Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Polêmica

Denúncias de assédio sexual no balé e na TV norte-americana

Entretenimento americano soma casos envolvendo celebridades acusadas de má conduta

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Peter Martins
Alvo. Peter Martins decidiu se aposentar após denúncias de assédio contra ele
PUBLICADO EM 03/01/18 - 03h00

Washington. Uma mulher substituirá o famoso apresentador de televisão americano Matt Lauer, despedido após ser acusado de assédio sexual, informou na terça-feira (2) a rede NBC News. Hoda Kotb, que ocupa o posto de Lauer desde sua saída em novembro, será oficialmente a apresentadora do programa matutino “The Today Show” ao lado de Savannah Guthrie, que acompanhava Lauer. “Deve ser a decisão mais popular tomada pela NBC News”, escreveu Guthrie no Twitter. Kotb, uma egípcia-americana de 53 anos, é uma premiada jornalista contratada pela NBC em 1998 como correspondente.

A decisão de manter duas mulheres na bancada do programa rompe com a típica formação homem-mulher de apresentadores dos programas matutinos de notícias e acontece em meio aos escândalos de abusos sexuais envolvendo personalidades de todos os setores da sociedade.

Com um salário anual de 25 milhões de dólares, Lauer entrevistou os quatro últimos presidentes dos Estados Unidos e apresentou alguns dos eventos mais importantes do mundo durante mais de duas décadas, incluindo vários Jogos Olímpicos e os atentados de 11 de setembro.

Mais casos. Peter Martins, 71, diretor do New York City Ballet, é também um dos mais recentes nomes arrastado pela onda de denúncias desatadas há meses. Na terça-feira ele anunciou sua saída depois de ter sido acusado de assédio e abuso sexual. Mais de vinte bailarinas acusam Martins de abusos verbais e físicos e de usar seu poder para obter favores sexuais. “Neguei e, continuo negando, ter incorrido nessas condutas inapropriadas”, escreveu em uma carta à direção do balé, na qual comunicou sua demissão, segundo o texto divulgado pelo “The New York Times”. Martins, que é dinamarquês, estava sendo investigado depois que uma carta anônima denunciou as acusações. Depois, um grupo de bailarinas fizeram novas acusações ao “Times”; algumas das ocorrência datavam dos anos 1988.

As denúncias de má conduta sexual sacudiram o setor do entretenimento americano, acabando com as carreiras do produtor Harvey Weinstein, do ator Kevin Spacey e do apresentador da CBS News Charlie Rose, entre outros.

O que achou deste artigo?
Fechar

Polêmica

Denúncias de assédio sexual no balé e na TV norte-americana
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter