Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Vice da Andrade Gutierrez morre em BH

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 18/11/06 - 00h01

Morreu ontem em Belo Horizonte, o empresário Roberto Gutierrez, 53, vice-presidente do Conselho de Administração do Grupo Andrade Gutierrez e representante da família Gutierrez no conglomerado, fundado em Minas Gerais em 1948. O corpo do empresário foi encontrado no seu apartamento na manhã de ontem.

Segundo a assessoria de imprensa do grupo, o laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou um acidente vascular cerebral (AVC) como causa da morte. O corpo do empresário será velado hoje, a partir das 8h no Cemitério Parque Renascer, em Contagem (Grande Belo Horizonte), e será cremado às 15h.

Filho de Flávio Gutierrez, um dos fundadores da construtora Andrade Gutierrez, o engenheiro Roberto Gutierrez era o único representante da família no grupo. Roberto assumiu funções executivas na construtora em meados dos anos 1980, após a morte do pai. O empresário deixa dois filhos.

Para os empresários do setor, Roberto Gutierrez deixou uma contribuição importante para a construção pesada não só em Minas, como no país inteiro e até no exterior.

"Ele tinha uma visão empresarial voltada para a expansão e a diversificação do grupo. Era uma liderança jovem, que cuidava da transição do grupo para as exigências do mercado atual", afirma o empresário do setor Luiz Augusto de Barros, que trabalhou no grupo Andrade Gutierrez por 25 anos.

Trajetória
O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Pesada (Sicepot), Marcus Salum, diz que a perda de Roberto Gutierrez será "irreparável" para o setor. "Sem dúvida, o nosso setor fica mais empobrecido.

Era um empresário jovem que estava à frente de uma empresa que é símbolo do setor, reconhecida no Brasil e no exterior", afirma. A família Gutierrez detém um terço do capital de controle do Grupo Andrade Gutierrez.

Os outros dois terços estão divididos em dois ramos da família Andrade. Gabriel Andrade cuida de uma parte e o representante da outra parte é Sérgio Andrade, responsável pela área de telecomunicações. Roberto Gutierrez representava no grupo o lado que foi o principal objeto da criação da Andrade Gutierrez: a engenharia e construção.

No final da década de 40, a empresa fazia pequenas obras de urbanização em Belo Horizonte. A primeira obra interestadual, a BR-040, veio nos anos 50. Nos anos 70 a empresa construiu a hidrelétrica de Itaipú e na década seguinte entrou no mercado internacional e diversificou os mercados, passando a atuar em mineração, prospecção de petróleo e indústria química.

A partir dos anos 90 a empresa torna-se concessionária de serviços públicos como telefonia, por meio da Telemar, saneamento, via Sanepar, e rodovias, por meio da Companhia de Concessões Rodoviárias (CCR).

O que achou deste artigo?
Fechar

Vice da Andrade Gutierrez morre em BH
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter