Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Acabou!

Michael Kors e Jimmy Choo prometem frear o uso de peles de animais

Outras marcas como Gucci, Hugo Boss e Armani também anunciaram que não usarão mais o material: movimento entra na discussão sobre sustentabilidade

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
PUBLICADO EM 05/01/18 - 13h54

A grife Michael Kors anunciou, recentemente, que não vai mais usar peles de animais em sua produção. A declaração veio como uma surpresa para a indústria, afinal a pele fazia parte da identidade da marca. Na coleção da última temporada (foto), de 67 looks apresentados na Semana de Moda de Nova York, 12 tinham pele.

O posicionamento também vale para a Jimmy Choo, já que a marca de luxo foi comprada no começo do ano pela holding da Michael Kors. “Graças aos avanços tecnológicos na fabricação, agora temos a habilidade para criar uma estética de luxo usando pele que não seja animal”, disse o designer Michael Kors em uma declaração para a imprensa.

Outras marcas como Gucci, Hugo Boss e Armani também anunciaram que não usarão mais o material. O movimento entra na discussão sobre sustentabilidade que permeia a indústria da moda desde meados de 2017 e mostra que é possível redefinir o que é visto como alto luxo.

O que achou deste artigo?
Fechar

Acabou!

Michael Kors e Jimmy Choo prometem frear o uso de peles de animais
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter