Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Escândalo na Escócia

Vala coletiva perto de orfanato católico tinha 400 crianças

O caso soma-se a outro revelado por uma equipe de investigação no início deste ano

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
vd
Orfanato na Escócia foi cuidado por freiras durante mais de um século
PUBLICADO EM 13/09/17 - 03h00

ROMA, ITÁLIA Ao menos 400 bebês e crianças teriam sido enterrados em uma fossa comum ao lado de um orfanato na Escócia que foi cuidado, por mais de um século, por freiras, revelou uma denúncia conjunta do jornal “Sunday Post” e da “BBC Radio 4”.

As mortes teriam ocorrido entre 1864 e 1981, tempo de funcionamento do Smyllum Park, e foram reveladas após denúncias de “ex-moradores” do local. Segundo as matérias, há muitas acusações de maus tratos e humilhações das crianças que passaram no orfanato. Ao todo, a entidade recebeu cerca de 11 mil crianças.

Em outros momentos, as religiosas informaram que cerca de 120 crianças morreram no local – todas vítimas de pneumonia ou tuberculose. No entanto, as duas emissoras rastrearam 402 mortes no orfanato, sendo que apenas dois foram enterrados fora dali. O que leva a crer que há 400 corpos na fossa comum.

Outra denúncia que sustenta a tese do “Sunday Post” é que o cemitério mais próximo do Smyllum tem túmulos de freiras e funcionários do orfanato – mas de nenhuma criança que passou por lá.

O caso soma-se a outro revelado por uma equipe de investigação no início deste ano. Cerca de 800 bebês e crianças foram enterrados em uma fossa comum de outro orfanato católico, o Bon Secours Mother anda Baby Home. Localizado na cidade de Tuam, no condado de Galway, esse orfanato funcionou entre os anos de 1925 e 1961 como um lar para crianças e mães solteiras jovens da Irlanda.

Testes de DNA apontaram que as crianças enterradas na fossa tinham idade entre 35 semanas e 3 anos. A investigação foi feita por uma comissão, instituída pelo governo local para apurar a atuação de centros religiosos no auxílio a jovens grávidas, após uma denúncia da historiadora Catherine Corless.

O que achou deste artigo?
Fechar

Escândalo na Escócia

Vala coletiva perto de orfanato católico tinha 400 crianças
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (2)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter