Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Mostra

Kalil e Juca conversam sobre Queermuseu: 'praticamente impossível vir'

Prefeito de Belo Horizonte conversou por telefone com o secretário de Cultura, que reforçou seu posicionamento contra a censura, mas vê entrave contratual para trazer mostra

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Santander Cultural
Telas da série "Criança Viada", da artista plástica Bia Leite, integram a exposição Queermuseu
PUBLICADO EM 13/09/17 - 10h37

O prefeito Alexandre Kalil (PHS) e o secretário de Cultura Juca Ferreira conversaram, por telefone, na manhã desta quarta-feira (13) sobre o desejo de Belo Horizonte receber a exposição "Queermuseu - Cartografia da diferença na arte brasileira". A mostra foi cancelada no Santander Cultural, em Porto Alegre, no último domingo (10).

Nessa terça-feira (12), Juca Ferreira conversou com a reportagem de O TEMPO e disse que via com "bons olhos" a possibilidade de BH receber a mostra, com mais de 270 obras de 85 artistas, que exploram a diversidade de gêneros.

Na conversa com o prefeito, Juca reiterou o seu posicionamento contra o que ele chamou de censura, mas adiantou que será "quase impossível" trazer a exposição para a capital mineira. "O Juca Ferreira reforçou ser contra a censura, mas acha que é praticamente impossível vir a exposição para a Belo Horizonte por questão contratual", destacou a assessoria de imprensa da prefeitura.

Juca Ferreira também disse a Kalil que não houve qualquer movimento da Secretaria de Cultura de BH e também da Fundação Municipal de Cultura para trazer a mostra. 

Posicionamento de Kalil

O cancelamento da exposição pelo Santander rendeu diversas discussões na internet, algumas delas polêmicas. Ciente de que o assunto também vai gerar calorosos debates em BH, Kalil disse, no Twitter, que respeita todas as opiniões, no entanto, em caso de divergências na prefeitura, “prevalecerá sempre a opinião do prefeito”.

Veja os posts

O que achou deste artigo?
Fechar

Mostra

Kalil e Juca conversam sobre Queermuseu: 'praticamente impossível vir'
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (60)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter