Recuperar Senha
Fechar
Entrar

útil

Alunos criam aplicativo que acompanha gastos de deputados

Informações como custos com passagens aéreas, alimentação, gasolina podem ser monitoradas por qualquer pessoa

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Alunos criam aplicativo que acompanha gastos de deputados
Aplicativo acompanha gastos de deputados federais
PUBLICADO EM 30/09/14 - 12h59

Estudantes da Universidade de Brasília criaram um aplicativo que permite acompanhar quais são os gastos dos deputados federais. Informações como custos com passagens aéreas, alimentação, gasolina podem ser monitoradas por qualquer pessoa que tenha acesso a um aparelho com tecnologia iOs. Acesse o site do projeto aqui.

Os usuários do aplicativo são avisados toda vez que os deputados "seguidos" realizam novos gastos. Ainda é possível visualizar gráficos comparativos sobre o parlamentar e a média de gastos de todos os deputados federais. As informações também podem ser compartilhadas pelo Facebook. Na própria descrição do aplicativo, os desenvolvedores explicam da necessidade de saber sobre quanto e quando os políticos utilizam o dinheiro que é originário da chamada Cota para Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP). 

De acordo com o site do projeto, o aplicativo, chamado de Akan, recebeu esse nome a partir da derivação da palavra "akangatu", de origem Tupi, que significa Inteligência, lucidez e memória. O objetivo dos alunos é contribuir para a formação de uma sociedade brasileira conscientizada politicamente.

A ideia, que surgiu na Universidade Católica de Brasília, faz parte do projeto "AKAN - Consciência Orçamentária", da organização Visualize Mobile. Uma versão Android está em desenvolvimento. 

Assista ao vídeo sobre o aplicativo Akan, aqui. E se quiser baixá-lo, clique aqui.

 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

útil

Alunos criam aplicativo que acompanha gastos de deputados
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter