O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Fácil de fazer

Guitarrista do Lavô, Tá Novo ensina receita de bebida para a folia

Combinação é ideal para aproveitar o Carnaval com os amigos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
 Lavô, Tá Novo
Lavô, Tá Novo se apresenta em Belo Horizonte pelo segundo ano
PUBLICADO EM 01/02/18 - 03h00

Na primeira vez que Henrique Vilela foi fazer uma bebida que envolvia frutas e álcool, o resultado não foi dos mais confiáveis. Com o intuito de fazer um ponche, o guitarrista do bloco Lavô, Tá Novo misturou diversas frutas e bebidas em um recipiente, e o efeito foi uma drinque verde. “Ninguém estava querendo provar o ponche, mas, depois que tomaram, todo mundo aprovou”, brincou.

Após um treino intensivo na cozinha, Vilela afirmou que, agora, se garante na preparação da sangria de balde e que ela é uma ótima opção para o Carnaval. “A ideia do Carnaval de rua é unir os amigos. Essa bebida vai ficar em torno de R$ 60 e pode ser dividida por uma média de seis pessoas. Ou seja, além de curtir a festa junto, o pessoal vai gastar pouco”, explicou. Além disso, o guitarrista conta que o bloco defende a ideia de que os foliões não devem poluir as ruas durante a festa, e a bebida é uma forma de evitar o acúmulo de lixo. “Você pode preparar a receita em casa e já jogar fora todos os resíduos. Depois, é só levar o balde embora e reaproveitá-lo”, revelou Vilela.

Segundo o guitarrista, as frutas usadas para fazer a bebida podem ser trocadas por qualquer outra. Para as pessoas que não bebem, basta retirar a bebida alcoólica e adicionar um suco de uva integral e um pouco de açúcar na mistura. “Uma dica é colocar a catuaba no congelador, porque assim a sangria vai ficar mais cremosa quando for adicionada a bebida”, explicou o músico.

Sob a supervisão do jornalista Luiz Cabral Inácio

Quinta!

O próximo ensaio do bloco Lavô, Tá Novo acontece nesta quinta-feira (1), às 19h, na praça da Estação. A bateria é aberta, e qualquer pessoa pode participar do cortejo. Mais informações: (31) 9967-0479. 

 

Nostalgia musical

Perla, Kelly Key, Felipe Dylon, Sandy e Junior. Se ao ler esses nomes você sentiu saudades de, pelo menos, uma música deles, você não pode perder o cortejo do Lavô, Tá Novo. O bloco, que se apresenta no Carnaval de Belo Horizonte no dia 11, a partir das 14h, na praça Comendador Negrão de Lima, no bairro Floresta, tem como objetivo trazer aos foliões um repertório nostálgico. “Todo mundo já teve a experiência de estar em uma mesa com os amigos e se lembrar de alguma música dos anos 80 a 2000. Temos um apego emocional com essas canções e queremos relembrá-las”, explicou Henrique Vilela. Os ensaios do bloco ainda estão acontecendo, e a bateria é aberta para todo o público. “É só colocar a polaina, uma sunga de crochê e vir tocar com a gente. Aqui o brega é chique”, brincou.

Sangria de balde

Ingredientes

1 abacaxi picado

1 maçã picada

1 manga picada

Suco de duas laranjas

2 laranjas em rodelas

Suco de três limões

3 limões em rodela

1 caixa de morango

3 garrafas de catuaba ou cachaça

500 mg de Soda Limonada

Gelo

1 balde limpo

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes no balde e misture. Vá acrescentando o gelo aos poucos para manter a bebida sempre gelada. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Fácil de fazer

Guitarrista do Lavô, Tá Novo ensina receita de bebida para a folia
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter