Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Tecnologia

Parceria une Conta.Mobi e Correios

Fintech disponibiliza conta digital

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
fs
Novidade. Capucio e Cristiano Barata comemoraram a parceria
PUBLICADO EM 05/10/17 - 03h00

Uma parceria com a Conta.Mobi, fintech de Belo Horizonte, está levando às agências mineiras dos Correios mais uma opção para serviços bancários. Desde quarta-feira (4), com o número do CPF e um telefone celular, qualquer pessoa física ou jurídica pode receber e sacar nos Correios. A parceria atinge mais de 900 agências da empresa, nos 853 municípios do Estado. “Estamos começando a operação por Minas, mas a parceria é nacional. Até janeiro de 2018 todos os postos dos Correios estarão oferecendo o serviço. São mais de 7.000 agências em todas as cidades brasileiras”, afirma o CEO da Conta.Mobi, Ricardo Capucio.

A fintech oferece uma conta totalmente digital que permite ao usuário receber depósitos, fazer pagamento de boletos e transferências, acessar saldo e extrato. E, agora, também sacar nos Correios, que funcionarão como uma agência do banco digital. “O mercado de soluções financeiras digitais necessita de uma rede de atendimento no Brasil. E só os Correios podem atender com o melhor custo-benefício os clientes do produto”, afirma o vice-presidente de Canais dos Correios, Cristiano Barata Morbach.

Para fazer um depósito na Conta.Mobi basta saber o número do CPF do dono da conta. Já o usuário, com o documento em mãos, pode sacar o valor que recebeu, sem custo adicional. Outros serviços, como cartão pré-pago Visa, emissão de boletos e de máquinas de cartão para empreendedores serão taxados.

Mesmo sendo disponível para qualquer pessoa, Capucio admite que o principal foco da fintech são os micro e pequenos empreendedores. “Temos mais de 7 milhões de Microempreendedores Individuais (MEIs)no Brasil, mas a conta funciona para qualquer pessoa que tenha algum empreendimento”, explica. Como se trata de uma conta pré-paga, a Conta.Mobi não exige renda mínima ou faz consulta em serviços de proteção ao crédito. “O cliente pode ter o nome sujo e não precisa ter confirmação de renda”, diz Capucio.

Para ter acesso a uma Conta.Mobi é necessário baixar o aplicativo gratuito com o mesmo nome, disponível no Google Play, na Apple Store e no site http://conta.mobi/.

Saiba mais

O que é. Fintechs são empresas de tecnologia, na maioria startups, que oferecem serviços financeiros, como um banco, sempre pela internet, e trabalham com taxas menores para os clientes.

Números

900 agências dos Correios em Minas já oferecem o serviço

1 milhão de usuários a conta.mobi pretende atingir até 2018

 

Base de clientes deve crescer

A fintech Conta.Mobi espera com a parceria com os Correios aumentar a sua base de clientes dos atuais mais de 30 mil para 1 milhão até o fim de 2018, segundo o CEO da startup, Ricardo Capucio.

“É a primeira parceria dessa magnitude, que usa essa tecnologia no Brasil. Acredito que estamos com um negócio realmente disruptivo de impacto nacional”, avalia o empresário.

Segundo o diretor de Canais dos Correios, Cristiano Barata Morbach, a empresa pública também ganha com a parceria. “(Buscamos) a rentabilização dos canais de atendimento, diversificação do portfólio de atuação, bem como ampliação do market share”, diz Morbach. Ele informa que os Correios “detêm remuneração para fornecer solução de atendimento aos usuários Conta.Mobi”, afirma.

Outro parceiro da Conta.Mobi que busca ampliar sua atuação, com foco em pequenos empreendedores, é a Visa, que é responsável pelos arranjos de pagamento da fintech. “Um dos pilares estratégicos da Visa é expandir o acesso a serviços financeiros para micro e pequenas empresas”, conta o diretor executivo de Desenvolvimento de Negócios da Visa do Brasil, Eduardo Abreu.

O que achou deste artigo?
Fechar

Tecnologia

Parceria une Conta.Mobi e Correios
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter