O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Versátil

Cerveja para beber e ‘comer’

Uma das bebidas alcoólicas mais famosas no Brasil cai bem tanto em harmonizações quanto em receitas; descubra qual combina com seu prato predileto

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
Fish and Chips. Prato preparado na Taberna do Vale tem valor de R$ 45 e serve três pessoas
PUBLICADO EM 14/05/17 - 03h00

Seja no boteco da esquina, harmonizando ou servindo de ingrediente em pratos sofisticados, a cerveja é onipresente na mesa e no copo de grande parte dos brasileiros. Em Belo Horizonte, cidade que é considerada a capital mundial dos botecos, a bebida é sempre bem-vinda. Não é à toa que Minas Gerais é o segundo maior Estado em produção de cervejas artesanais no país, de acordo com o Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (Sindibebidas). 

Pensando nisso, o Gastrô separou receitas em que você pode usar – com moderação – da bebida à base de cevada, além de escolher a melhor cerveja para harmonizar com seu prato. Engana-se, porém, quem pensa que as combinações de cerveja só servem para pratos salgados. Prova disso é a criação da chef Sheilla Furman, participante do reality show culinário “The Taste Brasil”, do GNT. Em uma de suas provas, ela apresentou o sorvete de cerveja red ale, que a classificou para a fase seguinte.

“Sou fã da cerveja tipo red ale, que combina com pratos gordurosos. Então, pensei que daria certo misturá-la ao sorvete, que também tem gordura”, comenta, destacando que o quitute pode ser acompanhado de frutas, como tangerina e banana, e bolos. “Para beber, sugiro que se tome a mesma cerveja. É uma harmonização por semelhança”, afirma.

Nas carnes. O mais comum, porém, é que as cervejas sejam usadas como ingredientes de pratos salgados. Na cervejaria Taberna do Vale, por exemplo, a bebida é utilizada para empanar o filé de tilápia. De acordo com o mestre cervejeiro Felipe Viegas, a ideia do prato surgiu do desejo de montar uma receita típica da Irlanda – país onde a cerveja é muito popular – com acréscimo de ingredientes brasileiros. “Escolhemos um peixe daqui. A maionese é feita com gengibre, mais refrescante e que se adapta melhor ao nosso clima”, afirma Viegas, ao destacar que a cerveja que mais combina com o prato é a stout.

Na Fürst Tap Room há três pratos que levam a bebida fermentada como ingrediente. A barriga de porco, por exemplo, é preparada com cerveja pilsen. De acordo com o chef Rodrigo Baeta, a ideia foi dar uma toque mais sofisticado à receita. “Sempre vemos em lugares como Mercado Central ou botecos de maneira geral que a barriga de porco é consumida com cerveja. Então, resolvi fazer uma releitura mais elaborada do prato”, diz Baeta. Ele destaca que a cerveja que melhor harmoniza com o prato é a pilsen. “É uma harmonização por semelhança. Deve-se sentir sabor parecido tanto na carne quanto na cerveja”, diz.

A chef Ana Motta, do restaurante Salumeria Central, também indica uma harmonização por proximidade entre prato e bebida. A cerveja preta, usada no preparo das almôndegas de carne suína e bovina, é a ideal para acompanhar o prato. “A cerveja preta tem um amargor que combina com a carne de porco, esse sabor é ressaltado com essa combinação”, explica a chef, que destaca: “Diferentemente do vinho, a cerveja permite sabores e notas diferentes”.

A cerveja preta também está presente nos medalhões de filé do Atmosphera Mocca Coffee and Meals. De acordo com a chef Verena Gonçalves, o molho feito à base da bebida combina com praticamente tudo. “Ele é clássico. As pessoas já estão bem habituadas a fazê-lo”, afirma. O mestre cervejeiro do café, Ricardo Sival, ainda diz que o prato pode ser harmonizado com cerveja pale ale e lager.

Na cebola.O chef do Protótipo Bar escolheu a cebola para ser empanada com cerveja sout. “A cebola é ácida, e a cerveja, doce. Então, há equilíbrio entre ambas”, afirma. Lucas Zacharias, proprietário e sommelier do local, afirma que a cerveja que mais combina com o prato é a india pale ale.

Para as mães. E, se sua mãe é uma apreciadora de boas cervejas, hoje é um bom dia para levá-la ao Haus München. Em comemoração pelo dia dela, o restaurante preparou o tornedor de filé com crosta de malte.

“Trabalhamos o malte na cervejaria. Então, resolvemos fazer a crosta misturando malte e ervas. Ficou um sabor muito interessante”, afirma a chef Fernanda Zatar, ressaltando que a cerveja que melhor harmoniza com o prato é a english pale ale.


Serviço

Sheilla Furman - (31) 99984-4981

Taberna do Vale - Av. Canadá, 968, Jardim Canadá, Nova Lima, (31) 3581-3047

Fürst Tap Room - Rua Bernardo Guimarães, 2.612, Santo Agostinho, (31) 3335-7094

Salumeria Central - Rua Sapucaí, 527, Floresta, (31) 2552-0154

Atmosphera Mocca Coffee and Meals - Alameda do Ingá, 16, Vila da Serra, Nova Lima, (31) 3656-7404

Protótipo Bar - Rua Professor Galba Veloso, 206, Santa Teresa, (31) 3566-0396

Haus München - Rua Juiz de Fora, 1.257, Barro Preto, (31) 3291-6900

O que achou deste artigo?
Fechar

Versátil

Cerveja para beber e ‘comer’
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter