Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Benefício

Cerveja pode ajudar o corpo a retardar o envelhecimento 

Pesquisa também analisou o café, que teria efeito oposto ao da bebida

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Britain Beer
Quantidade. Pesquisa israelense encontrou efeitos após analisar uma xícara de café e uma cerveja média
PUBLICADO EM 22/02/14 - 03h00

Se algum dia a sua dúvida for entre tomar uma xícara de café ou um copo de cerveja, talvez seja melhor escolher a segunda opção, de acordo com uma pesquisa feita por cientistas da Universidade de Tel Aviv (TAU), em Israel. Analisando os sinais moleculares do envelhecimento, os pesquisadores descobriram que a cerveja e o café estão em desacordo em termos de longevidade celular. A nova pesquisa sugere que a levedura da cerveja pode prevenir o envelhecimento das células.

Os estudiosos se basearam no DNA de leveduras expostas à bebida. Cada vez que as células do nosso corpo se dividem, elas fazem cópias das pontas dos cromossomos, que são os chamados telômeros, sequências de DNA. A cada divisão, essas estruturas vão ficando cada vez mais curtas. Isso é o que vai acarretando no envelhecimento celular. Nesse ponto, a cerveja é capaz de desacelerar esse processo de “encurtamento”, retardando o envelhecimento.

A equipe, liderada por Martin Kupiec, professor de microbiologia molecular e biotecnologia da TAU, usou células de levedura para explorar como diferentes fatores ambientais podem afetar o nosso DNA.

“Pela primeira vez, nós identificamos alguns fatores ambientais que alteram o comprimento dos telômeros, e nós mostramos como eles fazem isso”, disse Kupiec. “O que nós aprendemos pode um dia contribuir para a prevenção e o tratamento de doenças humanas”, acredita. O estudo foi publicado na “PLoS Genetics”.

Impacto

Os telômeros são proteínas essenciais que garantem que as fitas de DNA sejam copiadas e reparadas adequadamente.

Um estudo de 2004 pela bióloga molecular Elizabeth Blackburn encontrou telômeros que respondem ao estresse emocional e pode gerar radicais livres nas células.

A equipe TAU ampliou essa investigação, expondo as células de levedura a fatores ambientais causadores de estresse, como temperatura e pH, e mudanças de produtos químicos específicos. Enquanto a maioria desses fatores não teve impacto sobre o comprimento dos telômeros, apenas a quantidade de cafeína em uma xícara de café expresso os encurtou, enquanto uma cerveja média os alongou.

Entretanto, especialistas seguem alertando para os malefícios do consumo excessivo de álcool.

“O que nós aprendemos pode um dia contribuir para a prevenção e o tratamento de doenças humanas”

Alerta

Por outro lado, o excesso de álcool é responsável por uma série de problemas de saúde, como cânceres do sistema digestivo e cirrose.

O que achou deste artigo?
Fechar

Benefício

Cerveja pode ajudar o corpo a retardar o envelhecimento 
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (2)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter