Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Obras

Pátio triplica ICMS de Igarapé

Governador Anastasia visitou local onde é construído o novo empreendimento da Sada Transportes

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Pátio Logístico da Sada em Igarapé, com aporte total de R$ 211 milhões, deve começar a funcionar ofi
Pátio Logístico da Sada em Igarapé, com aporte total de R$ 211 milhões, deve começar a funcionar oficialmente em 2014
PUBLICADO EM 12/10/13 - 03h00

A cidade de Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, convive com a expectativa de um aumento significativo na arrecadação municipal. A implantação do pátio de distribuição logística da Sada Transportes, maior empreendimento da história do município, de acordo com o prefeito de Igarapé, José Carlos Gomes Dutra (Kalu), deverá triplicar o recolhimento de ICMS.


“O pátio logístico vai mudar a história de Igarapé, uma cidade que ainda depende dos repasses do governo federal e estadual para investir na melhoria de sua infraestrutura. Somente o funcionamento pleno do empreendimento tem capacidade de fazer com que a nossa arrecadação anual de ICMS salte de R$ 8 milhões para R$ 25 milhões”, estima o prefeito Kalu.

Na tarde de ontem, o empreendimento, localizado nas proximidades da BR–381, recebeu a visita do governador do Estado, Antonio Anastasia, do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o deputado estadual Dinis Pinheiro (PP), e de prefeitos de cidades vizinhas, como Betim, Juatuba e São Joaquim de Bicas. Durante a visita, eles puderam conhecer o andamento da obra, prevista para começar a operar, oficialmente, no dia 1º de janeiro do ano que vem.

Segundo o governador, o novo empreendimento não só vai prestar serviços, mas agregar uma tecnologia muito avançada para o Estado. “Teremos um grande pátio logístico, inovador em termos mundiais, inclusive, ecologicamente sustentável. O empreendimento vai ajudar não só o município de Igarapé, onde está situado, mas toda a região metropolitana e Minas Gerais, ao gerar empregos, favorecer o funcionamento das concessionárias e retirar um grande contingente de carretas das vias, reduzindo, assim, o tráfego”, destacou Anastasia.

Para o empresário Vittorio Medioli, presidente do Grupo Sada, a visita do governador foi uma oportunidade de mostrar os projetos de planejamento necessários, a longo prazo, para a região. “Pudemos apresentar a ele a necessidade de se prever, na região, obras de grande porte que, se não puderem ser executadas agora, sejam, pelo menos, planejadas”.

Toda a parte de terraplenagem, pavimentação asfáltica e sistema de carregamento do pátio logístico deve estar apta a operar a partir do dia 20 de novembro deste ano. Até o dia 28 fevereiro de 2014, estão previstas a finalização de todas a obras de acabamento no local, como fibra óptica e outros sistemas previstos para serem instalados.

A expectativa é que, até o fim de março do próximo ano, o empreendimento, que recebe investimento total de R$ 211 milhões, sendo somente R$ 180 milhões para a construção do pátio logístico, esteja 100% concluído.

Ainda de acordo com o prefeito de Igarapé, o governo de Minas Gerais já autorizou a pavimentação de uma rodovia que vai interligar as BRs 381 e 262, e passará a cerca de 1 km das áreas industriais de Igarapé e Juatuba. “Isso vai trazer um grande desenvolvimento econômico para a região”, reforçou o prefeito.

Infraestrutura. Para o empreendimento estão previstos oito pátios de distribuição de veículos, um pátio de inspeção prévia, chamado PDI, e uma área de pré-box.

O local vai gerar 480 empregos diretos e terá capacidade de armazenamento para 25 mil veículos, sendo 20 mil destinados às montadoras e 5.000 reservados a locadoras e concessionárias.

A infraestrutura prevê um pátio asfaltado e cercado, vagas demarcadas, galpão e estrutura de carregamento, escritórios, pátio para cegonhas e vigilância 24 horas. Entre os benefícios esperados estão a modernização do sistema de expedição de veículos, maior agilidade na distribuição, eliminação da movimentação dos veículos zero km em vias públicas e redução das avarias em unidades novas.

Também está prevista a construção de um centro de atendimento de quase mil carretas e caminhões, a ser instalado em um terreno localizado a cerca de 1 km do pátio. Ele, além de gerar mais 480 empregos diretos na região, servirá para a manutenção dessas frotas e deve ser inaugurado ainda no ano que vem.

O que achou deste artigo?
Fechar

Obras

Pátio triplica ICMS de Igarapé
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter