Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Minas

Servidores estaduais da saúde vão entrar em estado de greve

Categoria tomou decisão porque governo teria negado pedido de negociação antecipada de reivindicações; estado de greve começa na próxima semana

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 26/03/14 - 03h00

Servidores estaduais da saúde vão entrar em estado de greve na próxima semana. A decisão foi tomada ontem, durante assembleia da categoria na Cidade Administrativa, e vale para várias unidades do Estado.

A assessoria de comunicação do Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde-MG) informou que a categoria tomou a decisão porque o governo negou pedido de negociação antecipada de reivindicações. Uma das solicitações é revisão do plano de carreira.

“Cada unidade de saúde agirá de maneira diferente, com manifestações ou paralisações. Faremos essa mobilização até o dia 9 (quando haverá nova assembleia). Se até lá o governo não negociar com os servidores, então o setor entrará em greve geral”, adianta o diretor executivo do Sind-Saúde-MG, Érico Colen. O calendário das paralisações será divulgado na próxima semana.

Entenda. O Sind-Saúde-MG informou que a categoria teme que o ano eleitoral inviabilize as negociações e que a categoria perca o prazo legal para alteração ou criação de lei que impacte na folha de pagamento. A data limite é 8 de abril – 180 dias antes da eleição.

Outro lado

SES. A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado e Saúde de Minas Gerais (SES) informou que não se pronunciaria sobre a assembleia dos servidores nem sobre a situação de greve.

O que achou deste artigo?
Fechar

Minas

Servidores estaduais da saúde vão entrar em estado de greve
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (2)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter