Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Jogo macabro

Ordens do 'Baleia Azul' vinham de telefone com DDD de Minas, diz PM

Polícia Militar identificou seis participantes do desafio no Mato Grosso

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
baleia azul
Palestras da PM sobre o jogo suicida começaram no Mato Grosso após a morte de uma jovem
PUBLICADO EM 20/04/17 - 18h39

Ao menos três outros Estados, além de Minas, apuram o envolvimento do “jogo da Baleia Azul” em mortes ou tentativas de suicídios de jovens. No Mato Grosso, onde uma garota de 16 anos foi encontrada morta numa lagoa em Vila Rica, a Polícia Militar (PM) identificou seis participantes do desafio. Eles têm entre 12 e 22 anos.

Após assistir a uma palestra da PM sobre o assunto, uma mãe delatou o envolvimento da filha em um grupo. Segundo as investigações, as ordens vinham de um telefone com DDD de Minas, que pertenceria a uma mulher. A suspeita é que ela seja a “curadora”.

As palestras começaram no Mato Grosso após a morte da jovem, que está sendo investigada. No celular de Gabriel Cabral, 19, morto em Pará de Minas na semana passada, a administradora se apresenta como uma mulher, com DDD 37. Nesse grupo há telefones de todo o país.

No Rio de Janeiro, a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática apura quatro casos de envolvimento com o jogo. Segundo a delegada Fernanda Fernandes, não houve mortes no Estado.

Segundo a PM, os militares conseguiram impedir que uma dessas jovens realizasse o último desafio do jogo, que consiste em tirar a própria vida. Ela já está recebendo cuidados médicos e psicológicos.

O que achou deste artigo?
Fechar

Jogo macabro

Ordens do 'Baleia Azul' vinham de telefone com DDD de Minas, diz PM
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter