O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Sucesso mundial

Pão de queijo é destaque de grande jornal inglês; veja o que disseram

O título do 'The Guardian' mostra a admiração dos ingleses ao nosso patrimônio: 'Pão de queijo é a história do Brasil em um lanche de queijo impossível de parar de comer''

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Pão de queijo
Os ingleses chamaram o pão de queijo de 'moreish', uma tradução de perto de 'impossível parar de comer'
PUBLICADO EM 26/06/17 - 10h15

O pão de queijo ultrapassa fronteiras e ganha adoradores pelo mundo. Neste domingo, um dos maiores jornais da Inglaterra, o "The Guardian", deu destaque em sua edição online a essa preciosidade mineira.

O título da matéria mostra a admiração dos ingleses ao nosso patrimônio: "Pão de queijo é a história do Brasil em um lanche de queijo impossível de parar de comer".

Em seguida, eles explicam um pouco a origem do que chamam de lanche, mas que sabemos que é mais do que isso. "Índigenas brasileiros, escravos africanos e fazendeiros europeus, todos influenciaram na evolução dessas bolas de queijo deliciosas vindas de Minas Gerais".

Quer ler a matéria em inglês? Clique aqui.

Pronúncia

Na matéria do "The Guardian", há uma aulinha de como se pronuncia a palavra pão de queijo. Eles escreveram: pow-ge-kay-ju. Tentou ler? Estão chegando quase lá.

Os ingleses reforçam também a presença do pãozinho na mesa de todos os brasileiros, extrapolando as fronteiras mineiras. "Em quase todos os encontros brasileiros, você encontrá o pão de queijo sobre a mesa".

Além da história do pão de queijo, o "The Guardian" lembra que, hoje, é possível comer esta iguaria mineira em qualquer canto brasileiro 24 horas por dia.

"É muitas vezes vendido em bares, mas é melhor comer no café da manhã, fresco do forno e com uma xícara de café brasileiro". Estes ingleses aprenderam rápido.

O que achou deste artigo?
Fechar

Sucesso mundial

Pão de queijo é destaque de grande jornal inglês; veja o que disseram
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (4)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter