Recuperar Senha
Fechar
Entrar

BRIGA ENTRE GANGUES

Operação termina com cinco presos em Ribeirão das Neves

O motivo da ação é a intensificação da rivalidade entre quadrilhas de tráfico de drogas na região, que acabam amedrontando a população local

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 26/08/14 - 13h53

Uma operação realizada na manhã desta terça-feira (26) em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, terminou com cinco pessoas presas, além de armas e drogas apreendidas. Dois homens continuam foragidos e as investigações irão continuar.

Segundo o delegado Gustavo Garcia Assunção, a operação “Cruzeiro”, realizada no bairro Veneza, tem o objetivo de reprimir o confronto entre as gangues de tráfico de drogas. Há cerca de três semanas, a rivalidade entre duas quadrilhas se tornou mais forte, o que assusta os moradores da região.

“Já tem caso de moradores saindo de lá com medo disso, porque escutam tiros toda hora”, disse o delegado. Pelo menos quatro tentativas de homicídio foram registradas neste período.

Cinco suspeitos de uma mesma quadrilha foram presos nesta manhã mas outros dois suspeitos da quadrilha rival estão foragidos e foram apontados pelo delegado como os mais perigosos. “Além deles tem um menor também envolvido nesta gangue, e os três são os suspeitos dessas tentativas de homicídio”, esclareceu Assunção.

Além das priões, a polícia ainda apreendeu três revólveres de calibre 38, quase 50 cartuchos de munição, mais de 100 buchas de maconha, uma espingarda de fabricação caseira e muitos celulares. Ao todo, foram expedidos 20 mandados de busca e apreensão e três de prisão.
Os presos serão levados para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira. A operação continua. 

O que achou deste artigo?
Fechar

BRIGA ENTRE GANGUES

Operação termina com cinco presos em Ribeirão das Neves
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter