Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Preocupação

Motorista flagra rachadura em viaduto na avenida Cristiano Machado

DER, responsável pela construção da estrutura, afirma que mandará técnicos nesta segunda-feira (28) para avaliar a situação no local; engenheiro garante não ser trinca e explica que é apenas uma junta de dilatação

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Imagem
Rachadura em viaduto na avenida Cristiano Machado
PUBLICADO EM 27/07/14 - 10h07

Uma rachadura em um viaduto na avenida Cristiano Machado, na altura do bairro União, na região Nordeste de Belo Horizonte, tem preocupado motoristas que passam pelo local. Após a queda do viaduto Batalha dos Guararapes, na avenida Pedro I, no bairro São João Batista, em Venda Nova, que matou duas pessoas e feriu mais de 20, passar pelos demais elevados da cidade, tornou-se uma aflição para muitos.

Em um vídeo publicado no Facebook, um motorista mostra a rachadura no viaduto Henriqueta Lisboa e se assusta com o que vê. "Vocês viram o tamanho da trinca? Misericórdia. Cuidado. Passar aqui, não fica debaixo dele não", alerta. Mais de 3.600 pessoas já assistiram e compartilharam a filmagem pela rede social.

Procurada pela reportagem de O TEMPO, a assessoria da Prefeitura de Belo Horizonte informou apenas que a construção deste viaduto foi de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), e que não era possível dizer se a estrutura teria passado por vistoria após a tragédia na avenida Pedro I.

Já a assessoria do DER afirmou que não foi comunicada oficialmente de uma possível trinca no viaduto, mas que nesta segunda-feira (28), uma equipe técnica irá no local para avaliar a situação. Ainda, informou que o viaduto Henriqueta Lisboa foi construído junto com a Linha Verde, há cerca de dez anos e que ele é inspecionado de tempos em tempos.

Confira o vídeo

Explicação

De acordo com o vice-presidente do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de Minas Gerais (IBAPE-MG), Clemenceau Chiabi Saliba, não se trata de uma trinca, mas sim, de uma junta de dilatação, necessária para se evitar reais rachaduras. O engenheiro Saliba também utilizou a internet para acalmar a população.

"Nada de pânico! Essas supostas "trincas" são apenas a junta de dilatação do viaduto, que todas as pontes e viadutos têm. As imagens de cima do tabuleiro esclarecem completamente a situação. Forte abraço e menos estresse", esclareceu em sua página.

Veja a explicação do vice-presidente do IBAPE-MG

Trânsito intenso

O local onde fica o viaduto Henriqueta Lisboa é de fluxo intenso, tanto sobre ele quanto debaixo da estrutura, durante toda a semana, na avenida Cristiano Machado. Ônibus do Move também passam pelo local, que dá acesso ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, e serve de via opcional desde que a avenida Pedro I foi interditada, no início do mês.

Atualizada às 10h44

O que achou deste artigo?
Fechar

Preocupação

Motorista flagra rachadura em viaduto na avenida Cristiano Machado
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter