Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Aviação

Capital volta a ter voos diários para Juiz de Fora 

Passageiros voltam a ir à Zona da Mata sem escala por SP

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
F-G
Brasileiro. Trajeto será realizado pelo ATR-600, da Embraer
PUBLICADO EM 05/11/13 - 04h00

Após quase seis meses, Belo Horizonte voltará a ter voos diretos para Juiz de Fora, principal cidade da Zona da Mata mineira. Ontem, a Azul Linhas Aéreas, companhia que já operou no trecho, reinaugurou voos diários ligando as duas cidades.

A partir de agora, serão 20 voos semanais entre as duas cidades. Dez saindo de Belo Horizonte e outros dez saindo de Juiz de Fora. No dia da reinauguração do trecho, a taxa de ocupação foi superior a 80%. As viagens serão feitas pelo modelo ATR-72-600 e que possuem capacidade para transportar 68 passageiros.

A rota havia sido interrompida em maio deste ano, quando a Azul, em comunicado, informou que deixaria de operar no aeroporto regional da Zona da Mata, próximo ao município de Goianá, onde atuava desde 2011, para concentrar sua ações no aeroporto da Serrinha, próximo à área urbana de Juiz de Fora.

Com a mudança, a Azul cancelou os voos diretos que realizava entre os aeroportos de Goianá e da Pampulha, na capital, e passou a ofertar apenas a ligação com Campinas, no interior paulista. À época, a empresa disse que a medida havia sido motivada “por um processo de otimização de sua malha aérea”, que considerou a proximidade entre os aeroportos da Serrinha (em Juiz de Fora) e Viracopos (em Campinas). Desde então, moradores da Zona da Mata precisavam fazer conexão em Campinas para vir a Belo Horizonte.

Em setembro, a Azul pediu autorização para criar a rota entre Confins e Juiz de Fora, que passou a funcionar ontem. Os preços das passagens variam entre R$ 129 e R$ 839.

O que achou deste artigo?
Fechar

Aviação

Capital volta a ter voos diários para Juiz de Fora 
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter