Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Vôlei feminino

Com diferentes objetivos, Minas e Praia iniciam o returno da Superliga

Na primeira metade do torneio, time do Triângulo foi avassalador e o da capital foi irregular

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
AB-F
Separadas por 12 pontos na tabela, mineiras sonham com returno espetacular
PUBLICADO EM 19/12/17 - 07h09

Postas as cartas na mesa para a Superliga Feminina 2017/2018, dentre os favoritos estavam o Dentil-Praia Clube e o Camponesa-Minas. Elencos fortes e jogadores selecionáveis gabaritavam as equipes às posições mais altas da tabela. Passada a primeira metade da fase de classificação, contudo, as coisas parecem ter sido um pouco diferente do que muitos imaginavam. O Praia foi imbatível e terminou invicto no topo, o Minas oscilou, fazendo fraca campanha em casa.

Nesta terça-feira (19), na abertura do returno, as mineiras veem a competição com diferentes aspirações. Claro que a curto prazo o objetivo é vencer já na primeira rodada, mas o olhar é mais longe. As meninas do Triângulo, que enfrentam em casa, às 19h30, o Renata Valinhos-Country-SP, querem continuar se superando, mesmo sabendo que agora estarão mais estudadas que as adversárias.

“Sabemos que fizemos um primeiro turno muito bom, mas no segundo muita coisa pode mudar. Muitas jogadoras que estavam fora, lesionadas, contratadas, entram nos times. Devemos tentar manter o mesmo ritmo, o foco e concentração para se superar cada vez mais e continuar crescendo”, disse a central Fabiana.

A bicampeã olímpica voltará a usar hoje a tarja de capitã pela primeira vez desde a eliminação do Brasil na Rio 2016. É que a sua companheira de posição, a central Walewska será poupada e Natasha jogará como titular.

Minas. Já o time da capital, que perdeu quatro dos seis jogos que fez em casa no turno, quer devolver, nesta terça, às 20h, em São Caetano, a derrota amarga por 3 a0 que sofreu para o São Cristóvão Saúde-São Caetano-SP na estreia da Superliga. O time do técnico Stefano Lavarini fez uma campanha de recuperação na primeira fase do campeonato e terminou o turno em quarto lugar.

Com um desconforto no abdômen, Destinee Hooker é desfalque, em seu lugar, jogará a contagense Laiza, de apenas 21 anos.

Nesta segunda-feira (18), a CBV definiu as datas das semifinais da Copa Brasil 2018. Minas e Praia se enfrentam às 19h, do dia 18 de janeiro em Lajes (SC). Mais tarde, às 21h30, Sesc-RJ e Vôlei Nestlé-SP decidem a outra vaga na decisão.

O que achou deste artigo?
Fechar

Vôlei feminino

Com diferentes objetivos, Minas e Praia iniciam o returno da Superliga
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter