Recuperar Senha
Fechar
Entrar

faixa contínua

Multa por ultrapassagem irregular será cinco vezes mais cara

Se a infração for cometida novamente em até 12 meses o valor será em dobro, com a multa passando para R$ 1.915

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Imprudente. Motorista ignora faixa contínua em ultrapassagem na BR
Imprudente. Motorista ignora faixa contínua em ultrapassagem na BR
PUBLICADO EM 21/10/14 - 18h01

A partir do mês que vem, a multa para o motorista que for pego ultrapassando em trechos com faixa contínua terá seu valor, que hoje é R$ 191, aproximadamente cinco vezes mais caro, passando para R$ 957.

Uma das justificativas para mudança que afeta diretamente o bolso do condutor é de que agora ele irá "pensar" antes de iniciar uma ultrapassagem em local proibido. "É uma lei bem vinda, porque o aumento no valor da multa vai fazer com que o motorista fique mais receoso antes de cometer essa ultrapassagem proibida", segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Aristides Júnior.

Minas Gerais tem a maior malha rodoviária do país e é um dos estados com mais multas por este tipo de manobra proibida. Fica atrás apenas do Paraná. De acordo com a PRF, por enquanto, não vai haver alteração no modo como a fiscalização é realizada. Em breve ela poderá ser feita através das câmeras de monitoramentos.

A mudança no Código de Trânsito Brasileiro, que institui o aumento no valor da multa, busca a redução do número de mortes, já que, ainda segundo o inspetor Aristides Júnior, hoje, muitos motoristas não se importam em cometer essa infração especificamente por saberem do baixo valor da multa. Se a infração for cometida novamente em até 12 meses o valor será em dobro, com a multa passando para R$ 1.915.

O que achou deste artigo?
Fechar

faixa contínua

Multa por ultrapassagem irregular será cinco vezes mais cara
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (5)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter