Recuperar Senha
Fechar
Entrar

“Gostosas, Lindas e Sexies”

Filme não sai da superfície com suas mensagens

Produção se revela tão esquemática quanto esquecível

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
Comédia romântica traz roteiro previsível e direção convencional
PUBLICADO EM 20/04/17 - 03h00

SÃO PAULO. Não faltam boas intenções a “Gostosas, Lindas e Sexies”. A tese da comédia romântica é que as mulheres gordas podem alcançar a plenitude sexual, o êxito na vida amorosa e o sucesso profissional.

Elas podem, certamente. O problema é que os filmes sempre saem perdendo quando o roteiro está a serviço de uma “mensagem”. O cinema, como a vida, não cabe em uma frase conclusiva.

Assim, “Gostosas” se revela uma produção tão esquemática quanto esquecível.

O filme reúne quatro amigas que defendem a beleza “plus size”. Uma delas, a jornalista Beatriz (Caroline Figueiredo), enfrenta as provocações de colegas magérrimas na redação.

A situação não é isenta de verdade, mas empobrece a comédia ao ser exposta de modo tão maniqueísta.
Mais interessantes são os retratos de Malu (Mariana Xavier) e Ivone (Cacau Protásio), muito por conta do talento das atrizes.

As duas e uma breve participação de Paulo Silvino como taxista respondem pelos melhores momentos do filme.

No entanto, prevalece a sensação de que mesmo essas personagens seriam capazes de surpreender mais o público não fosse a direção convencional de Ernani Nunes e o roteiro previsível de Vinícius Marquez.

Em tempos de redes sociais como tribunas da estética, a discussão sobre padrões de beleza é cada vez mais pertinente, seja pela via cômica, seja pela dramática.

Mas o filme perde essa chance ao se limitar à superfície das ideias prontas. (Naief Haddad)

O que achou deste artigo?
Fechar

“Gostosas, Lindas e Sexies”

Filme não sai da superfície com suas mensagens
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (2)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter