Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Cefet expande curso para Contagem

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 21/04/06 - 00h02

A partir de maio, estudantes de Contagem, na Grande Belo Horizonte, vão poder optar em fazer o ensino médio convencional ou integrado a um curso técnico.

Acordo firmado este mês entre o Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet/ MG) e a Prefeitura de Contagem prevê a oferta, para esses alunos, de educação profissional voltada para a prática de química industrial.

Pelo acordo, o Cefet oferece o suporte técnico e logístico e diploma aos alunos da Fundação de Ensino de Contagem (Funec). Em contrapartida, a fundação vai investir R$ 110 mil por ano no projeto.

O processo seletivo para formação da primeira turma (80 alunos) será disputado apenas entre alunos do ensino médio da Funec. O curso que tem duração de três anos. Segundo o diretor do Cefet, Flávio Antônio dos Santos, a partir de 2007, o processo será aberto a todos os alunos que concluírem o ensino fundamental.

"O ingresso no curso é anual", explicou. O objetivo é suprir parte da demanda de educação profissional do município, já que as empresas do setor industrial têm absorvido 90% da mão-de-obra disponibilizada pelo Cefet.

Santos informou que já está prevista para 2007 a implantação dos cursos de eletromecânica, mecânica e construção civil.

Campus
Ele disse ainda, que o Cefet, a prefeitura de Contagem e o Ministério da Educação se reuniram ontem em Brasília para estudarem a construção de um campus do Cefet no município.

"Essa idéia está amadurecendo paralelamente ao convênio. Está sendo feita uma avaliação, mas é possível que aconteça no segundo semestre deste ano", ressaltou. Segundo o superintendente administrativo da Funec, Geraldo Mangel Pereira, a experiência do Cefet representará um grande avanço para a melhoria do ensino técnico em Contagem.

"Estamos em uma região industrial. Investir na educação e preparar melhor os jovens para o mercado de trabalho é a nossa função", disse Pereira. A Funec tem hoje 11 mil alunos.

Distância dificulta acesso

Oferecer condições aos alunos para que eles cheguem até a escola é um dos desafios a serem enfrentados pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet/MG).

Segundo o diretor do Cefet, Flávio Antônio dos Santos, a maioria dos estudantes que optam pelo ensino técnico, principalmente os de Contagem e Betim, enfrentam dificuldades com relação a transporte.

"A distância dificulta a locomoção dos estudantes. É preciso que as instituições desenvolvam projetos que permitem o aluno dar prosseguimento ao ensino técnico", ressaltou Santos.

Conforme ele, dos mais de 11 mil alunos inscritos para os exames de seleção do Cefet este ano, mais de 1.500 eram de Contagem.

"Temos o programa de assistência estudantil onde são oferecidas bolsas de complementação educacional. O aluno recebe 80% do saláriomínimo, uma ajuda financeira para a permanência na instituição, que é renovada mediante sua frequência. Servimos 600 refeições por dia, oferecemos assistência médica, odontológica e a bolsa-alimentação. Todos esses benefícios serão implantados na Funec", explicou Santos.

O que achou deste artigo?
Fechar

Cefet expande curso para Contagem
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter