Recuperar Senha
Fechar
Entrar

NORTE DE MINAS

Garoto de 14 anos é morto em centro de internação de Montes Claros

Adolescente foi atingido com um pedaço de espelho; suspeito do crime e dois comparsas conseguiram fugir

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 28/10/14 - 10h09

Um menino de 14 anos foi assassinado durante uma briga em um centro de internação de Montes Claros, no Norte de Minas, na madrugada desta terça-feira (28). O suspeito, um jovem de 18 anos que ainda estava internado no local, e mais dois adolescentes conseguiram fugir após o crime.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a corporação foi acionada por funcionários do imóvel, que fica localizado na Alameda das Paineiras, no bairro Jaraguá. Eles afirmaram que a confusão aconteceu em um dos quartos.

Ao chegar no cômodo, a equipe do centro encontrou Mateus Lucas de Oliveira caído e muito sangue ao seu redor. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas o menor já estava sem vida.

Segundo a perícia, o adolescente apresentava cortes no supercílio, perna, braço e um ferimento no tórax. As lesões teria sido provocadas por um pedaço de espelho. Ainda segundo funcionários disseram à polícia, constantemente, os seis jovens que dividiam o quarto se desentendiam.

Militares fizeram rastreamento na região, mas os suspeitos ainda não foram localizados. O homem que teria matado Mateus é conhecido no meio policial por furtos e roubos em Janaúba e Montes Claros.

Por meio da assessoria de imprensa, a Prefeitura de Montes Claros informou que dois adolescentes entraram em conflito durante esta madrugada e que um deles acabou morrendo, vítima dos ferimentos. "O autor da agressão fugiu do local e ainda não foi localizado. Os servidores que trabalhavam na Unidade, no momento do ocorrido, prestaram os primeiros socorros e acionaram o Samu e a Polícia Militar, que quando chegaram ao local já encontraram a vítima falecida. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social encaminhará relatório informando o ocorrido para a Vara da Infância e Adolescência de Montes Claros, que tomará as medidas cabíveis", afirma o texto da nota.

Ainda, a prefeitura explicou que o serviço de acolhimento é ofertado pelo Serviço Único de Assistência Social (SUAS), programa do Governo Federal, gerido pelo município, que atende crianças e adolescentes com idade entre 0 e 18 anos, vítimas de violência no meio social em que vivem. O acolhimento e a permanência na Unidade de Acolhimento é determinada pelo poder judiciário (Vara da Infância e da Adolescência), através de medida protetiva.

Em Montes Claros existem, atualmente, cinco Unidades de Acolhimento. Destas, duas acolhem crianças e adolescentes do sexo masculino, outras duas acolhem crianças e adolescentes do sexo feminino e uma acolhe apenas crianças, de ambos os sexos.

Nas Unidades de Acolhimento as crianças e adolescentes têm uma rotina acompanhada por educadores/cuidadores sociais e equipe multiprofissional. Nesta rotina, além de frequentarem as aulas, eles frequentam oficinas de hip hop e futebol. Além disso, eles têm a oportunidade de se inscreverem no programa Vira Vida e Pronatec.

Atualizada às 13h03

O que achou deste artigo?
Fechar

NORTE DE MINAS

Garoto de 14 anos é morto em centro de internação de Montes Claros
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter