Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Dia do sexo

Vida sexual ativa pode preservar juventude

Estudo britânico revela que fazer sexo regularmente ajuda a rejuvenescer de cinco a sete anos, além de tornar as pessoas mais saudáveis e dispostas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Dia do Sexo
Homem que prefere ter mulher por cima na hora do sexo pode ter fratura no pênis
PUBLICADO EM 06/09/13 - 03h00
Um estudo recente publicado pelo setor de psicologia do Royal Edinburgh Hospital, no Reino Unido, constatou novos benefícios que o sexo traz para a saúde física e emocional das pessoas. De acordo com o Dr. David Weeks, que passou décadas estudando a atividade sexual de homens e mulheres de diferentes idades, ter uma boa vida sexual é um ingrediente essencial para preservar uma aparência significativamente mais jovem. O especialista britânico garante que os casais que têm uma vida sexual ativa aparentam ser de cinco a sete anos mais jovens, se mantendo mais ativos e saudáveis em idades avançadas. 
 
Para Weeks, a satisfação sexual está entre os fatores cruciais para a melhoria da qualidade de vida. A explicação é fácil: durante o sexo, nosso organismo libera endorfinas que causam a sensação de prazer e ajudam a reduzir o stress, a ansiedade e a insônia, além de estimular a produção do hormônio do crescimento, que aumenta a elasticidade da pele, combatendo o aparecimento de rugas e garantindo um brilho saudável à pele. Todos esses benefícios sugerem, segundo o responsável pelo estudo, um rejuvenescimento interno e externo do corpo. 
 
Além disso, o sexo é um ótimo exercício físico que melhora a circulação sanguínea, previne doenças cardiovasculares, queima calorias e ainda ajuda a aumentar os níveis de anticorpos e eliminar toxinas que prejudicam nosso sistema imunológico.  "Fazer amor é bom. A sexualidade não deve ser vista como prerrogativa de jovens, mas atitudes positivas em relação ao sexo devem ser incentivadas durante toda a vida, em todas as idades", recomendou Weeks durante a apresentação de suas descobertas na conferência anual da British Psychological Society, realizada na Inglaterra.
 
A novidade pode ser uma boa desculpa para comemorar o "Dia do Sexo" nesta sexta-feira (6). Celebrada desde 2008, após uma ação de marketing da marca de preservativos Olla, a data caiu nas graças do público, afinal, quem não quer ter celebrar uma data tão sugestiva? Confira alguns benefícios importantes para você não deixar essa homenagem ao sexo passar em branco no seu calendário:
 
BENEFÍCIOS
- Sexo rejuvenesce. Quando praticado três ou quatro vezes por semana pode ajudar a ter uma aparência melhor já que o hormônio do crescimento humano é liberado, aumentando a elasticidade da pele e diminuindo o risco de aparecimento de rugas.
 
- Sexo age como um analgésico natural. Sua prática libera endorfina, que são substâncias responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar, eliminando dores de cabeça, diminuindo a ansiedade, reduzindo o stress e facilitando o sono.
 
- Sexo melhora o sistema imunológico. Segundo pesquisadores da Universidade da Pensilvânia (EUA), a atividade a aumenta os níveis de imunoglobina A, anticorpos que protegem o organismo, turbinando nosso sistema imunológico.
 
- Sexo faz bem para o coração. O esforço físico da atividade sexual, que também ajuda a queimar gorduras, aumenta a circulação sanguínea, o que é fundamental para a saúde do coração, melhorando seu desempenho.
 
- Sexo está ligado à inteligência. Pesquisas da Universidade de Princeton (EUA) sugerem que a vida sexual estimula o crescimento de células cerebrais no hipocampo, parte responsável pela memória e aprendizado.
 
DÚVIDAS?
Participe do nosso videochat sobre o "Dia do Sexo" com o Dr. Ramon Luiz Braga Dias Moreira, presidente do Comitê de Sexologia da Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig), a partir das 14h. Você pode enviar suas perguntas pelo Facebook, Twitter ou pelo e-mail portal@otempo.com.br
 

O que achou deste artigo?
Fechar

Dia do sexo

Vida sexual ativa pode preservar juventude
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter