Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Senador Francisco Dornelles é reeleito para presidência do PP

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 02/04/09 - 16h13

O Partido Progressista (PP) realizou nesta quinta-feira (2), em Brasília, sua convenção nacional, quando reelegeu o senador Francisco Dornelles (RJ) por mais um ano para a presidência do partido. Desde o ano passado, ainda no início da crise financeira mundial, Dornelles já defendia a redução da taxa de juros Selic, pelo Banco Central, como forma de o país preservar a economia brasileira aquecida.

Além da execução de políticas públicas que resultem num crescimento sustentado, "com mais geração de renda, emprego e com justiça social", Dornelles afirmou que o PP vai reforçar a defesa de medidas que resultem na descentralização administrativa com o fortalecimento dos estados e municípios.

Quanto ao aprofundamento da redução da taxa básica de juros, Dornelles destaca que o Brasil não pode ser diferente dos demais países. "No momento em que você tem uma demanda desaquecida, queda de preços de commodities, tendência de aumento de desemprego, tem que reduzir as taxas de juros", afirmou o presidente do PP.

O senador acrescentou que a redução da taxa de juros abre caminho para que o governo possa fazer mais investimentos na área fiscal. Segundo ele, no momento em que não há uma despesa de juros tão grande pode-se ter dinheiro do orçamento fiscal para realizar investimentos, gerando renda e emprego.

Sobre o destino do PP nas eleições presidenciais de 2010, Francisco Dornelles afirmou que vai conversar com cada diretório estadual "para sentir qual é a posição do partido". Acrescentou que a partir daí, o Partido Progressista terá condições de "fixar a posição no campo nacional".

AGÊNCIA BRASIL

O que achou deste artigo?
Fechar

Senador Francisco Dornelles é reeleito para presidência do PP
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter