Recuperar Senha
Fechar
Entrar

VALE DO RIO DOCE

Integrantes do MST ocupam linha férrea e param trem da Vale em Tumiritinga

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
Cerca de 615 famílias do MST ocuparam a linha férrea
PUBLICADO EM 17/01/13 - 12h21

Cerca de 615 famílias integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-terra (MST) ocuparam, no início da manhã desta quinta-feira (17), uma linha férrea no município de Tumiritinga, na região do Vale do Rio Doce, e pararam um trem da Vale. Segundo a assessoria da empresa, nenhum trem chegou a ser parado pelos manifestantes.

Segundo o MST, o protesto tem o objetivo de pedir Justiça para o caso do massacre de Felisburgo, que aconteceu no acampamento Terra Prometida, na região do Vale do Jequitinhonha. Na ocasião, cinco integrantes do movimento foram assassinados e outros doze ficaram feridos, entre elas uma criança que levou um tiro no olho.

Ainda de acordo com o MST, os manifestantes também pedem que sejam executadas 21 ordens de despejo de áreas improdutivas. Segundo o movimento, por lei, estes locais já deveriam ter sido destinados a reforma agrária. Eles também estão requisitando a suspensão da liminar emitida pela Justiça para o despejo das famílias do MST que estão na propriedade da empresa Fibria Celulose, em Tumiritinga.
 


Foto: Paulinha Alves


Aproximadamente 1000 pessoas estão dispostas a ficar nos trilhos da linha férrea até que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) se manifeste sobre a ação dos integrantes do movimento.  A assessoria da Vale informou que na parte da manhã estavam no local, no máximo, 200 manifestantes. 

O coordenador de relações com a comunidade da Empresa Vale esteve presente na linha férrea  para dialogar com os representates do protesto.

De acordo com o MST, seguranças da Vale e três viaturas da Polícia Militar estiveram no local.

Matéria atualizada às 16h43.


 

O que achou deste artigo?
Fechar

VALE DO RIO DOCE

Integrantes do MST ocupam linha férrea e param trem da Vale em Tumiritinga
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter