Recuperar Senha
Fechar
Entrar

OPINIÃO

Após denúncias contra Temer, FHC fala em renúncia de presidente

Segundo o ex-presidente, pelas acusações, os atingidos têm o dever de se explicar e oferecer à opinião pública suas versões

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
FHC
PUBLICADO EM 18/05/17 - 13h50

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) se manifestou pela primeira vez após denúncias contra o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves (PSDB-MG). FHC usou sua página no Facebook para fazer o pronunciamento.

Segundo o ex-presidente, pelas acusações, os atingidos têm o dever de se explicar e oferecer à opinião pública suas versões. "Se as alegações de defesa não forem convincentes, e não basta argumentar são necessárias evidências, os implicados terão o dever moral de facilitar a solução, ainda que com gestos de renúncia", completa Fernando Henrique.

O tucano defende ainda que a solução para a grave crise deve se dar no absoluto respeito à Constituição. Ele disse também que o país tem pressa para restabelecer a moralidade nas instituições e na conduta dos homens públicos.

Veja o post na íntegra:

 

 

Relembre o caso

Nessa quarta-feira (17), foi revelado pelo jornal "O Globo" que o dono da empresa JBS, Joesley Batista, gravou declarações comprometedoras do presidente Michel Temer (PMDB) e do senador Aécio Neves (PSDB) durante conversas informais. Batista, que já possui um acordo de delação premiada com a Justiça Federal, levou as gravações ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que fossem homologadas.

Nestas conversas, o presidente teria sugerido que se mantivesse pagamento de mesada ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio. Já Aécio Neves teria pedido R$ 2 milhões para ajudar a pagar suas despesas com a defesa na Operação Lava Jato.

Devido a isso, foi deflagrada, na manhã de hoje, a operação Patmos, que prendeu a irmã do senador, Andrea Neves e outras duas pessoas após ser expedido mandados de prisão preventiva pelo ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator dos processos ligados à Operação Lava Jato.

Veja mais - Caso JBS

O que achou deste artigo?
Fechar

OPINIÃO

Após denúncias contra Temer, FHC fala em renúncia de presidente
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter