Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sonho realizado

Heróis de criança, garis viram tema de festa de aniversário

Ontem, a convite de O TEMPO, Petros Barros foi conhecer a garagem da SLU

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Rudá e Dêlasávia tiveram dificuldade para fazer decoração ao gosto de Petros
Ontem, a convite de O TEMPO, Petros Barros foi conhecer a garagem da SLU
PUBLICADO EM 02/08/11 - 20h43

Os pais do menino Petros de Barros ficaram surpresos quando o filho pediu que o tema de sua festa de aniversário de 4 anos fosse uma homenagem aos garis. Fascinado pelo universo que envolve a coleta de lixo, o garoto chegou ao evento, no último dia 16, em Belo Horizonte, vestido como um funcionário de limpeza urbana. Ele também se divertiu com a decoração temática.

Ontem, Petros bateu o pé e quis ir para a escola novamente com o uniforme de gari. Mais tarde, a convite de O TEMPO, ele foi levado pelo pai, o engenheiro civil Rudá de Barros, 48, para um encontro com alguns de seus "heróis" na garagem da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), na avenida dos Andradas, no centro.

Na companhia do gari Robson Rodrigues Machado, 46, o filho de Rudá e da engenheira Dêlasávia de Barros, 34, teve ontem um contato mais próximo com a profissão que tanto admira.

"Fico feliz de ver que o preconceito com os garis está diminuindo e que os pais não tentaram destruir esse carinho que ele sente pela nossa classe", disse Robson, que tem 26 anos de experiência.

De acordo com a mãe, Petros observa o vaivém da turma da limpeza desde os 2 anos e meio. "Não sei de onde surgiu esse interesse. Acho que é por causa da alegria que os garis demonstram durante o trabalho", acredita Dêlasávia.

Diferente. A mãe de Petros conta que foi preciso mandar fazer a roupa para o filho e todo o cenário da festa, que tinha miniaturas de caminhões de coleta de lixo. Os balões foram nas cores da SLU, laranja e verde.

"O Petros ficou tão feliz quando viu o sonho dele realizado que só quis ficar se divertindo com a decoração", relembra Rudá, que conseguiu um uniforme emprestado na SLU para usar no dia da festa, em um salão do bairro Santa Efigênia, região central.

Os pais do garoto dizem entrar na brincadeira. Segundo eles, o filho fala que quer ser gari quando crescer. A família mora no bairro São Lucas, região Leste. Apesar de gostar de jogar bola e ver televisão, o passatempo preferido de Petros é brincar de ser um funcionário da limpeza pública.

VEJA VÍDEO DO ANIVERSÁRIO DO MENINO:



A homenagem emocionou funcionários da SLU. "O aniversário foi dele, mas fomos nós que ganhamos o presente", diz Milton Marinho, 47, que foi gari durante 29 anos e hoje trabalha no setor administrativo. "Sempre procurei ser amigo dos moradores. Isso me rendeu muitas alegrias. Um reconhecimento desse, vindo de uma criança, é muito gratificante ".

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Sonho realizado

Heróis de criança, garis viram tema de festa de aniversário
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter