Recuperar Senha
Fechar
Entrar

No papel

BH ficará sem metade dos hotéis previstos para a Copa

Dos 54 projetos licenciados e com benefícios da PBH, 26 correm o risco de não ficarem prontos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
  • 12
    Cumpriu. Hotel San Diego da Pampulha foi um dos que cumpriram o cronograma acertado com a PBH
  • 12
    Hotéis já antigos, como o Mercury, pedirão benefícios
PUBLICADO EM 21/11/13 - 03h00
Dos 52 projetos hoteleiros aprovados pela prefeitura de Belo Horizonte (PBH) para a Copa do Mundo de 2014, apenas 41 saíram do papel e 15 deles correm o sério risco de não estarem prontos a tempo do evento. Somados aos 11 que nem começaram as obras, são 26 empreendimentos sob risco, a metade do total previsto. Levantamento da JR & MvS Consultores aponta que seis unidades não têm chances de serem inauguradas antes de junho do ano que vem, sendo que três delas só abrirão as portas em 2015, muito depois do fim da Copa. Outros nove empreendimentos estão com o cronograma atrasado e podem não cumprir o prazo previsto para inauguração. 

Esses empreendimentos receberam da PBH benefício de aumento do coeficiente de construção, o que significa que eles podem construir uma área maior do que o autorizado normalmente para a região onde se encontram. Esse benefício foi condicionado à abertura dos empreendimentos antes da competição da Fifa. A lei 9.952 estabelece que as obras têm que ser concluídas até 28 de fevereiro de 2014 e a operação tem que começar até 30 de março
 
Mesmo sem confirmar a lista da consultoria JR & MvS, a presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Minas Gerias (ABIH-MG), Patrícia Coutinho, diz que o cenário de atraso é real. “Com certeza, muitos não vão ficar prontos a tempo. A previsão é bem mais modesta do que no início”, diz. Ela calcula que a cidade ganhará cerca de 30 novos hotéis para o evento. 

Penalidades. A legislação prevê multas para quem recebeu o benefício e não vai abrir as portas a tempo de receber os turistas do futebol. A penalidade varia de acordo com o tamanho do terreno e com a diferença entre o coeficiente de construção original e o acréscimo autorizado. “A prefeitura já estuda uma maneira de flexibilizar as punições”, diz o consultor Maarten Van Sluys, da JR & MvS Consultores. A presidente da ABIH-MG diz que a PBH já sinalizou ao setor que deve estender o prazo oficial por pelo menos dois meses. 
 
A Secretaria Municipal Extraordinária para a Copa do Mundo não confirma as informações, mas admite que acompanha de perto a situação. Por meio de nota, o órgão diz que “aguarda a posição oficial dos empreendedores sobre o cronograma de obras para tomar uma posição a respeito”. Maarten Van Sluys acredita que reduzir as punições pode desestimular os que estão pagando hora extra ou suspendendo férias dos funcionários para concluir as obras a tempo.
 

Crescimento
 
Previsão. O Brasil terá pelo menos 422 novos empreendimentos de hospedagem até 2016, de acordo com previsão do Ministério do Turismo. O investimento será de R$ 12,2 bilhões.

O que achou deste artigo?
Fechar

No papel

BH ficará sem metade dos hotéis previstos para a Copa
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter
Falta pouco tempo para acabar
Oferta se encerra em:
0
0
:
0
0
:
0
0




Você, alguma vez quis resgatar aquela fita VHS com as imagens de sua família, com boas recordações, mas faz tempo que você não vê porque seu vídeo cassete foi aposentado?

Ou ouvir as músicas do seu vinil preferido, mas é quase impossível já que quase ninguém tem uma vitrola em casa?



Fácil de instalar e operar. Transfira seus vídeos gravados em qualquer dispositivo direto para o PC.



Esse aparelho é capaz de capturar som e imagem de fitas VHS, DVD, câmeras fotográficas e áudio dos Discos de Vinil*,  para o windows através da interface USB 2.0 do seu computador.Para usá-lo, basta conectar à porta USB do computador e ele será reconhecido.



Transforme seu PC em uma verdadeira ilha de edição!



Divirta-se capturando e criando novos vídeos e recuperando músicas, filmes e jogos para seu computador. Com a praticidade do dispositivo de captura e a mobilidade de um notebook capture os melhores momentos de sua vida onde quiser. 




Veja o que você pode fazer:


Capturar vídeos a partir de sua câmera de vídeo (digital ou analógica), editar no seu computador e criar DVDs ou vídeos para internet. 

Grave seus vídeos para o HD e realize edições com o aplicativo que acompanha o produto. 

Gravar vídeos de uma fita VHS diretamente em DVDs ou para internet com qualidade profissional.



Gravar um vídeo a partir de um DVD, editá-lo e criar novos vídeos.

Capturar áudio de discos de Vinil* sem a necessidade de uma placa de som, desde que a Vitrola tenha conexão RCA.


Possui alimentação USB 2.0 sem necessidade de fontes externas.

Com 2 conectores RCA para capturar som Mono ou Stereo e 2 conectores para capturar vídeo, RCA ou Super vídeo.




Para capturar e editar seus vídeos e fotos, ele vem com o software de edição de vídeo que permite que você capture, edite e se divirta com seus filmes além de fazer projetos em DVD e web como um profissional, criando diversos efeitos especiais em seus vídeos.






* O toca-discos apesar de ser um equipamento analógico possui uma particularidade, ele necessita antes de um pré-amplificador RIAA (não incluso) para fazer a conversão, já que a impedância dele é diferente dos demais equipamentos.








*** PRODUTO DISPONÍVEL EM ESTOQUE***



01 Placa de captura de vídeo/áudio USB 2.0
01 CD de Instalação
01 Certificado de Garantia
R$ 399.90
139.90
Somente 122 peças