Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Na câmara

PL que estimula a produção de cerveja artesanal tem parecer favorável

O Projeto de Lei 2045/16 é de autoria do ex-vereador Pablito e tem o intuito de estimular o crescimento da produção artesanal, a geração de empregos e o desenvolvimento do turismo sustentável

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Cerveja artesanal
PL que estimula a produção de cerveja artesanal tem parecer favorável
PUBLICADO EM 17/02/17 - 13h32

 As cervejarias artesanais podem dar mais um passo para sua expansão. Na última terça-feira (14) um Projeto de Lei (PL) que estimula a produção de cerveja artesanal na capital mineira recebeu parecer favorável na Câmara Municipal de Belo Horizonte em reunião da Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana nesta terça-feira (14). 

O Projeto de Lei 2045/16 é de autoria do ex-vereador Pablito e tem o intuito de estimular o crescimento da produção artesanal, a geração de empregos e o desenvolvimento do turismo sustentável. Diante da crise econômica, as associações de empreendedores do ramo relatam um crescimento de 40% no segmento.

“Minas Gerais é o segundo Estado do Brasil que mais produz cervejas artesanais.São 1,2 mil litros de cerveja por ano. Então todo incentivo é necessário e bem vindo. É um setor que tende muito a crescer, gera renda para famílias, movimenta a economia local, além de utilizar produtos de qualidade”, ressalta Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (AcervaMG).

O projeto prevê tributo diferenciados para essas cervejarias e descontos em impostos para quem comercializar os produtos industrializados. O texto que tramita em 1º turno segue agora para apreciação das Comissões de Orçamento e Finanças e de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo.

O que achou deste artigo?
Fechar

Na câmara

PL que estimula a produção de cerveja artesanal tem parecer favorável
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter