Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Cine Humberto Mauro

Cinema italiano é homenageado em maratona com filmes clássicos

Palácio das Artes recebe mostra gratuita, a partir desta sexta-feira (17), contemplando Fellini e Rossellini

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
“Noites de Cabíria”, de Frederico Fellini, é uma das estreias desta sexta (17)
PUBLICADO EM 17/02/17 - 03h00

Em um panorama completo do cinema italiano, o Cine Humberto Mauro recebe, a partir desta sexta-feira (17), a mostra “Clássicos Italianos”. Com entrada gratuita, a programação contempla 41 produções de cineastas como Federico Fellini, Michelangelo Antonioni e Roberto Rossellini, em mostra que vai até 24 de março.

Assim como outras mostras focadas no cinema de países como França, Japão, Espanha, e Polônia, esta edição do projeto pretende apresentar uma visão ampla de aspectos socioculturais e estéticos que marcaram o cinema italiano no período pós-guerra, entre as décadas de 1940 e 1960, ressaltando principalmente a influência do neorrealismo italiano sobre os filmes da época. Nesse período, a partir de subsídios do governo para o cinema, cineastas puderam retratar a realidade e as vivências da guerra – e como suas consequências pautaram a sociedade italiana.

“Os diretores lançaram um olhar crítico sobre as novas configurações sociais, e a experiência deles na Guerra foi agregada à estética dos filmes”, explica Bruno Hilário, coordenador de Cinema e curador da mostra. “O neorrealismo italiano foi um movimento muito importante, que veio a influenciar várias correntes posteriores, como, por exemplo, a nouvelle vague”, completa.

Entre os filmes exibidos nesta sexta-feira (17) estão “Roma, Cidade Aberta” (1945) e “Paisà” (1946), ambos de Roberto Rossellini, e “Noites de Cabíria” (1957), de Federico Fellini.

Além desses, “Medeia” (1969), de Pier Paolo Pasolini, “Viagem à Itália” (1954), de Roberto Rossellini, e “Ladrões de Bicicleta” (1948), de Vittorio de Sica, são outros destaques.

Com sessões gratuitas, exigindo a retirada de ingressos 30 minutos antes de cada exibição, Bruno Hilário convida o público leigo a conhecer de perto a rica produção italiana. “Pensamos na ‘Clássicos Italianos’ como forma de dar continuidade a um projeto que iniciamos em 2015, que consiste em fazer um recorte cinematográfico de determinado país e, consequentemente, aproximar o público das diferentes culturas e sociedades”, diz Bruno.

Programe-se

Filmes exibidos nesta sexta (17)
17h – “Roma, Cidade Aberta”, de Rossellini
19h30 – “Paisà”, de Rossellini
21h30 – “Noites de Cabíria”, de Fellini

Mais. As sessões acontecem no Cine Humberto Mauro (avenida Afonso Pena, 1.537, centro), com entrada gratuita.

O que achou deste artigo?
Fechar

Cine Humberto Mauro

Cinema italiano é homenageado em maratona com filmes clássicos
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter