Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Buritis

Moradora do prédio que caiu contesta valor da indenização

Pela decisão, a construtura deverá indenizar os moradores dos seis apartamentos em R$120 mil por danos morais

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
O prédio Vale dos Buritis, na região Oeste de Belo Horizonte, estava condenado desde outubro de 2011 e caiu na manhã desta terça-feira.
PUBLICADO EM 13/09/17 - 21h11

Moradores do edifício Vale dos Buritis, que desabou em janeiro de 2012 no bairro Buritis, região Oeste de Belo Horizonte, não concordam com o valor da indenização por danos morais fixada em primeira instância pela Justiça. Os R$ 120 mil citados na sentença do  juiz Paulo Abrantes, da 16ª vara cível de Belo Horizonte, não serão pagos a cada morador. O valor é o total da indenização, que deve ser  dividida de maneira “proporcional”, segundo a decisão.

O magistrado não esclarece qual será o critério para definir quanto cada um receberá. A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) explicou que, nesses casos, é preciso entrar com um embargo para estabelecer como será feita a divisão.

“Por que o valor é tão pequeno?”, questiona uma das moradoras, Thaiana Piumbini. O prédio tinha seis apartamentos, entre unidades padrão e, de área privativa.

Ela lembra que em sua decisão, o próprio  magistrado reconhece os danos causados aos moradores que foram desalojados. “Na sentença, o juiz cita o tamanho dos nossos danos psicológicos, das nossas perdas e de todos os transtornos que passos por termos saído da nossa casa”, afirma. 

 

Valor do imóvel

Além da indenização por danos morais, o juiz determinou que a construtora Estrutura Engenharia e Construção Ltda, responsabilizada pela queda do prédio, pague a cada um o valor do imóvel perdido e faça o reembolso das despesas com alugueis pagos desde o desabamento do edifício. O valor de cada apartamento deve ser calculado por uma perícia e os moradores só receberão depois de esgotados todos os recursos judiciais.

Uma das advogadas de defesa dos condôminos, Camila Castro, informou que no sábado (16) haverá uma reunião com os moradores para decidirem as próximas ações em relação ao processo, incluindo se entrarão ou não com recurso.

O que achou deste artigo?
Fechar

Buritis

Moradora do prédio que caiu contesta valor da indenização
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter