Recuperar Senha
Fechar
Entrar
11 de Janeiro - Quinta-feira - 20:31

Cerveja é Cultura

Famoso Romeu e Julieta agora pode ser degustado de forma diferente

RENATA ABRITTA

 Em Minas Gerais, todo mundo já ouviu falar de Romeu e Julieta. E eu não estou falando dos personagens de Shakespeare, mas da sobremesa típica mineira que nasceu da combinação de goiabada com queijo!

Pois é, ela foi a inspiração para a criação da cerveja ‘Dünn Mercado’. O novo rótulo da Dünn Cervejaria é uma homenagem ao Mercado Central, onde a cervejaria está localizada, e um dos mais importantes pontos turísticos da capital.

“Nada melhor do que fazer uma cerveja com a cara do Mercado voltado para o turista e homenageando esse lugar que tem a cara de BH”, afirma o cervejeiro Macoud Rademacker Patrocinio.

A Dünn Mercado é uma American Amber Ale, com 4,5% de teor alcoólico, com 30 de IBU (índice de amargor), sendo muito aromática e com amargor típico. A sugestão de harmonização é obviamente com um queijo mineiro.

“É o Romeu e Julieta. A goiabada cascão acompanha o queijo, queijos nobres, queijos Minas, enfim, toda a linha de queijos. O presunto parma também cai muito bem com essa cerveja. Se você pegar o queijo Minas e ir tomando a cerveja gradativamente, sentindo o gosto e comendo esse queijo, a harmonia é perfeita!", afirma Patrocínio.

Além de cervejas, insumos e equipamentos cervejeiros, a Dunn também oferece cursos de fabricação de cerveja em casa. No próximo dia 20, será realizada a primeira edição deste ano, de 8h às 18h com o renomado professor Carlos Henrique de Faria Vasconcelos, (nosso querido CH), que é mestre cervejeiro da Hofbräuhaus Belo Horizonte. Para inscrições e mais informações acesse  dunncervejaria.com.br.

Para saber mais acompanhe nosso blog, curta a página no Facebook e siga o @cervejaecultura917 no Instagram.

O Cerveja é Cultura vai ao ar na Rádio Super Notícia 91,7 FM às terças e quintas-feiras, às 12h30 e às 21h, e no sábado às 12h30 você confere a nossa agenda cervejeira com as atrações cervejeiras do fim de semana!

Cerveja de goiabada foi inspirada na sobremesa típica mineira Romeu e Julieta. (Foto: César Tropia/Divulgação)

Cerveja é homenagem ao Mercado Central, um dos principais pontos turísticos de BH. (Foto: Moisés Silva/OTempo)

Para harmonizar com a cerveja de goiabada, os diversos queijos do Mercado. (Foto: Leo Fontes/ OTempo)

09 de Janeiro - Terça-feira - 19:50

Cerveja é Cultura

Pesquisas de doutorado da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) confirmaram que benefícios do kefir foram repassados à cerveja que será produzida por cervejaria do Sul de Minas

RENATA ABRITTA 

Há mais de 10.000 anos a cerveja é apreciada pela humanidade e apresenta propriedades benéficas aos seres humanos, contribuindo para a melhora da qualidade de vida. Nas civilizações antigas, inclusive, ela foi usada como alimento e para hidratação.

Com o desenvolvimento das pesquisas, percebemos hoje que é possível fazer cervejas cada vez mais saudáveis. A beersomellier e cervejeira Kamila Leite Rodrigues, da cervejaria Senhorita, que o diga. Ela acaba de concluir a tese de doutorado dela na Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) provando que a cerveja produzida a partir de "grãos" de Kefir faz bem à saúde.

“A ideia de fazer uma cerveja de kefir surgiu a partir dos conhecimentos de que o kefir produz uma bebida fermentada usando-se como nutriente-base o leite, o açúcar mascavo ou frutas. Além disso, ele é composto por diversas bactérias e leveduras, dentre essas a saccharomyces cerevisiae - levedura utilizada na produção da cerveja. Então, a primeira ideia foi testar a fermentação do kefir no mosto cervejeiro e observar as propriedades de atenuação, floculação e os compostos aromáticos formados a partir desta fermentação”, explica a pesquisadora.

O kefir é considerado um alimento probiótico e funcional e possui características anti-inflamatórias e antiulcerogênicas. Durante as pesquisas do doutorado, kamila buscou fazer uma cerveja que mantivesse essas características probióticas e as expectativas foram consumadas.

“Nossos testes mostraram que as propriedades protetoras contra a formação de úlceras e a inibição de inflamação foram mantidas na cerveja de kefir assim como nós observamos na bebida fermentada com açúcar mascavo”, conta a cervejeira.

E assim nasceu a cerveja Simbiose, que já foi aprovada pelo Ministério da Agricultura e vai ser produzida pela cervejaria Senhorita, localizada em Paraguaçu, na região Sul de Minas Gerais.

A cerveja de kefir foi categorizada como uma Specialty Beer. Ela possui notas levemente ácidas, frutadas e rústicas. O teor alcoólico é bem baixinho, de 3,5%, e o IBU é 10, ou seja, amargor bastante suave, menor que o das cervejas comerciais chamadas de pilsen.

Em breve a novidade estará disponível pra gente experimentar. Para saber mais acompanhe nosso blog, siga nossas redes sociais e envie sua sugestão para cervejaecultura@supernoticiafm.com.br. Curta a página no Facebook e siga o cervejaecultura917 no Instagram.

O Cerveja é Cultura vai ao ar na Rádio Super Notícia 91,7 FM às terças e quintas-feiras, às 12h30 e às 21h, e no sábado às 12h30 você confere a nossa agenda cervejeira com as atrações cervejeiras do fim de semana!Foto : Wikimedia Commons / Divulgacao

 

Rótulo provisório da Simbiose, cerveja de Kefir.

A pesquisadora, cervejeira e beer sommelier kamila Leite Rodrigues

19 de Dezembro - Terça-feira - 12:00

Cerveja é Cultura

Espaço terá estandes de cervejarias, bares, empórios e padarias, além de cursos e eventos durante a semana

Hoje eu vim contar uma novidade para os amantes da boa gastronomia e, claro, de cervejas artesanais que moram em Belo Horizonte e região. Em 2018, o Jardim Canadá vai receber o Mercado Cervejeiro. O espaço será um centro gastronômico que unirá estandes de grandes cervejarias mineiras, bares, sorveterias, empório e padarias para receber o grande público aos fins de semana e para realização de eventos e cursos durante a semana.

Grandes marcas cervejeiras como Krug Bier, Backer, Prússia, Loba, Capa Preta (entre as cervejarias), Bar do Antônio e Sorveteria Universal já reservaram seu espaço.

A idealizadora do projeto é a empresária Fernanda Ribeiro Massote, formada em Tecnologia em Gastronomia e Sommelier pela ABS Minas. Segundo ela, uma das propostas do empreendimento é também fomentar cursos e eventos na área da gastronomia, com grande destaque em cerveja e panificação.

Para saber mais, ouça o programa desta terça-feira! 

O Mercado Cervejeiro vai funcionar na Avenida Montreal, 232, no Jardim Canadá, em Nova Lima. A gente avisa aqui a data da inauguração! Siga o @cervejaecultura no instagram e até a próxima!

05 de Dezembro - Terça-feira - 19:07

Cerveja é Cultura

Cervejaria Brüder patrocina BH Beatle Week 2017 e lança cerveja especial para evento

Olá amantes de uma boa cerveja! O programa de hoje é pra quem também gosta de boa música! A partir desta quarta-feira, começa o BH Beatle Week 2017.

Este ano, os beatlemaníacos vão poder assistir a shows incríveis dedicados aos garotos de liverpool no Ouro Minas Palace Hotel e no Centro Universitário UniBH, no Buritis.

São bandas e artistas de vários estados do Brasil e de países como Itália, Inglaterra, Estados Unidos, Argentina e Chile. além de, claro, da nossa querida minas gerais também!

Mas, aí você me pergunta? “Renata, mas esse programa não é sobre cerveja?”. Exatamente, meu povo. É que a patrocinadora oficial da festa é a Cervejaria Brüder, que possibilitou a realização desta edição da festa.

Então, nada melhor do que curtir o som dos Beatles acompanhados de uma boa cerveja artesanal! De acordo com o Rafael Patrício, cervejeiro prático da Brüder essa é uma das melhores harmonizações!

Para o evento, a Cervejaria lançou a Lonely Hop Bitter, uma Best Bitter exclusiva! 

Quer saber mais? Assista o programa desta terça-feira, 05/12!
Para comprar ingressos e conferir toda a programação acesse www.sympla.com.br/bhbeatleweek

Nova cerveja lançada especialmente para o BH Beatle Week. Foto: @oncevaibh

 

27 de Novembro - Segunda-feira - 11:47

Cerveja é Cultura

Café Viena, no bairro Funcionários, possui 1.250 rótulos de 42 países diferentes

Imagine visitar um lugar que possui a maior carta de cervejas da América Latina? Esse lugar está mais perto do que você imagina, aqui mesmo em Belo Horizonte. O Café Viena, localizado no bairro Funcionários, tem hoje à nossa disposição cerca de 1250 rótulos diferentes de 42 países. Pra manter tudo isso geladinho, são necessárias 35 geladeiras.

A casa Austríaca surgiu há quase duas décadas para ser simplesmente um Café, por isso o nome Café Viena. A ideia de inserir cervejas especiais no cardápio surgiu de forma despretensiosa, com poucas marcas que logo caíram no gosto dos clientes.

O proprietário do estabelecimento Wellerson Paulinelli, que também é chef de cozinha e cervejeiro, conta que essa carta tão extensa atrai a atenção não só de moradores da capital mineira, mas também de turistas que, em passagem por BH, aproveitam para conhecer a casa.

Mas, além de vender cervejas de diversas partes do mundo, o local também produz seus próprios rótulos com destaque para a Viena, uma bebida estilo lager que não é filtrada, possui cor dourada, forte turbidez e segue a lei da pureza alemã.

Para saber mais ouça o programa Cerveja é Cultura:

O Café Viena fica na Avenida do Contorno, 3.968 - Funcionários. Aberto de segunda à sábado, para almoço e happy hour.

Confira as fotos:

15 de Novembro - Quarta-feira - 17:17

Cerveja é Cultura

Cine Growler é gratuito e vai apresentar cinco filmes na Praça da Glória

No próximo sábado (18/11) a Praça da Glória, no bairro Eldorado, em Contagem, vai receber uma edição do Cine Growler, que une duas paixões dos brasileiros: cinema e cerveja.

(Pra quem não sabe, growler é um recipiente de plástico, vidro, cerâmica ou alumínio no qual você pode levar seu chope para qualquer lugar.)

A ideia do Cine Growler é fazer um evento para pessoas de todas as idades ao ar livre! Vão ser apresentados gratuitamente cinco filmes, entre médias e curtas metragens, para homenagear o “Dia da Consciência Negra”, comemorado no dia 20.

A programação conta ainda com a Feira das Delícias, que é um espaço para o público degustar diferentes rótulos de cerveja artesanal produzidas pelas cervejarias mineiras Uaimii (Itabirito), Velho Brasa (Contagem) e Büffel (Contagem).

Durante o evento, haverá também um workshop gratuito sobre conhecimentos básicos para a produção de cerveja artesanal com o cervejeiro Marcus Cruz. Estão previstas 30 vagas, as inscrições são gratuitas e por ordem de chegada. O curso começa às 14h.

Ouça o programa Cerveja é Cultura desta quinta-feira e saiba mais sobre o evento.

SERVIÇO: CINE GROWLER

Data: 18 de novembro (sábado)

Local: Praça Nossa Senhora da Glória – Eldorado, Contagem

Horário: 11h às 22h

Facebook: https://www.facebook.com/cinegrowler/

Instagram: @cinegrowlerproduçoes

Foto: Rodrigo Tinôco/Divulgação

PROGRAMAÇÃO

11h – Abertura Feira das Delícias

Cervejarias artesanais participantes: Uaimii (de Itabirito), Velho Brasa (de Contagem), Büffel (Contagem)

Comidinhas: Barrancus Bar, Kitutu Gourmet

Diversos: Barbearia Jean Martins, Cuenda Acessórios e Amuletos, Benkip Fashion Design

Espaço kids: Movido a Fantasia (maquiagem infantil), desenho livre e fraldário

11h/15h – DJ Aída

Produtora cultural e DJ, amante do rock, soul, jazz e pop, leva a boa música de todos os tempos aos bons ouvidos.

11h - Abertura Exposição Tony Vieira

Apresentação em totens da vida e obra do cineasta radicado em Contagem.

14h/19h- Oficina “Básico para Cervejeiros” com Marcos Cruz

Introdução aos conhecimentos básicos para a produção de cerveja artesanal. Vagas: 30 alunos

15h/19h – DJ Bené Ramalho

Pioneiro na cena Black Music de Belo Horizonte e região, seu som é recheado de pérolas do funk, soul, samba e MPB.

15h/19h – Oficina Pequeno Pajé

Espaço Pajezinho: recreação infantil com o Instituto O Pequeno Pajé (de Contagem)

Espaço lúdico educativo onde crianças de todas as idades se divertem e aprendem, tendo como principal campo propositor a arte-educação.

15h/19h – Pic Nic Cultural

Bikefoods com doces, sucos, espetinhos e outras delícias para rechear um pic nic divertido e original

19h – Solenidade em Homenagem a Tony Vieira

Exibição do clip e desenlace da fita

19h30/21h30 – Cine Growler

Exibição de filmes de realizadores mineiros e convidados

Oxum (Denis Leroy)

Um pouco mais de um mês (André Novais/Filmes de Plástico)

Cores e Botas (Juliana Vicente/ Preta Porte Filmes)

Africanidade (Contato Filmes e Estúdio Criatura)

Égun - Os Mistérios do Mar (Helder Quiroga/ Mosquito Project, Solo Filmes e Contato Filmes)

22h – Encerramento

 

FILMES SELECIONADOS

 

Oxum (MG)

Direção: Denis Leroy

Duração: 09 min

Ano: 2015

Sinopse: O curta-metragem OXUM apresenta a saga dos orixás para salvar a humanidade da seca e da fome, culminando no sacrifício de Oxum que, de um lindo pavão, vê-se transformar-se em abutre. Baseada na mitologia iorubá.

Um pouco mais de um mês (MG)

Produção: Filmes de Plástico

Direção: André Novais Oliveira

Duração: 22 min     

Ano: 2013     

Sinopse: Um homem e uma mulher em começo de namoro enfrentam a primeira crise do relacionamento. Aos poucos, fica evidente o estranhamento ainda presente na relação dos dois e as inseguranças e receios típicos do início de um relacionamento.

Cores e Botas (SP)

Produção: Preta Porte Filmes

Direção: Juliana Vicente

Duração: 15:53 min   

Ano: 2010

Sinopse: Joana tem um sonho comum a muitas meninas dos anos 80: ser Paquita. Sua família é bem sucedida e a apóia seu sonho. Porém, Joana é negra, e nunca se viu uma Paquita negra no programa da Xuxa. “Cores & Botas” discute os padrões estéticos estabelecidos pela mídia e sua influência na formação das crianças traz também uma reflexão acerca da construção da auto-imagem da família negra.

Africanidade (MG)

Produção: Contato Filmes e Estúdio A Criatura

Duração: 06:25 min  

Ano: 2016

Sinopse: A constante negação da sociedade brasileira ao seu racismo é o tema do episódio “Africanidade” da série Educação e Cidadania, iniciativa da ONG Contato. A abolição da escravatura em 1888 rompeu ou iniciou o processo de descriminação racial no Brasil? A partir de uma análise sobre a origem do preconceito e da desigualdade de oportunidades, é levantada a necessidade do resgate da cultura africana na formação do povo brasileiro.

Égun - Os Mistérios do Mar (MG)

Produção: Mosquito Project, Solo Filmes e Contato Filmes

Direção: Helder Quiroga

Duração: 12 min

Ano: 2015

Sinopse: Um pescador busca compreender os fatos que levaram à morte de seu pai. Em linguagem poética, o filme aborda a relação entre a condição sociocultural de moradores de uma comunidade litorânea e a tradição do candomblé.


 

13 de Novembro - Segunda-feira - 18:32

Cerveja é Cultura

Delatora é uma session IPA vermelha, que faz alusão à vergonha que os corruptos deveriam sentir

Ouça o Cerveja é Cultura que foi ao ar no dia 09/11/2017 na Rádio Super Notícia 91,7 FM 

Nas minhas férias eu aproveitei para conhecer algumas cervejarias do interior de Minas, como uma boa caçadora de cervejas. Fui até a pequena cidade de Santana dos Montes, a 130 km de Belo Horizonte, para conhecer a fábrica e os novos rótulos da Cervejaria Loba, localizada na Fazenda Guarará.

A cervejaria recebeu esse nome em homenagem ao lobo guará, comum na região. Ela está instalada em uma área de cinco mil metros quadrados dentro da fazenda. O que começou com uma brincadeira, com uma cozinha que produzia 250 litros cresceu. Hoje, três anos depois, a capacidade de produção é de 40 mil litros por mês.

E uma expansão já está nos planos do proprietário da Loba, Aloísio Rodrigues Pereira.

“Não imaginávamos que teríamos esse crescimento aqui na região de Conselheiro Lafaiete, Santana dos Montes, Barbacena, São João del-Rei e Tiradentes, além do mercado de Belo Horizonte. Então, teve uma demanda maior que a nossa expectativa e nós precisamos adequar nossa capacidade a essa condição”, afirmou.

A Loba possui hoje 18 rótulos de cerveja, e os dois novíssimos lançamentos da marca, que eu tive a oportunidade de degustar em primeira mão, são: uma session IPA e uma quadrupel. A primeira tem coloração vermelha e recebeu o nome de Delatora em alusão à vergonha que os delatores deveriam sentir ao relatarem atos ilegais e de corrupção. Já a quadrupel é uma cerveja mais escura e com teor alcoólico mais alto, por isso, recebeu o nome de Cabulosa.

Muito em breve, esses lançamentos poderão ser degustadas pelos consumidores.

Visitação:

Aos sábados e domingos, a cervejaria abre suas portas para visitação a partir das 11h para que os turistas possam conhecer mais sobre o processo de fabricação de uma cerveja artesanal e também degustar os diferentes estilos oferecidos. Os agendamentos podem ser feitos pelos telefones 031-3814-0858, 9 9558-5878 e 3726- 1207.

O Cerveja é Cultura vai ao ar às terças e quintas às 12h30 e às 21h. No sábado tem nossa agenda cervejeira às 12h. Siga o @cervejaecultuna917 no Instagram!


 

07 de Novembro - Terça-feira - 20:25

Cerveja é Cultura

Diamantina Gourmet reúne pratos com ingredientes da região e cerveja artesanal local

RENATA ABRITTA

Até o próximo dia 19 de novembro, a cidade natal de Chica da Silva recebe a oitava edição do Diamantina Gourmet. Os onze principais restaurantes da cidade estão oferecendo pratos ricos em cheiros e sabores. O festival busca impulsionar o município no cenário turístico cultural.

Eu estive lá e além de provar os pratos dos restaurantes participantes também aproveitei para conhecer a cerveja local: a Capistrana, que é a cerveja oficial do evento pelo segundo ano consecutivo.

Ela começou a ser produzida em 2014 e hoje já conta com vários estilos diferentes. Algumas receitas sazonais recebem insumos da flora regional como pequi, gabiroba e mangaba. Os rótulos estampam pontos turísticos de Diamantina.

Segundo o Vinícius de Freitas Silva, um dos sócios da Capistrana, a cultura cervejeira já está inserida na cidade histórica há muitas décadas. Quer saber mais? Ouça o programa Cerveja é Cultura desta terça-feira (07/11)

O Cerveja é Cultura vai ao ar às terças e quintas às 12h30 e às 21h. No sábado tem nossa agenda cervejeira às 12h. Siga o @cervejaecultura917 no Instagram e até o próximo programa!

Foto: Divulgação

 

12 de Outubro - Quinta-feira - 17:51

Cerveja é Cultura

A beer sommelier é a convidada do Cerveja é Cultura, da Rádio Super Notícia 91,7 FM, desta semana

Comer e beber são consideradas algumas das coisas boas da vida. E quando a combinação de um prato com uma cerveja é ideal, ela proporciona momentos ainda mais agradáveis. Esse é o objetivo das harmonizações, aumentar o prazer das degustações. E para ajudá-lo, a jornalista e beer sommelier Fabiana Arreguy acaba de lançar o livro "Cervejas e Comidas Mineiras - Vamos combinar?".

Segundo ela, que também é uma das sócias da Academia Sommelier de Cerveja, onde eu me formei, a ideia do livro surgiu em 2013 a partir de um convite da editora “C/Arte”.

A proposta era escrever um livro sobre cerveja, como forma de mostrar essa arte mineira. Para montar as combinações, Fabiana conta que escolheu primeiro os pratos para em seguida provar e definir o estilo de cerveja que gerou a melhor harmonização. Para aproveitar ao máximo a degustação, ela recomenda provar separadamente a cerveja, a comida e depois unir as duas coisas na boca.

O livro pode ser comprado nas principais livrarias de Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro. Quem preferir, pode comprar pela internet pelo site comartevirtual.com.br com frete grátis.

Ouça o programa Cerveja é Cultura e confira a entrevista e as dicas da Fabiana!

 

O Cerveja é Cultura vai ao ar na Rádio Super Notícia às terças e quintas-feiras às 12h30 e às 21h horas. No sábado tem a nossa agenda cervejeira para você programar seu fim de semana ao meio dia e meia.

03 de Outubro - Terça-feira - 20:10

Cerveja é Cultura

Em parceria com projetos ambientais, cervejaria une paixão pela bebida à consciência ecológica

Assista ao programa que rolou nesta terça-feira:

Imagine se a cada cerveja artesanal que você bebesse, você estivesse ajudando a proteger um animal com risco de extinção? Além do prazer de degustar uma boa cerveja você ainda estaria fazendo sua parte para ajudar o meio ambiente. E isso já é possível! Essa é a ideia da CBB - Companhia de Brassagem Brasil. Uma cervejaria criada em São Paulo este ano com o objetivo de valorizar as riquezas do país, os biomas e a biodiversidade.

Os rótulos têm imagens de espécies que sofrem risco de extinção e parte do dinheiro adquirido com a venda dos produtos é revertido a projetos ambientais de proteção a esses animais, como projeto Tamar, projeto Onçafari, Associação Mico-leão-dourado, Fundação Pró-carnívoros, entre outros.

“Optamos por utilizar em nossos rótulos as imagens de espécies que sofrem risco de extinção e atrelar projetos ambientais que foram criados em prol destes espécies. Assim, a CBB atua com a divulgação destes projetos para conscientização e direciona parte de do dinheiro arrecadado com as vendas para a conservação da biodiversidade brasileira”, explica a diretora de Marketing da CBB, Beatriz Oliveira.

A CBB também busca o reconhecimento do Brasil como uma Escola Cervejeira, assim como existem as escolas belga, alemã, inglesa e americana. O trabalho feito pelos cervejeiros, cujo slogan é “Sentimento de Brasilidade”, foi premiado quando a cervejaria tinha apenas 90 dias de funcionamento.

“Fomos vencedores do 2º Prêmio Brasil Brau Gestão de Negócios em Cervejas na categoria de Responsabilidade Social. Nosso propósito é pensar na cerveja não apenas como líquido, mas também no que ela pode fazer pelo entorno e pelo meio”, conta Beatriz.

A CBB já atua em vários estados do Brasil e, muito em breve, essa cerveja “ecológica” vai poder ser consumida em Minas Gerais.

“Atualmente temos em nosso portfólio 4 rótulos, sendo que o quinto vai ser lançado em breve. Atuamos em 9 estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Sergipe, Bahia, Pernambuco, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e, muito em breve, em Minas Gerais”, destaca a diretora de Marketing.

Beatriz também conta como é gratificante realizar esse trabalho. “Trabalhar com cerveja, que é nossa grande paixão, atrelando a uma causa nobre, ajudando essas espécies tão emblemáticas que são patrimônio nosso, é muito gratificante para nós. É motivo de orgulho fazer parte disso”.

O Cerveja é Cultura vai ao ar às terças e quintas-feiras às 12h30 e às 21h na Rádio Super Notícia 91,7 FM e aos sábados tem nossa agenda cervejeira às 12h30.

Siga o @renataabritta.cervejaecultura no instagram e no facebook!

Rótulos e sócios da Companhia de Brassagem Brasil. (Foto: Divulgação)

 Os rótulos estampam os animais em risco de extinção