Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Centro

Associação faz abaixo-assinado contra ciclovia infantil

Espaço foi inaugurado no último domingo; ciclistas querem acesso total à pista e outras vias de ligação

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
B-C
Ciclovia do Parque Municipal, por exemplo, precisa passar por uma revitalização
PUBLICADO EM 16/10/14 - 03h00

A inauguração de uma ciclovia infantil no interior do Parque Municipal Américo Renné Giannetti, no centro de Belo Horizonte, no último domingo, despertou a insatisfação da Associação dos Ciclistas Urbanos de Belo Horizonte (BH em Ciclo). Na pista é permitida a presença apenas de bicicletas com aros 12, 14 e 16, restringindo acesso aos ciclistas em geral. Em protesto, a associação começou a colher assinaturas contra a medida.

A principal reivindicação é a incoerência de proibir ou restringir o uso de bicicletas no parque mesmo o espaço não oferecendo qualquer risco para a prática. Além disso, segundo a integrante da associação Thaís Junqueira, 24, as crianças antes tinham todo o espaço livre, e, agora, terão uma área delimitada. “Anda carro dentro do parque? Já teve histórico de acidente com criança dentro do parque? A gente acredita que foi investimento mal gasto, que ignorou demandas históricas dos ciclistas da cidade e que não vai trazer benefícios nem para as crianças”, disse.

A ciclista também destacou que uma ciclovia para ligar as avenidas dos Andradas e Afonso Pena, passando pelo interior do parque, é uma reivindicação antiga da categoria. “Eles nunca atenderam o pedido e, agora que instalaram uma ciclovia lá, ela é apenas para crianças”, reclamou Thaís.

O abaixo-assinado pede a liberação do uso de bicicletas em todos os parques da cidade, o que atualmente é proibido. 

A Prefeitura de Belo Horizonte se manifestou, por meio da FPM, citando a lei municipal 10.285/2011, que autoriza o uso de bicicletas de pequeno porte (aros 12, 14 e 16) nos parques municipais da capital mineira e disse que "essas áreas são determinadas para evitar transtornos a pedestres e usuários dos parques".

Diz a lei: 

Art. 1º - Fica autorizada a entrada de bicicletas de pequeno porte nos parques do Município de Belo Horizonte.

Parágrafo único - São consideradas de pequeno porte as bicicletas de aro 12, 14 e 16.

Art. 2º - O uso de bicicleta de pequeno porte será permitido em área específica prevista no regulamento de cada parque elaborado pela Fundação de Parques e Jardins.

Parágrafo único - A área de que trata o caput deste artigo não se situará:
I - em áreas de preservação permanente, conforme previsto na legislação ambiental brasileira;
II - em áreas de relevância ambiental;
III - em áreas que ofereçam risco à segurança do usuário do parque.

Art. 3º - Os casos omissos ou as divergências na aplicação desta Lei serão resolvidos pela Fundação de Parques e Jardins.

 

Atualizada em 16 de outubro de 2014, às 13h05.

O que achou deste artigo?
Fechar

Centro

Associação faz abaixo-assinado contra ciclovia infantil
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter