Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Regeneração

Ciência usa maçã para criar tecido humano

A equipe esculpiu maçãs em formato de orelhas e usou as estruturas de celulose resultantes para implantar nelas células humanas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
0
Equipe canadense esculpiu maçãs em formato de orelhas
PUBLICADO EM 02/03/17 - 03h00

Londres, Reino Unido. O biofísico Andrew Pelling, professor da Universidade de Ottawa, no Canadá, vem usando maçã e outras frutas, além de verduras, legumes e até flores, para ajudar a reconstruir o corpo humano, na medicina regenerativa.

Em um experimento recente, Pelling e sua equipe removeram as células e o DNA de uma maçã, até sobrar apenas sua estrutura de celulose – a mesma que deixa a fruta crocante. Ela é responsável por dar rigidez e firmeza às plantas e não é digerida pelos seres humanos. Os cientistas constataram em laboratório, então, que essa estrutura se mostrou efetiva para o implante de células vivas, incluindo células humanas.

A equipe esculpiu maçãs em formato de orelhas e usou as estruturas de celulose resultantes para implantar nelas células humanas, recriando “orelhas”.

Os produtos disponíveis no mercado podem custar entre US$ 30 a US$ 1.500 por cm² e são normalmente derivados de animais ou cadáveres humanos. Já a estrutura feita com base na maçã custa centavos de dólar.

O que achou deste artigo?
Fechar

Regeneração

Ciência usa maçã para criar tecido humano
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter