Recuperar Senha
Fechar
Entrar

“Malhação”

Serguei finge ser gay para ‘pegar’ mulheres

Personagem de Christian Monassa serve como um psicólogo para as clientes

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Monassa
Monassa diz que tem se divertido muito com o personagem
PUBLICADO EM 22/07/13 - 03h00

São Paulo. Um esperto cabeleireiro vai divertir o público de “Malhação” (Globo) nesta semana. É Serguei, personagem de Christian Monassa, que se aproveita de sua proximidade com as garotas para conquistá-las. “Ele foi criado por mulheres e trabalha no salão de beleza da família. Então, entende a alma feminina e acaba sendo um psicólogo para elas”, conta o ator, que, aos 17 anos, encara seu primeiro papel fixo em uma novela.

Acontece que, por conta do convívio com as mulheres, o rapaz acabou adquirindo trejeitos afeminados, o que faz com que todos, inclusive seus alvos, acreditem que ele seja gay. “É uma delícia, pois ele é um rapaz leve, feliz. Mas, diferentemente do que os outros pensam, não é gay”, conta.

Para não perder as clientes e prejudicar o comércio da família, Serguei vai ter de se conter diante da mulherada. “Ele consegue até se envolver com algumas delas, mas fica difícil fazer a relação ir adiante, ainda mais com todo mundo afirmando que ele tem outra orientação sexual”, diz Monassa.

Para encontrar uma namorada, o cabeleireiro vai pedir ajuda às inseparáveis amigas Júlia (Ana Beatriz Cisneiros) e Anita (Bianca Salgueiro). “Eles têm uma amizade muito forte, trocam conselhos e falam sobre tudo. Elas vão ajudá-lo a encontrar alguém que não se deixe influenciar pelo que dizem dele”, adianta Bianca.

Para dar vida ao personagem, o ator conta que fez laboratório com os cabeleireiros da Globo. “Eles me ensinaram as técnicas, o jeito de lidar com as mulheres, além de alguns bordões. Foi tudo muito divertido”, lembra.

O que achou deste artigo?
Fechar

“Malhação”

Serguei finge ser gay para ‘pegar’ mulheres
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter