Recuperar Senha
Fechar
Entrar

O que vai pegar

Pincelamos no São Paulo Fashion Week as tendências que vão dominar o próximo verão

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM Sun Sep 03 03:00:00 BRT 2017

A volta do neon

FOTO: Ze Takahashi / FOTOSITE

Lembra aquele jeans neon, sucesso dos anos 90? Pois bem! O laranja e o rosa flúor foram destaques na passarela da Two Denim. Para os ousados, vale até investir no look monocromático para os dias quentes.

“Mix and match”

FOTO: Ze Takahashi / FOTOSITE

Já pensou em mesclar estampas e texturas bem diversas entre si em uma mesma peça? Essa é uma das propostas para a próxima estação, como apresentou a Animale. O vestido lembra muito a técnica do patchwork, com várias estampas, todas juntas e misturadas. 

Camisaria

FOTO: Ze Takahashi / FOTOSITE

A camisa passa a ganhar a preferência unânime em quase todas as produções. Uma boa forma de usá-la é na clássica cor branca com gola
bordada e, também, brincar com as sobreposições, como desfilou a PatBo.

Risca de giz

O listrado já está entre as estampas protagonistas do próximo verão. O print clássico que transita nos universos masculino e feminino, a risca de giz ressurgiu fixando sua atemporalidade no desfile da Osklen em peças de alfaiataria confortáveis para o verão.

Check-list

Camisetas para reciclar

A fast-fashion C&A lançou neste mês a primeira linha de camisetas 100% biológica que poderá ser transformada em compostagem depois de ser utilizada. As peças, feitas em algodão orgânico, foram desenhadas para que sejam recicladas ou reutilizadas. Além disso, em todas as etapas do processo produtivo houve reúso de água e foi utilizada energia renovável. A nova linha traz o conceito da economia circular, muito discutido atualmente, que consiste em transformar os produtos e os materiais no fim de sua utilização e dar-lhes outra vida de utilização. A camiseta tem versões feminina e masculina, em seis cores cada, e vai estar disponível também no e-commerce. Em Belo Horizonte, somente nas lojas do BH Shopping e do centro.

Usa quem quer

A onda “genderless”, ou “sem gênero”, em inglês, já está sendo motivo para inspirar diversas coleções de moda e, recentemente, está pautando, mesmo que discretamente, linhas também de acessórios. Neste mês a Rommanel lançou sua primeira coleção com joias folheadas que servem perfeitamente para homens e mulheres. Batizada de ALL, a linha é assinada pelo estilista, consultor e pesquisador de moda Mario Queiroz e não determina um gênero para seu público-alvo. O resultado são peças minimalistas como anéis, broches de camisa, brincos, colares e pulseiras. 

Representatividade, sim!

Já há algumas temporadas, marcas vêm injetando representatividade na passarela, como fez Ronaldo Fraga durante o SPFW. Isso quer dizer que, cada vez mais, apostam em um casting diverso, com modelos que se aproximam dos padrões reais, conectando-se com a diversidade de seus consumidores, principalmente quando se trata de uma fast-fashion, como a Renner. Numa iniciativa infelizmente ainda rara, a empresa contou com modelos idosos, trans e plus size que representaram diferentes biotipos com o objetivo de exaltar a diversidade de quem consome para apresentar sua coleção de primavera/verão 2018, bem no estilo “see now, buy now”. O stylist Thiago Ferraz é quem assinou a coleção, que traz influências dos anos 80 (olha ele aí novamente) com muita cor nos acessórios, brilhos e mensagens de empoderamento feminino.

Foco nas alças

FOTO: Marcelo Soubhia/Fotosite

Ganhando mais destaque do que a própria bolsa, as alças texturizadas persistem para a próxima estação, com a proposta de valorizar até a bolsa mais simples do seu armário. Na Osklen, o acessório veio ornado com alças em tressê de couro. 

Tons terrosos

FOTO: Zé Takahashi / FOTOSITE

Tonalidades que passeiam por vermelho, laranja e mostarda foram dominantes na passarela do SPFW, principalmente em marcas como Lilly Sarti, UMA, Osklen, Vix e À La Garçonne, que trouxeram visuais supervibrantes. 

Make vermelha

FOTO: MArcelo Soubhia / FOTOSITE

Sombra vermelha pode parecer exagerada à primeira vista, mas a maquiagem da Lilly Sarti, assinada por Celso Kamura, é um dos ótimos exemplos de como usar a cor do momento nas pálpebras. Um pequeno risco próximo aos cílios superiores, como um delineador, dá o ar cool que a temporada merece. 

Bordados manuais

FOTO: Gabriel Cappelletti / FOTOSITE

As estampas, com bordados que simulam o traço manual, foram destaque no desfile da estilista mineira Fabiana Milazzo, especializada em moda festa. A novidade, para o verão, são elementos de bordado mais leves no lugar dos materiais pesados, em um truque que mostra roupas trabalhadas e fluidas ao mesmo tempo.

O que achou deste artigo?
Fechar

O que vai pegar
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter