Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Admitiu

Policial dirigia Camaro em suposto racha que deixou 2 mortos em SP

O acidente ocorreu por volta das 22h de terça-feira na altura do km 29 da Imigrantes, no sentido capital.

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Ford EcoSport ficou destruído com a batida, motorista e passageiros do Mercedes escaparam praticamen
Motorista e passageiros do Mercedes escaparam praticamente ilesos
PUBLICADO EM 11/01/18 - 18h49

A polícia de São Paulo investiga a participação de um policial civil no suposto racha que causou o acidente com dois mortos e seis feridos na última terça-feira, 9, na Rodovia dos Imigrantes, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

Investigador do 6º DP (Cambuci) da capital, o policial de 46 anos admitiu em depoimento nesta quinta que dirigia o veículo de luxo na noite de terça na Imigrantes, mas negou que tenha disputado um racha com o Mercedes Benz que acabou batendo em um Ecosport e matando duas mulheres.

O acidente ocorreu por volta das 22h de terça-feira na altura do km 29 da Imigrantes, no sentido capital. Condutor do Mercedes, o empresário André Veloso Micheletti teve a prisão preventiva decretada pela Justiça na quarta-feira, 10, depois de duas testemunhas afirmarem que ele dirigia a 200 km/h na rodovia.

As mesmas testemunhas, além de uma denúncia anônima feita pelo telefone 190 da Polícia Militar na noite do acidente, relataram que um Camaro preto disputava um racha com o Mercedes Benz momentos antes da colisão. Com o número da placa do veículo em mãos, a polícia chegou até o investigador.

Em depoimento ao delegado Rui Diogo da Silva, o policial disse que o Camaro pertence ao seu filho e que dirigia a 120 km/h pela Imigrantes na noite de terça, quando voltava do litoral sul ao lado de outro filho, de 11 anos.

Segundo o delegado, não havia câmera no local do acidente e, por isso, a investigação sobre o racha ainda está baseada nos depoimentos de testemunhas. Neste trecho do km 29 não tem câmera Conseguimos imagens entre os km 51 e 35 onde é possível ver um Camaro e um Ecosport, que ainda não sabemos se são os mesmos, mas não deu para ver o Mercedes-Benz", afirmou Silva.

Com a suspeita de participação do policial no acidente, o caso será investigado pela Corregedoria da Polícia Civil.

O que achou deste artigo?
Fechar

Admitiu

Policial dirigia Camaro em suposto racha que deixou 2 mortos em SP
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter