Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Mobilidade Urbana

Dia Mundial Sem Carro será marcado por ações em prol da bicicleta

Para comemorar a data, nesta terça-feira (22), ciclistas farão uma pedalada na cidade além de ajudar com a manutenção das "magrelas"

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Dia Mundial sem Carro
Economia. Com a bicicleta, Maria Cecília economiza R$ 200 por mês só em passagens de ônibus
PUBLICADO EM 21/09/15 - 15h34

Deixar o carro em casa por um dia e ir para o trabalho ou escola utilizando o transporte público ou o transporte por propulsão humana como a bicicleta, o skate ou o patins. Essa é a proposta do Dia Mundial Sem Carro, comemorado nesta terça-feira (22). O intuito é melhorar a qualidade de vida nas cidades e preservar o meio ambiente com transportes que não poluem.

A data é comemorada em todo mundo e em Belo Horizonte os ciclistas vão desenvolver uma série de ações para incentivar o uso da bicicleta na cidade. “Culturalmente o Brasil valoriza muito os carros. Você faz 18 anos e já tem que tirar carteira. Os carros ocupam 80% das ruas e as pessoas estão cada vez mais estressadas no trânsito. Essa data serve para mostrar que existem outras formas de se locomover que são muito mais saudáveis e trazem tranqulidade”, considera a publicitária Luiza Andrade, 27, que vai todo dia de bicicleta para o trabalho.

Durante a noite, os ciclistas vão fazer uma pedalada. O grupo vai se reunir, às 18h,  na praça dos ciclistas, ao lado do Colégio Arnaldo, na esquina com avenida Brasil, região Centro-Sul da capital. A expectativa é que os ciclistas saiam às 20h e ocupem as ruas da cidade. Os ciclistas vão sair da avenida Brasil, passar pela Contorno, praça da Estação, Getúlio Vargas e retorno a praça do Ciclista.

Antes da pedalada, a associação BH em Ciclo em parceria com o Bike Anjo, vai realizar uma série de atividades voltadas para o uso bicicleta. Das 15h às 18h haverá mecânica gratuita para quem estiver precisando fazer reparo na “magrela”, distribuição de material educativo, garrafinhas e adesivos para ciclistas.

Com o objetivo de mostrar como é possível usar o espaço para o estacionamento de veículos para uma área de descontração em pleno Centro de BH, a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) e a Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento Urbano instalaram neste Dia Mundial sem Carro uma Varanda Urbana, nome dado aos parklets na capital. O espaço, que é de livre utilização e busca criar áreas de descontração, convivência e descanso pela cidade, foi instalado em frente ao Palácio das Artes em uma área equivalente à duas vagas para carros de passeio. 

Além disso, algumas escolas da capital também estão incentivando os alunos, professores e pais a utilizarem a bicicleta. O Colégio Loyola, no bairro Cidade Jardim, região Centro-Sul da capital,  realiza na noite desta segunda-feira (21) uma pedalada em prol de um trânsito mais humano e também para desafogar o trânsito no entorno da instituição.

Na escola Casa Viva, no mesmo bairro, a comunidade escolar também está sendo incentivada a usar a “magrela” como meio de transporte nesta terça. Alguns alunos já vão para a escola de bicicleta ou skate e eles escolheram como disciplina eletiva a de mobilidade urbana.

Quem usa a bicicleta todo dia aprova ela como meio de transporte. “Você se exercita, tem contato com a cidade e a natureza. Fora que traz felicidade e chego mais rápido ao meu destino”, destaca o analista de TI Emiliano Guillaume, 29.

O ciclista Joca Corsino,30, também avalia que enfrentar o trânsito da cidade de bicicleta é muito melhor. “A bicicleta é uma extensão dos meus passos, ela me leva para todos os lugares me deixando livre de rotas ou voltas desnecessárias", conclui.

A pedido do portal O TEMPO, vários ciclistas gravaram seus depoimentos relatando porque usam a bicicleta. Veja o vídeo:

 

História. O Dia Mundial Sem Carro foi criado na França em 1997 e foi adotada pelos demais países europeus em 2.000. No Brasil as comemorações começaram em 2003 em São Paulo.

Aplicativo de caronas solidárias convocam usuários para reflorestamento coletivo

Também em comemoração ao Dia Mundial Sem Carro, o aplicativo de carona solidária Zumpy está convidando seus usuários  participarem de uma ação coletiva de reflorestamento.O Zumpy vai levar uma turma de alunos de escola primária para participar de uma oficina de educação ambiental na reserva “Parque das Águas” no bairro Flávio Marques Lisboa, no Barreiro, onde as crianças farão um passeio ecológico, assistirão a uma peça de teatro e participarão de um plantio coletivo de árvores.

O Zumpy também vai presentear com 10L de gasolina todo usuário que compartilhar sua rota através de uma carona solidária, enquanto aquele “caroneiro” que tomar carona vai poder escolher uma série de benefícios exclusivos no Shopping Zump.

O que achou deste artigo?
Fechar

Mobilidade Urbana

Dia Mundial Sem Carro será marcado por ações em prol da bicicleta
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter