Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Tempo de bike

Sonho inclui elevador de bike

Ciclovias interligadas e facilidade nos deslocamentos de bike estão entre principais desejos de ciclistas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
TEMPO DE BIKE
Pedro Beaumord, da Bike Anjo, diz que motoristas e ciclistas já começam a se entender
PUBLICADO EM 11/07/15 - 03h00

Uma cidade com ciclovias interligadas, facilidade nos deslocamentos feitos de bike e até elevadores para as magrelas. Esses são os principais sonhos dos ciclistas de Belo Horizonte, que enxergam nas ciclovias, ciclofaixas e faixas compartilhadas uma possibilidade de transformar a utopia em realidade.

“Seria excelente ter estrutura para a pessoa pegar a bike às 7h e chegar ao trabalho sem problemas”, afirma a arquiteta Amanda Corradi, 24, integrante da Associação dos Ciclistas Urbanos de Belo Horizonte (BH Em Ciclo). Segundo a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PlanMob–BH) identificou 380 km de rotas cicláveis (ciclovias e/ou ciclofaixas) na cidade, e a intenção é atingir essa extensão até 2020.

A primeira etapa, de 150 km, conta com R$ 22 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Pacto da Mobilidade Urbana e já começou a ser feita, segundo a autarquia. No entanto, para que a bicicleta se torne meio de transporte efetivo e eficiente, usado com facilidade, avenidas como Cristiano Machado e Antônio Carlos já deveriam ter vias próprias para as bikes, segundo a arquiteta. “Essas vias poderiam ser usadas por ciclistas, mas fazer isso agora, sem ciclovias, é perigoso. Isso reprime a demanda”, comenta Amanda.

Veja o vídeo que fala sobre as outras ciclovias da cidade:

 

Integrante da rede de ciclistas Bike Anjo e participante do Grupo de Trabalho Pedala BH, Pedro Beaumord, 20, concorda. “Meu sonho (é morar) em uma cidade onde eu tenha um caminho seguro para fazer de bicicleta”, afirma. Para ele, as vias principais da cidade poderiam ser agraciadas com espaço próprio para ciclistas.  

“Está passando da hora de ter ciclovia nas avenidas Amazonas e Contorno, vias importantes da cidade”, afirma. O jovem almeja ainda mais: a instalação de elevadores para as magrelas da capital. “Claro que é utópico, um pensamento bem para o futuro, mas elevadores seriam bem interessantes, principalmente devido ao relevo de Belo Horizonte”, destaca.

Conscientização. Há um consenso entre BH Em Ciclo, Bike Anjo, Pedala BH e ciclistas em geral – a falta de segurança para ciclistas na capital é resultado também da ausência de conscientização de pedestres, motoristas de veículos leves e pesados, que invadem vias destinadas às bikes. “Não é sonho. São demandas reais fazer campanhas educativas para conscientizar que a bicicleta é um meio de transporte e fazer a integração do nosso território”, afirma Amanda.

Exemplos positivos

Elevador
. Na Noruega, na cidade de Trondheim, a topografia acidentada não é empecilho – o CycloCable atua como um elevador para ciclistas. Instalado na base dos morros, o dispositivo empurra ciclistas até o topo por meio de um pedal, à velocidade de 7km/h. Alto custo de implantação e possibilidade de atender distância restrita impedem a expansão da iniciativa.

Sampa. A pista exclusiva para ciclistas na avenida Paulista, em São Paulo (SP), foi inaugurada no último dia 28. Desde então, segundo a prefeitura, a circulação de bicicletas na via aumentou quase três vezes. “Hoje eu me sinto segura e com liberdade. Posso andar de bike a qualquer hora do dia na Paulista”, afirma a assessora de comunicação Raquel Andretto, 24.

Pedala BH. Criado em 2012, o Grupo de Trabalho Pedala BH é formado por BHTrans e cidadãos interessados em discutir a mobilidade em cima das magrelas. Atualmente, os ciclistas estão vistoriando
as vias nas quais a prefeitura pretende implantar ciclovias, ciclofaixas ou faixas compartilhadas.

Balanço. As vistorias nas regiões Centro-Sul, Leste, Noroeste, Nordeste e Pampulha já foram feitas. Na região Oeste, ainda falta visitar a rua Úrsula Paulino, e o trabalho no Barreiro está prestes a ser concluído. Venda Nova e região Norte ainda não foram vistoriadas.

O que achou deste artigo?
Fechar

Tempo de bike

Sonho inclui elevador de bike
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter