Recuperar Senha
Fechar
Entrar

SEGUNDO JORNAL

Bolsonaro emprega servidora 'fantasma' que vende açaí em Angra

Reportagem da "Folha" afirma que Walderice Santos da Conceição consta como funcionária no gabinete do deputado, mas trabalha em um comércio em Mambucaba

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Jair Bolsonaro
Deputado negou que Walderice seja uma funcionária fantasma
PUBLICADO EM 11/01/18 - 20h28

Uma vizinha de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) seria uma funcionária fantasma do político na Câmara dos Deputados. É o que diz uma reportagem publicada pela “Folha de S. Paulo” na noite desta quinta-feira (11). De acordo com o jornal, Walderice Santos da Conceição, de 49 anos, consta como funcionária do gabinete parlamentar de Bolsonaro, em Brasília, recebendo salário bruto de R$ 1.351,46. No entanto, ela trabalha em um comércio de açaí na Vila Histórica de Mambucaba, que fica a 50 km do centro de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

A reportagem afirma que Walderice, mais conhecida como Wal pelos moradores da região, trabalha na mesma rua onde fica a casa de veraneio de Jair Bolsonaro. Vizinhos disseram à “Folha” que o marido dela presta serviços de caseiro para o deputado.

A “Folha” relatou na matéria que enviou jornalistas à Mambucaba nesta quinta-feira (11) para apurar o caso, mas as portas do estabelecimento “Wal Açai” foram fechadas às pressas “assim que se espalhou a informação sobre a presença de repórteres na região”.

A reportagem, entretanto, afirma ter encontrado Walderice sainda da casa do deputado, porém, ela pediu um “minutinho” e voltou para a residência. Um outro vizinho apareceu e convidou os jornalistas para uma entrevista com Bolsonaro.

O deputado negou que Walderice seja uma funcionária fantasma. “Ela reporta a mim ou ao meu chefe de gabinete qualquer problema na região”, explicou. “Não tem uma vida constante nisso. É o tempo todo na rua? Não. Ela lê jornais, acompanha o que acontece”, completou.

Segundo a “Folha”, Walderice passou por uma “intensa mudança de cargos no gabinete” em 15 anos. “Em 2011 e 2012 ela alcançou alguns dos melhores cargos chegando ao topo no segundo semestre de 2012. A função, com salário que pode chegar a R$ 14,3 mil, é normalmente reservada a chefes de gabinete”, diz a matéria.

O que achou deste artigo?
Fechar

SEGUNDO JORNAL

Bolsonaro emprega servidora 'fantasma' que vende açaí em Angra
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (103)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter