Recuperar Senha
Fechar
Entrar

TRÊS CORAÇÕES

Tiroteio na porta de pub mata um e deixa dois feridos no Sul de Minas

Dois suspeitos, que foram baleados pela polícia após o homicídio, estão internados sob escolta policial

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
tiroteio
Crime aconteceu na avenida Deputado Renato Azeredo
PUBLICADO EM 21/04/17 - 11h58

Dois policiais militares faziam o patrulhamento preventivo abordando um motorista embriagado próximo a um pub em Três Corações, no Sul de Minas, quando ouviram tiros a 40 metros de onde estavam. Os PMs largaram imediatamente o “bêbado” e correram atrás do homem, que tinha atirado e matado um outro jovem, e trocaram mais tiros com dois suspeitos, que foram baleados pelos militares e socorridos.

Tudo isso ocorreu às 3h30 desta sexta-feira (21), na saída de uma festa em uma boate na avenida Deputado Renato Azeredo, no centro de Três Corações, a 200 m da sede da PM. Segundo a polícia, a confusão teria começado por uma rixa entre gangues rivais da cidade. Thiago Santana, 20, foi atingido por dois tiros, um no toráx e outro na cabeça. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Hueslem da Costa, 24, que atirou nele, foi atingido com cinco tiros na sequência pelos militares. O terceiro jovem envolvido, Paulo Marcos Teodoro de Souza, 22, também enfrentou os policiais e levou dois tiros.

Os dois suspeitos foram levados para o Hospital São Sebastião, continuam internados e estariam em situação estável. Costa e Souza foram presos em flagrante por homicídio e resistência – estão sob escolta policial na unidade hospitalar.

Outros dois jovens, sendo um menor, de 17 anos, foram encaminhados à delegacia de plantão da Polícia Civil, que investigará o caso, mas seriam amigos de Santana. Os militares envolvidos e as respectivas armas foram recolhidos e será aberto um procedimento administrativo para apurar a responsabilidade deles no tiroteio.

O comandante da 16ª Cia Independente da PM de Três Corações, tenente-coronel Juliano Santana Silva, afirmou que os policiais na ação chegaram a dar ordem de parada ao suspeito que atirava contra Santana e corria atrás dele, mas o homem “efetuou um segundo disparo na cabeça da vítima e continuou agredindo-o com o revólver”. Depois, voltou-se com a arma na direção dos militares e, continua o comandante, “antes que ele efetuasse o disparo, os militares, na defesa deles e das outras pessoas que estavam saindo da boate, tiveram que efetuar disparos que atingiu esse autor do homicídio, e ele caiu ao solo”.

Em seguida, relata Silva, “o comparsa chegou, arrebatou a arma do outro e também partiu em direção aos militares, sendo necessário efetuar novamente disparo contra ele”.

Por meio da página no Facebook, o “Jack Pub” informou que lamenta o caso e destacou que os crimes foram em via pública. A reportagem tentou contato com a casa, mas não teve retorno.

Veja o post:

FOTO: FACEBOOK / REPRODUÇÃO
tiroteio
Após tiroteio, equipe do pub pediu mais paz na cidade

Atualizada às 19h53

O que achou deste artigo?
Fechar

TRÊS CORAÇÕES

Tiroteio na porta de pub mata um e deixa dois feridos no Sul de Minas
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter