INCONTESTÁVEL

Sada Cruzeiro reafirma soberania nacional com penta da Superliga

Vitória sobre o Taubaté, neste domingo, confirmou favoritismo do time que teve melhor campanha do início ao fim da competição

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Sada Cruzeiro
Campeão absoluto: Sada Cruzeiro ergue mais uma taça e faz história!
PUBLICADO EM 07/05/17 - 12h19

Ter feito muito e superado quase todas as barreiras que apareceram no seu caminho teve o efeito de combustível para o Sada Cruzeiro. Acomodações não são permitidas dentro de um elenco que parece se motivar em ser o maior alvo de todos os adversários, dentro e fora do país. A cada vitória, que encaminha o rumo de novos títulos, a motivação parece se reerguer para superar as próprias marcas. Ir além do que foi conquistado é um objetivo constante do time do técnico Marcelo Mendez, que segue cravando seu nome como maior time brasileiro de todos os tempos.

A marca inédita de sete finais seguidas da Superliga masculina não teria o mesmo valor sem um novo título nacional. Neste domingo, dentro do ginásio do Mineirinho, na final da maior competição do país, o Sada conquistou o pentacampeonato brasileiro ao vencer o Funvic-Taubaté-SP por 3 a 1 (25/22, 25/22, 18/25 e 25/19), reafirmando uma hegemonia que insiste em perdurar. Os adversários, um a um, foram caindo diante de um elenco capaz de muito em tão pouco tempo. Pouco resta aos oponentes além de reconhecer as façanhas e lamentar quando um time deste nível aparece na sua frente.

Diante de um Mineirinho lotado com 14.000 pessoas e colorido de azul e branco, a força das arquibancadas fez bem a sua parte para impulsionar o time do técnico Marcelo Mendez em todos os momentos do duelo.

Veja o vídeo da grande decisão: 

O Sada Cruzeiro mantém a meta de ser incansável, fazendo os adversários terem os celestes como algozes e um espelho a ser seguido não somente pelos resultados, mas pela conduta e comprometimento apresentados há várias temporadas seguidas. O título deste domingo foi o quinto do time na história da Superliga, o quarto de forma seguida, feito que ainda não havia sido alcançado por qualquer outro elenco.

Para fazer história, é preciso trilhar um percurso nem sempre muito fácil, mas que costuma ser recompensador. O quinto grito de campeão nacional, exaltado assim que a última bola caiu diante do Funvic-Taubaté-SP fez todo o esforço de uma temporada valer a pena. A Superliga fecha uma temporada quase perfeita, que começou com as conquistas do Mineiro, da Supercopa, do Mundial e do Sul-Americano. Faltou somente a Copa Brasil para corar um trabalho com 100% de aproveitamento, como já aconteceu em anos anteriores.

As tentativas de dar sinônimos ao time e suas realizações seguem surgindo a cada presença no lugar mais alto do pódio. São 26 títulos desde 2010, em 30 finais de 33 campeonatos. A cada conquista, a equipe ganha um novo significado, sempre simbolizado por um trabalho diário de dedicação. O pé no chão fez o Sada saber que era preciso fazer sua parte para atingir objetivos que foram cumpridos com excelência. Sem uma raiz forte, regada com trabalho, suor e empenho, a árvore criada pelo time do Barro Preto dificilmente daria as folhas e os frutos de tantas vitórias.

A torcida agradece por estar sob a sombra de um time multicampeão, que não se cansa de conquistas seguidas que só param quando um torneio tem seu fim. Assim que um próximo começa, chega a hora de vislumbrar novos horizontes para fazer os galhos de tantas tradições ficarem ainda mais altos.

O que achou deste artigo?
Fechar

INCONTESTÁVEL

Sada Cruzeiro reafirma soberania nacional com penta da Superliga
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Clique sobre o ícone para exibir as informações...
Clique sobre o ícone para exibir as informações...