimas paisagens ao redor de Pucon, nas modalidades Trekking, Mountain Bike, Canoagem, Técnicas Verticais e Orientação com carta topográfica.

 

O Tierra Viva 2015 faz parte do ARWS, que é o Circuito Mundial de Corridas de Aventura, que reúne 10 provas ao redor do mundo com distâncias de 500-700km. Este ano a final do Circuito será em novembro no Brasil, no Pantanal. A Brou Aventuras estará também presente!

 

A Equipe Brou Aventuras vem se destacando ao longo dos últimos 5 anos no cenário das corridas de aventura não só no Brasil como em provas internacionais.

 

Tendo terminado o ano de 2014 em 2o lugar no Ranking Brasileiro de Corridas de Aventuras, a equipe, que marcou presença no pódio em 100% das competições disputadas, teve como grandes momentos no ano passado:

- 2o lugar no Haka Expedition Valinhos - 200km / Abril/14

- Campeão de 2 das 3 etapas Circuito Haka Race

- Campeão Geral XK Tucumán (Argentina) - 200km / Julho/14

- 2o lugar Raid Gaspésie (Canada) - 300km / Agosto/14

- 2o lugar Expedição Terra de Gigantes (RJ) - 400km / Maio/14

- 15o lugar Final Mundial Corrida de Aventuras (Equador) - 700km / Nov/14

- 2o lugar XK Traverse Las Leñas (Argentina) - 400km/ Dez/14

 

Além dos excelentes resultados, a Brou Aventuras destaca-se também pelo carisma e dedicação aos esportes e à natureza, sendo refêrencia nacional no cenário das Corridas de Aventuras.

 

Faremos o sorteio para os colaboradores da Kickante:

 - 4 camisas utilizadas pelos atletas durante a prova

- 2 das medalhas de participação que receberemos ao concluir o desafio!

- 4 Camisas Kailash confeccionadas para nossa participação na prova!

 

Com a ausência de patrocinadores que contribuam financeiramente com equipes de Corrida de Aventura no Brasil, temos que contar com a ajuda de amigos e a criatividade para participar de competições dentro e fora do Brasil. No caso da Tierra Viva, temos o seguinte orçamento:

 

 Para participar do Tierra Viva ARWS 2015, estima-se um gasto de 20 mil reais, assim divididos:

- US 2800 (7600 reais): Taxa de inscrição

- R$ 6000: Passagens aéreas

- R$ 6400: Despesas durante a prova (alimentação, transporte das bikes, aluguel de rádio, mapas extras).

 

Temos o apoio da Kailash, que nos ajudou com a confecção de 120 camisas que vamos vender por R$ 50 cada para arrecadar R$ 6000, mais R$ 8000 dos colaboradores do Kickante. Isso totaliza R$ 14000.

Os R$ 6000 restantes serão a parte de cada atleta da equipe, que comprará sua própria passagem aérea!

Portanto, se arrecadarmos mais que os R$ 8000 que pedimos, esse dinheiro também nos aliviará para ir para a Prova mais tranquilos.

  

 A Equipe Brou Aventuras existe há cerca de 10 anos, participando como atletas e organizando corridas de aventura no Brasil.

Para 2015, a equipe conta com a formação oficial com Zé Elias, Brou Bruto, Dino Teles e Marianinha Pontes.

 

 Mais Informações: www.kickante.com.br/campanhas/brou-aventuras-no-tierra-viva-2015

 

04 de Fevereiro - Quarta-feira - 08:00

Corridas

Você sabe o que é uma Corrida de Aventura? Onde praticá-la? Como preparar-se?

 

A Corrida de Aventura é uma modalidade bem complexa quando falamos de corrida. Existem vários parâmetros que devem ser observados, desde a preparação física específica, questões relacionadas ao meios externos(condição do tempo, duração da prova e outros) condições internas(emocional) e mais alguns fatores que vamos desenvolver nesse estudo!

Espero poder contribuir para conhecerem mais sobre esse esporte e também não cairem em nehuma cilada!

Esse primeiro post será uma explicação geral sobre a Corrida de Aventura e a sua história no mundo.

Nos proximos posts teremos a história da Corrida de Aventura no Brasil, preparação específica de cada modalidade e dicas de como se dar bem em uma prova!

Boa leitura à todos...

 

 

 Corrida de Aventura

 

A corrida de aventura é uma prova que abrange várias modalidades esportivas.

São divididas em orientação (navegação por bússola e mapa), trekking ou trail run(correr ou andar na trilha), mountain bike, parte aquática(canoagem, boia cross, rafting e vela) e Técnica Vertical(ascenção em corda ou cabo, rapel e tirolesa).

As categorias são: Solo(Individual), dupla(mista ou não) e quartetos(mistos ou não)

Classificação:

- Curtas( 20Km a 50km)

- Longas(70Km a 250Km) que podem durar horas ou até dias

Terrenos: Terra(trilhas e estradas), Areia, Areia Vulcânica, Água(rios, lagos e mar) e Neve

Equipamentos:

- Básicos( Bicicleta de trilha, tênis de corrida, mochila com refil de hidratação, roupas adequadas para calor, frio e chuva, colete salva-vidas e bússola)

- Obrigatórios(Kit primeiros socorros, lanterna, espelho, cobertor de sobrevivência, bastão luminoso e isqueiro)

 

  História da Corrida de Aventura no Mundo

  

As origens das corridas de aventura estão ligadas à corrida multi-esportiva (corrida em montanha, canoagem e mountain biking) realizada na Nova Zelândia, chamada Coast to Coast. A primeira edição aconteceu em 1980 e foi o primeiro evento multi-esportivo realizado junto à natureza. A corrida foi criado durante uma conversa em que os interlocutores souberam que os Norte Americanos estavam criando um desafio selvagem, o próximo passo na procura interminável do desafio e conhecimento do limite humano. Com o intuito de vencer o americanos, a Coast to Coast e outra corrida conhecida como Alpine Ironman foram criadas. Logo depois os americanos lançaram o Alaska Mountain Wilderness Classic, com início em 1983. Enquanto o Coast to Coast se tornou um dos mais prestigiados eventos multi-esportivos, o Alaska Mountain Wilderness não ficou muito conhecido.

O próximo passo foi a criação do Raid Gauloises (comumente conhecido como Raid), realizado pela primeira vez na Nova Zelândia, em 1989, e a primeira corrida multiesportiva de longa duração em que foi exigido a formação de equipes mistas. Criado por Gerard Fusil, o Raid rapidamente popularizou as corridas de aventura na Europa (principalmente na França, país de Fusil), Austrália e Nova Zelândia, através do Marketing de empresa de Fusil.

Para muitos o evento foi visto como o maior teste da resistência humana. O Raid Gauloises, hoje chamado Raid World Championship, passa por locações diferentes em todo o mundo anualmente e deixou um espaço no país de criação do esporte para a criação de outra corrida, o Southern Traverse. Realizado desde 1991, o Southern Traverse procura manter o verdadeiro espírito das corrida de aventura estabelecidos pelo Raid, mas em um período mais curto, entre 3 e 5 dias.

Apesar de ser bastante conhecido e ter um rápido crescimento na Europa, Austrália e Nova Zelândia, o esporte era praticamente desconhecido na América do Norte. Até o momento em que Mark Burnett, empresário e competidor de duas edições do Raid Gauloises, criou o Eco-Challenge e firmou parceria com o Discovery Channel para transmitir o evento em todo o mundo. A primeira corrida aconteceu em Utah em 1995 e conseguiu alcançar o mesmo status do Raid. Desde então o Eco-Challenge foi realizado na Colúmbia Britânica, Marrocos, Argentina, Malásia, Nova Zelândia e a última edição aconteceu em Fiji, em 2002. Desde então muitas corridas surgiram em todo o mundo, principalmente os eventos com 1 e 2 dias de duração.

Em 2001 foi criado o AR World Championship, com o objetivo de organizar o esporte no mundo e definir um campeão mundial do esporte. Ao mesmo tempo foi criado o AR World Series, com a escolha de provas ao redor do mundo que servem como seletivas para a grande final, realizada em um país diferente a cada ano.

No mesmo ano em que aconteceu a última edição do Eco-Challenge, foi realizado nos Estados Unidos a primeira edição do Primal Quest, oferecendo uma das maiores premiações das corridas de aventura internacionais (US$ 250.000,00) e atraindo equipes de todo o mundo. Após a quarta edição, realizada em 2006 em Utah (em 2005 não houve corrida), a organização divulgou que nos próximos anos a corrida passaria a ser itinerante e será realizada em um local diferente do mundo a cada ano, ocupando o espaço deixando pelo Eco-Challenge. Até essa edição todas as provas foram realizadas em solo norte-americano.

Existem muitos indícios na história humana pela procura do desafio final. E a cada objetivo alcançado, um evento novo e maior é organizado. Para alguns, a corrida de aventura representa o próximo passo pela procura ao desafio final. Quando as pessoas sentiram que a maratona estava se tornando “fácil”, o triatlon foi criado. Quando todos estavam ficando cansados do triatlon, foi criado o Ironman, o maior dos triatlons. Agora as pessoas passaram a completar dois Ironmans e ultramaratonas enquanto outras seguiram para as corridas de aventura. Mas as corridas de aventura é muito mais do que aumentar as distâncias e dificuldades físicas. Uma nova geração do esporte foi criado com a exigência de mais habilidade técnica, estratégia e planejamento.

De início, a corrida de aventura é uma oportunidade das pessoas se desafiarem. É uma chance de testar seus limites ou até mesmo redefinir seus limites. Há muito mais nas corridas de aventura do que estar em forma.

Qualquer um que queira testar seus limites pode participar de uma corrida de aventura. De fato, você não precisa terminar uma corrida para colher os louros, porque não são todos os percursos que são montados para que todos os participantes terminem. De 71 equipes que largaram no Eco-Challenge 1996 (Columbia Britânica), apenas 14 completaram a corrida e apenas 4 fizeram o percurso completo.

Existem diversas razões na qual as pessoas participam das corridas de aventura, mas a maioria delas estão relacionadas com a idéia do maior desafio da vida e conseguir vencê-la. O senso de recompensa destas pessoas é muito maior no final.

 

Em nosso próximos post, a história da corrida de aventura no Brasil

 

 

Fontes: www.adventuremag.com.br

 

 

 

 

 

 

  

28 de Maio - Quarta-feira - 16:00

Escalada Indoor

Sonho, vontade e sucesso...

Sonhos, vontade e sucesso...

Essas são algumas palavras que podemos definir o 2º Fest Moquiwa de Escalada

Além de surpreender todos que estavam presentes, com certeza ficou gravado na memoria de muitos ali presentes!

A organização do festival foi uma parceria da Moquiwa Esportes de Aventura e da Adrenalina Agencia de Eventos. O sucesso também  está na comissão organizadora e técnica que fizeram parte da construção desse festival. A 4 Climb (Felipe"Kbeça", Daniel"tio Dan" e Flávio) e o treinador de escalda esportiva Edgardo"Caca", que foram responsáveis pela elaboração e montagem das vias, onde os competidores tiveram que traçar uma estratégia para somar o máximo de pontos escalando vias e boulders.

Grandes nomes da escalada estiveram presentes, tornando bastante emocionante a disputa dos pontos.

 Foto: Lucas Amaral 

O Festival também oportunizou ao público, uma oficina para aqueles que nunca escalaram. Tiveram a oportunidade em sentir e conhecer mais sobre esse esporte.

Estiveram presentes um público de 160 pessoas que não eram competidores, 30 atletas inscritos nas categorias iniciantes, amadorer e pro(mas e fem) e 

20 oficineros acompanhados de monitores. Totalizando uma média de 200 participantes.

Isso mostra como é importante a realização desses eventos esportivos.

 

Foto: Lucas Amaral

Nosso "MUITO OBRIGADO" para aqueles que estiveram presentes e fizeram do 2º Fest Moquiwa de Escalda esse sucesso...

                                            Foto: Maria Rita

 

 

Esperamos vocês para o 3º Fest Moquiwa de Escalda que será realizado em 2015!!!

 

 

  

28 de Maio - Quarta-feira - 15:00

Escalada Indoor

Sucesso, vontade e sonhos se tornaram realidade...

Sucesso, vontade e sonhos se tornaram realidade...

Uma parceria da Moquiwa Esportes de Aventura com a Adrenalina Agência de Eventos concretizou um trabalho onde ficou marcado na vida de muitos que estavam presentes.

O 2º Fest Moquiwa de Escalada além de promover um um espetáculo na escalada mineira com a participação de grande escaladores, contou com uma estrutura de organização e parceria da 4 Climb(Felipe, Daniel e Flávio) e como o Treinador de escalada(Caca) na construção de vias onde os atletas tiveram que elaborar um planejamento de como fariam as vias e conquistariam a maior somatória de pontos.

 

Além dos atletas inscritos o festival contou com uma oficina de escalada para aqueles presentes que não conheciam o esporte e ali tiveram a oportunidade em praticar.

 

 

 

16 de Maio - Sexta-feira - 11:23

Escalada Indoor

A Moquiwa Esportes de Aventura realizará no dia 24 de Maio de 2014 o segundo festival de escalada indoor

 

Dia:24/05/2014

Local: Academia Moquiwa Esportes de Aventura - Rua Cristina 1318, Sto Antônio BH/MG

Início: 08h.

rmino: 16h.

Inscrição: R$20,00 antecipado e no dia do evento R$35,00 (Os primeiros 50 atletas receberão kit de Inscrição)

Programação:

08h às 10h - Inscrições e entrega dos kits

10h às 14h - Festival (Iniciantes, Amadores e Pro). Top Ropes, Boulders e Guiada

15h - Premiação( 3 primeiros colocados de cada categoria mas e fem)

Regulamento:

Categorias:

- Iniciantes e Amadores(Top Ropes e Boulders)

- Pro( Guiadas e Boulders)

Divisão:

Boulders - 21 ( Difíceis, Médios e Fáceis)

Guiadas - 2 ( 8º e 9º )

Top Ropes - 5 ( 5º à 7º )

Regras de pontuação:

- Cada atleta receberá um número de inscrição com uma planilha individual, sendo responsável por ela;

- Será um árbitro por setor;

- Apenas o árbitro será responsável pela divisão e marcação das planilhas;

- A pontuação será computada apenas quando o atleta conseguir completar a via;

- Nas vias guiadas existirá uma agarra bônus

07 de Novembro - Quinta-feira - 18:00

Esportes de Aventura

Um Novo Conceito de Academia em BH. Trekking, Escalada, Canoagem, Raffting, Paint Ball, Mountain Bike, Treinamento Funcional, Corrida(Rua,Montanha e Aventura) e Fisioterapia Esportiva.

 

A Moquiwa Esportes de Aventura teve início com suas atividades em Abril de 2006.

Sua missão é desenvolver a prática de esportes de aventura visando a satisfação do praticante como objetivo maior.

Trekking, Moutain Bike, Arvorismo foram alguns dos esportes envolvidos no início desse projeto, onde a satisfação foi com certeza unanimidade entre os praticantes.

O estresse vivenciado pelo homem em suas atividades cotidianas, leva à busca pela prática esportiva em meio a natureza. Uma alternativa tranqüila e satisfatória, proporcionando assim, um maior bem estar.


                                                                      Fonte:Eduardo Ramos


Os Esportes de Aventura tornam-se cada vez mais efetivos, seu crescimento de forma ordenada e sustentável reconhece a atuação de profissionais capacitados.

A atuação desses profissionais é orientar levando segurança em diversos segmentos as pessoas que praticam os Esportes de Aventura com meio recreativo ou competitivo.

Seguindo uma linha profissional, baseada nas necessidades e demandas do mercado, a Moquiwa Esportes de Aventura oferece um trabalho que proporciona satisfação em uma área onde a experiência e a qualificação são de extrema importância.

O diferencial é a prática da atividade física orientada por uma equipe multidisciplinar que oferecem uma estrutura expressiva no mercado.

Em Dezembro de 2012 a Moquiwa Esportes de Aventura chega com um novo projeto. Uma academia de Esportes de Aventura desenvolvendo a prática indoor e outdoor.

                                                            Fonte: Eduardo Ramos

Planilhas de treinamento para corridas de rua e montanha, planilhas de mountain bike, escalada indoor, trekking, arvorismo, rafting, canoagem, paint ball, cursos de escalada e mergulho, treinamento funcional, fisioterapia esportiva e eventos. Conta com uma equipe de profissionais em Educação Física, Nutricionistas e Fisioterapeutas especializados na área esportiva desenvolvendo um trabalho específico no objetivo dos alunos.

                                                                 

Quer saber mais?


 

Moquiwa Esportes de Aventura

www.moquiwa.com.br

Rua Cristina 1318, Sto Antônio - Belo Horizonte/ MG - Fone:3293-1129

 

 

 

  

05 de Agosto - Quinta-feira - 09:15

No topo do mundo

Estar mais perto do céu e apreciar sob outros ângulos toda a paisagem ao redor. Essa é uma das motivações dos praticantes de escalada e alpinismo. Práticas realizadas em montanhas ou rochas desafiam o esportista a encontrar alternativas para ultrapassar obstáculos naturais. A atividade exige muita técnica e preparo físico. A busca pelo objetivo deixa a mente concentrada o que, de quebra, dá um chega pra lá no estresse.

"Essa prática é meu estilo de vida há 22 anos, mas com a correria do dia a dia, o tempo ficou apertado. Porém, sempre que possível vou praticar a minha paixão, que é a escalada. O esporte de aventura me proporciona desafios e metas na vida, pois quando tenho o objetivo de ir até o cume de uma montanha, sei que vou passar por sensações de prazer, dificuldade e depois satisfação", conta Maurício Moreira de Sousa, produtor de eventos.

O fascínio pela aventura faz com que os praticantes ultrapassem as fronteiras dos estados e dos países para desbravar regiões desconhecidas. Maurício já tentou escalar duas vezes o Cerro Aconcagua, na província de Mendoza (Argentina), mas as barreiras complicaram o percurso. A montanha tem 6.962 metros e é a maior do hemisfério sul. "A árdua escalada pode durar mais de 20 dias. Nós temos que dormir pendurados na montanha. Os perigos são diversos, mas vale cada segundo", diz.

Escolha o seu esporte com consciência

Ser radical não significa colocar a vida em risco. Antes de decidir pela modalidade, pôr a mochila nas costas e sair para descobrir o mundo é preciso estar consciente das escolhas. Informar-se sobre a prática, os equipamentos de segurança utilizados e as características das regiões a desbravar são fundamentais. Buscar grupos de praticantes mais experientes é uma boa alternativa. Eles podem passar dicas, compartilhar experiências e até convidar para a próxima aventura.

O ponto de partida é checar se é preciso realizar algum curso, caso da escalada e do mergulho. Dominar as técnicas é fundamental para praticar com segurança. Ao escalar um pico, o praticante tem de saber analisar a temperatura, os riscos e o que será necessário levar para a jornada — que em alguns casos leva semanas.

Concluído o curso, o próximo passo são os equipamentos utilizados. Não adianta economizar. O material precisa ser de boa qualidade para garantir eficácia e, principalmente, segurança. Um bote desgastado pode furar em contato com uma pedra e trazer sérias consequências. O risco de ferimento é maior com a falta de manutenção e má qualidade dos equipamentos.

Outro ponto fundamental é a concentração. As práticas radicais exigem foco total do atleta. Um desvio da atenção pode ser fatal. Contar com apoio técnico também é interessante. Guias experientes ou monitores que já conheçam a região podem ter dicas preciosas.

De olho na saúde

Para encarar os desafios dos esportes radicais e de aventura o corpo precisa estar não apenas em forma, mas também saudável. Faz parte do preparo para essas atividades uma visita ao médico e um checkup. Cuidados com a alimentação também não podem ser deixados de lado. "Essas modalidades esportivas exigem mais do corpo que as atividades convencionais, por isso é preciso compensar na alimentação e nos cuidados com a saúde", alerta dr. José Kawazoe Lazzoli, especialista em cardiologia e Medicina do Esporte e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME).

De certa forma, esses esportes não são tão democráticos. Afinal, não é qualquer um que quer encarar uma queda livre ou uma escalada. Além disso, é bom conversar com o médico, pois casos de desmaio e problemas cardiovasculares podem inviabilizar a prática.

Os esportes de aventura expõem o praticante a solos e movimentos irregulares, além de situações não planejadas. Dessa forma, provocam sensações encaradas pelo organismo como situações de luta e fuga, em que altas doses de cortisol, o hormônio do estresse são jogadas na corrente sanguínea. Nessa hora, o sistema nervoso libera também a adrenalina - relacionada à sensação de bem-estar - fazendo com que o coração bata mais rápido, a pressão arterial aumente e os pulmões se dilatem para receber mais ar.

Ok, depois de passar pelo checkup e ter a liberação do médico é só se jogar de cabeça para curtir os esportes? Sim, mas durante a prática os cuidados devem ser redobrados para garantir a saúde e a segurança. À medida que a temperatura corporal aumenta com a prática da atividade, o organismo faz a regulação por meio do suor. O resultado disso, caso o líquido perdido não seja resposto, é a desidratação. Então, água, bebidas esportivas e alimentos de fácil consumo como barrinhas de cereal e frutas são tão indispensáveis quanto os equipamentos de segurança. Depois desses cuidados, aí sim chegou a hora de encarar os desafios e sentir a sensação de liberdade que só esses esportes podem trazer.

 

Meus amigos leitores li essa matéria feita por Fabiana Garbelotto e achei de riquissimo conteudo... Espero que vocês gostem também!!!

21 de Julho - Quarta-feira - 17:39

ADRENALINA

Preparação para o jornalista Maurício Miranda na competição do XTerra etapa na Amazônia, inspirou a criação desse blog como um novo veículo de informação para amantes desses Esportes

 

O que é Esporte de Aventura? Onde fazer e como praticá-los? Foram perguntas como essa que me fizeram pensar e buscar respostas seguras e, com isso tornou-se minha paixão, minha profissão...

 

Foto: Preparação do Maurício Miranda

Quando o jornalista e hoje amigo Maurício Miranda me procurou na academia onde trabalhava como personal trainer para fazer uma preparação para a etapa da XTerra Amazônia em 2010, fiquei surpreso!

As pessoas procuram profissionais de Educação Física para praticar esportes? Essas pessoas seguem algum treinamento? 

Com 10 anos trabalhando nessa área posso afirmar que nesses 3 anos que passaram, muitas coisas mudaram. A sociedade está mais adepta a praticar atividade física. O reconhecimento da atuação de um profissional de Educação Física tem feito a diferença.

 

                                                                                                                                                                                                                                                     Foto: Chegada Trail Night Run

Através desse blog venho trazer informações para aqueles que são "adeptos e Loucos" por adrenalina, levando minhas experiências e aprendendo cada vez mais.

Conto com vocês para dar início a essa nova etapa...

Agradeço à todos que estarão comigo nessa "Aventura Outdoor"...