Recuperar Senha
Fechar
Entrar

ESTUDANTES EM SEGURANÇA

Lavras é a primeira do país a contar com Rede de Repúblicas Protegidas

Iniciativa foi baseada na Rede de Vizinhos Protegidos e 13 repúblicas já entraram na proposta; rede contará com o uso de tecnologias como o Facebook e o WhatsApp

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Lavras
Reunião entre PM e estudantes foi positiva para a criação da Rede de Repúblicas Protegidas
PUBLICADO EM 30/01/14 - 14h25

Para atender a demanda dos jovens universitários de Lavras, no Sul de Minas, o 8º Batalhão de Polícia Militar (PM) inaugurou a Rede de Repúblicas Protegidas, a primeira do país voltada exclusivamente para esse público. O objetivo é garantir a segurança dos jovens, principalmente, nas férias, quando eles, segundo a PM, se tornam um grupo vulnerável assim como mulheres e idosos.

O modelo de policiamento é baseado na Rede de Vizinhos Protegidos. De acordo com o comandante do 8º Batalhão, tenente coronel Claret, a nova rede contará com o uso de tecnologias familiares aos estudantes, como o Facebook e o WhatsApp. Desta forma, eles poderão ter contatos direto com a PM por meio de um Facebook privativo ou por meio do aplicativo, recebendo informações sobre a segurança das repúblicas mesmo no período de férias.

Para começar o processo, a polícia se reuniu com 13 repúblicas que participaram de uma reunião nessa terça-feira (28) e 31 estudantes. Ao todo, 150 repúblicas foram convidadas. De acordo com o capitão Leonardo, comandante da 54ª Companhia da PM de Lavras, as repúblicas participantes terão uma placa de identificação em sua faixada.

Além disso, no período de férias, a Patrulha Universitária, que já atua no policiamento da Universidade Federal de Lavras, percorrerá a região das repúblicas notificando os estudantes sobre a situação do imóvel.

Os jovens que participaram da reunião aceitaram a ideia e se ofereceram para mobilizar as outras repúblicas da cidade. Uma nova reunião já está marcada para a próxima quarta-feira (5). A expectativa é que, na ocasião, mais repúblicas participem do projeto.

O que achou deste artigo?
Fechar

ESTUDANTES EM SEGURANÇA

Lavras é a primeira do país a contar com Rede de Repúblicas Protegidas
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter