Recuperar Senha
Fechar
Entrar

AVANÇO DA CIÊNCIA

Físico da UFMG é ganhador de prêmio de estímulo à pesquisa

Marcos Pimenta, professor da Universidade, venceu Prêmio Marcos Luiz dos Mares Guia de Pesquisa Básica

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Marcos Pimenta pesquisa, principalmente, nanotecnologia.
Marcos Pimenta pesquisa, principalmente, nanotecnologia.
PUBLICADO EM 02/10/14 - 16h25

A edição 2014 do Prêmio Marcos Luiz dos Mares Guia de Pesquisa Básica será entregue ao professor Marcos Assunção Pimenta, do Departamento de Física da UFMG, na segunda-feira, 6 de outubro, às 17 horas, em solenidade no auditório da Reitoria, no campus Pampulha.

Em anos pares, o Prêmio contempla pesquisadores mineiros que tenham se distinguido na condução de estudos e pesquisas que contribuíram, de forma significativa, para o avanço da ciência e preferencialmente apresentem potencial para subsidiar o desenvolvimento tecnológico.

“É uma honra enorme ser agraciado com um prêmio que reconhece a importância da pesquisa básica, indispensável para se fazer qualquer tecnologia”, afirma Pimenta.

A entrega do prêmio ocorrerá em solenidade de lançamento da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Minas Gerais e de abertura da 2ª Feira brasileira de colégios de aplicação e escolas técnicas (Febrat).

Participam da cerimônia o reitor Jaime Ramírez, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clélio Campolina, o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais em exercício, Vicente José Gamarano, e o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Mario Neto Borges.

Marcos Pimenta

O agraciado desta edição destaca que sua trajetória como pesquisador se confunde com a do Departamento de Física, que está no nível mais alto de avaliação da Capes e tem grande número de publicações com recepção internacional.

“Meu trabalho só foi possível em função desse ambiente consolidado, pois é fruto de um esforço de equipe, que envolve meus professores, colegas e alunos”, afirma. “Sou hoje um mero representante de toda uma história”, completa.

Marcos Pimenta lembra que sua principal área de pesquisa, a nanotecnologia, é repleta de problemas fundamentais a serem compreendidos, mas também possibilita realizações práticas. E observa que a trajetória, na área de biologia, do ex-professor da UFMG que dá nome ao prêmio também foi de grande envolvimento com a pesquisa básica, que levou a resultados práticos de grandes dimensões.

Em sua opinião, é necessário formar pessoas para entender que, embora nem sempre tenha aplicações imediatas, a pesquisa básica é imprescindível.

Com graduação e mestrado em Física pela UFMG, doutorado em Ciências pelo Centre de Recherches sur la Physique des Hautes Temperatures (França) e pós-doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), Marcos Pimenta é professor titular do Departamento de Física da UFMG e pesquisador 1A do CNPq. Membro titular da Academia Brasileira de Ciências, coordena o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Nanomateriais de Carbono.

É também um dos coordenadores do Centro de Tecnologia em Nanotubos de Carbono (CT-Nanotubos), que, além de realizar pesquisas relacionadas ao uso desse insumo, vai produzir nanotubos de carbono em larga escala.

Prêmio

Promovido pela Secretaria do Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, com apoio da Fapemig, o Prêmio Marcos Luiz dos Mares Guia de Pesquisa Básica busca valorizar institutos, empresas e pesquisadores que trabalham com inovação, em especial no campo de pesquisas básicas identificadas com as necessidades da sociedade.

De acordo com as regras da premiação, por pesquisa básica entende-se “aquela que visa compreender a natureza e aumentar o conhecimento humano”.

Atribuído na modalidade Instituição/Empresa, em 2013 o Prêmio foi entregue ao Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFMG.

O que achou deste artigo?
Fechar

AVANÇO DA CIÊNCIA

Físico da UFMG é ganhador de prêmio de estímulo à pesquisa
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter