Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Carnaval

Conheça algumas marcas mineiras que se dedicam ao mercado carnavalesco

Elas pensam em peças estratégicas para quem for curtir a folia de rua nos blocos da capital

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
gh
PUBLICADO EM 04/02/18 - 03h00

O momento não poderia ser mais oportuno. Com o fôlego que o Carnaval de Belo Horizonte ganhou nos últimos anos, era de se esperar que marcas de DNA mineiro começassem a olhar para a folia com outros olhos – talvez mais empreendedores, visando as produções que os foliões preparam para curtir os quase 500 blocos, alguns deles já nas ruas e outros tantos durante a programação intensa que se estende além da Quarta-Feira de Cinzas.

É por isso que muitos estilistas dedicaram-se a fazer coleções especiais para a ocasião. Alguns estreantes e outros repetindo a dose do sucesso do ano passado, persistindo no mercado carnavalesco, com peças como pochetes, tiaras adornadas, maiôs com frases de efeito – e até gritos políticos – e adereços com paetês e, claro, muito glitter.

Para te ajudar na missão de curtir a folia, mas com muito estilo, selecionamos um guia carnavalesco com algumas marcas que revelam as peças especiais que prometem ser hits.

Artesanal e vintage

Contagiadas pelo frenesi das ruas da capital mineira, as amigas e sócias Alice Correa e Débora Cruz criaram, em 2017, a Dercy. “Como boas folionas que somos, logo sentimos falta de roupas que traduzissem a exuberância da festa. Daí a ideia de criar uma marca que pudesse trazer um pouco da beleza dos antigos carnavais para as ruas, só que de uma forma mais descontraída”, contam. Para a temporada 2018, a marca, que preza pelo trabalho artesanal, aposta em peças inspiradas no universo burlesco, como bodies luxuosos, quimonos e capas com muito paetê, tule e plumas – tudo pensado para se adequar à folia das ruas. Há também roupas com modelagem sem gênero para infinitas possibilidades de fazer bonito no bloco mais próximo. Em BH, a venda acontece na loja Jardin e também pelo site www.dercy.cc

FOTO: Gustavo Marx/divulgação
gh
 

É pra causar!

Com a curadoria afinada das sócias Rebeca Xavier e Caroline Toledo, a Butic Bardot pensou em uma rede de produção local para conquistar todos os perfis de clientes focados na folia. Para este Carnaval, as sócias criaram peças trabalhadas em muito brilho, com materiais como lamê e paetês. Além da coleção própria, a Butic Bardot também faz colaborações com outras marcas e artesãos locais, como alguns especializados em adereços de cabeça. “Destaque para os quepes inspirados em grandes festivais internacionais, como o ‘Burning Man’ e o ‘Coachella’, arrematados com pedraria e pompons”, disse Rebeca, que também investiu em produtos como pedras autocolantes, para dar um “up” na fantasia. As ombreiras também chamam atenção. Elas são dignas de rainha da bateria e podem ser incorporadas em qualquer produção.

FOTO: Victor Piroli/divulgação
10
 

Culto ao corpo

O estilista Célio Dias, da marca LED, investiu pela primeira vez no tema carnavalesco no ano passado e, com o sucesso, produziu uma nova coleção para a folia de 2018. Entre as criações para esta edição, o estilista propõe maiôs, sungas e camisetas estampados com trocadilhos divertidos como “Bicha Pwr”, “Plena”, “Tesão” e “Suprema”, expressões que, para o estilista, enaltecem o próprio corpo e valorizam a autoestima. “Deixamos o glitter e a purpurina de lado e apostamos na diversidade dos corpos, de todo mundo poder usar o que quiser e se sentir confortável para aproveitar as festas o máximo possível”, disse. As peças estão disponíveis nas lojas Mooca, Butic Bardot e no Grande Hotel Ronaldo Fraga.

FOTO: Magê Monteiro/divulgação
fd
 

Empoderadas

Fantasias de cunho feminista são apostas da turma da Negoçada, formada pelas estilistas Layana Thomaz e Maíra Nascimento e pela produtora e figurinista Kenia Faria. As peças pregam a aceitação e a liberdade de corpos e dão o recado contra o machismo. “Como nosso corpo é político, criamos roupas leves na forma de maiôs, hot pants e tops com mensagens bordadas, com muito humor, irreverência e força, como deve ser o Carnaval”, disse Maíra. Para incrementar o armário poderoso para além dos dias da folia, a marca criou opções de bonés com aplicações em patches, que têm mensagens feministas. “Acreditamos nessa força da união entre as mulheres. Procuramos criar essa energia com as nossas clientes e parceiras durante os eventos e nos blocos onde nos encontramos. É lindo!”, finaliza. Para saber mais: instagram.com/negocada_carnaval

FOTO: Elisa Mendes/divulgação
g
 

Confortáveis

Foi no ano passado, quando perceberam o potencial do Carnaval mineiro, que as sócias Natalia Lisboa e Karol Florêncio investiram no setor para criar a Colombina. Genuinamente artesanal, a marca tem peças confortáveis para encarar o calor e o sol da folia nas ruas. “Apostamos em modelos como saia de sereia, top ciganinha, quimonos, bodies e hot pants. Algumas peças podem ser usadas fora do Carnaval também”, destaca Natalia, que trouxe uma saia inspirada na usada pelas cantoras Anitta e Pabllo Vittar no clipe de “Sua Cara”. A marca também divulga a coleção juntamente à Goiabada Acessórios, que produz artesanalmente adornos diferenciados de cabeça e, o melhor, com preço acessível. Além da pronta-entrega, há também a possibilidade de encomenda pelo instagram @colombina.carnaval

FOTO: Maria Fróis/divulgação
fd
 

Inseparáveis para a folia

Um bom adereço transforma qualquer look em um produção digna de folia. Esse foi o foco da designer Fernanda Torquett ao criar adornos e brincos inspirados nos astros. À venda na loja Jardin.

FOTO: Julia Lego/divulgação
fd
 

Folião protegido que se preze precisa de uma pochete. É por isso que Carol Maqui, da O Jambu, sabe o valor desse acessório e criou uma linha especial, cool e supercolorida para a temporada.

FOTO: Thyago Rodrigues/divulgação
fc
 

A estilista Domitila de Paulo sabe que um brinco de respeito pode valer por uma fantasia inteira. É por isso que estreia nesta folia com seus acessórios batizados de Bapho. 

FOTO: Pablo Caldeira/divulgação
,
 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Carnaval

Conheça algumas marcas mineiras que se dedicam ao mercado carnavalesco
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter