Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Três obras simultâneas param Contagem

Longos engarrafamentos são registrados em vários corredores de tráfego, como a avenida Amazonas.

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 17/08/06 - 00h01

O trânsito para acesso a Contagem, na Grande Belo Horizonte, se tornou um grande exercício de paciência para os motoristas que precisam trafegar pelo local. Três conjuntos de obras são realizados ao mesmo tempo no entorno do Complexo ItaúPower Center, levando o tráfego ao colapso.

Ontem, a Coordenadoria de Trânsito e Transporte do município (Transcon) registrou várias retenções nas ruas e avenidas alvos das intervenções, onde cerca de 30 mil veículos circulam diariamente.

A previsão de conclusão das obras é o próximo dia 30, e uma nova opção de desvio de quem está na Amazonas com destino ao shopping foi criada ontem à noite (veja mapa). Mas a escassez de alternativas para os condutores que vêm de Belo Horizonte e querem evitar as construções resulta em transtornos.

"São poucas as opções de desvio. Como a área é industrial, parece que isso não havia sido pensado na época de criação da região", disse o gestor da Transcon, Hérmiton Quirino da Silva. Segundo ele, há equipes de trabalho 24 horas para conseguirem cumprir o prazo.

"A decisão em ter um cronograma menor e fazer todas as obras de uma só vez foi tomada para não prolongar o sofrimento dos motoristas", afirmou Silva.

Além da retirada da rotatória e implantação de ilhas para travessia de pedestres no cruzamento entre as avenidas Babita Camargos e General David Sarnoff, essas duas vias também receberão canalização para drenagem da água pluvial. Ruas que cercam o complexo comercial também estão sendo recapeadas.

De carro ou de ônibus, a reclamação quanto aos atrasos para chegar ao trabalho ou em casa são constantes entre aqueles que circulam pelas vias em obras.

"Moro no bairro Praia, em Contagem, e demoro cerca de duas horas para chegar em casa depois do serviço", disse o ajudante de carga e descarga, André Nogueira, 32. Segundo ele, até os motoristas de algumas empresas de lotação estão evitando transitar pelo local para não ficarem "agarrados" por muito tempo.

Mais engarrafamentos
Além dos congestionamentos provocados pelas obras em Contagem, outras ocorrências tumultuaram o trânsito na avenida Amazonas, onde foram registrados três acidentes. O que provocou maior transtorno aconteceu na esquina com rua Araguari, no Barro Preto.

Um Fiat Tipo preto pegou fogo após superaquecimento do motor e deixou várias pessoas e motoristas que passavam pelo local assustados. O carro era movido a gás natural e havia o risco de explosão. Foi necessário isolar todo o quarteirão para evitar um possível estouro. O proprietário do veículo não havia sido localizado até o início da noite de ontem.

No Anel Rodoviário, próximo à entrada para a Via Expressa, o motoqueiro Jurandir Coelho da Silva, após bater na traseira de um Palio, foi atropelado e morto por um caminhão. Por causa do acidente, muitos motoristas que estavam no Anel optaram pela avenida Amazonas, onde o trânsito também estava congestionado.

O que achou deste artigo?
Fechar

Três obras simultâneas param Contagem
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter