Recuperar Senha
Fechar
Entrar

ALERTA

Em estado de greve, metroviários de BH podem parar a qualquer momento

CBTU fez proposta, mas categoria rejeitou; apesar do impasse, ainda não há previsão para paralisação geral

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
CBTU não faz nova proposta e greve de metroviários continua nos próximos dias
Na última greve da categoria, usuários enfrentaram caos nas estações
PUBLICADO EM 27/05/13 - 15h44

Os metroviários de Belo Horizonte estão em estado de greve e podem parar a qualquer momento. A decisão foi tomada na última quinta-feira (27) após uma reunião do Sindicato dos Empregados em Empresas de Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindmetro-MG).

De acordo com  Alda Lúcia Fernandes dos Santos, presidente do Sindmetro, a reunião com representantes da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) terminou sem acordo. "A CBTU fez uma proposta, mas a categoria rejeitou a proposta. A partir daí decretamos o estado de greve", afirma.

Apesar do impasse, ainda não há previsão para uma paralisação geral em Belo Horizonte e o metrô circula normalmente. 

Os metroviários pedem piso salarial de R$ 1.980,23, plano de saúde, reajuste salarial de 6,49%, ticket alimentação no valor da cesta básica, revisão do Plano de Emprego e Salário (PES) e realização do concurso público. Eles rejeitaram a proposta de reajuste de 2,02% apresentada pela CBTU. O aumento pode chegar a 4,7%, caso a Companhia consiga redução das horas extras e aplicação do Plano de Demissão Voluntária (PDV) para os aposentados.

Na próxima semana, metroviários do Rio de Janeiro, Maceió, Natal, João Pessoa e Recife vão se reunir em assembleia para decidir se decretam ou não o estado de greve. A próxima rodada de negociações com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), em nível nacional, acontece entre os dias 11 e 14 de junho em Recife. 

 

 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

ALERTA

Em estado de greve, metroviários de BH podem parar a qualquer momento
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter