Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Parem já!

Celular tem feito motorista brasileiro dirigir de "olhos vendados"

Estudo inédito do Cesvi Brasil faz alerta para o risco causado pelo uso de redes sociais e app de mensagens ao volante. Distraídos pelos smartphones, condutores têm ficado em média até 5 segundos sem olhar para frente

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Celular ao volante
PUBLICADO EM 05/07/17 - 14h11

Se você usa o celular ao volante, pare imediatamente de fazer isso. Estudo recente realizado pelo Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária) constatou que, em espaço de 10 a 20 minutos dirigindo, o brasileiro tem ficado até 4,5 segundos sem olhar para o trânsito para interagir com mensagens e redes sociais nos smartphones.

Na prática, segundo a pesquisa, seria como se o motorista estivesse guiando de olhos vendados. Na cidade, a 50 km/h, esse tempo é suficiente para o carro percorrer 62,5 metros. Na estrada, a 100 km/h, seria como o condutor estivesse às cegas por 125 metros.

Se distâncias em si não te chamam a atenção, seria como se você estivesse passando, sem perceber, por mais de 30 motos enfileiradas no trânsito da cidade. Ou então, por mais de 25 carros populares em um congestionamento na rodovia.

É rapidinho...

O estudo do Cesvi analisou o tempo gasto pelos voluntários em tarefas corriqueiras (e proibidas ao volante) como ler e responder o WhatsApp, abrir o Facebook, carregar o Instagram e destravar o celular. Ao fazer tudo isso, os motoristas ficaram, em média, 2,69 segundos sem olhar para a pista. Eles levaram 1,5 segundo seja para visualizar cada mensagem ou destravar o celular, percorrendo neste espaço de tempo cerca de 20 metros, a 50 km/h, sem olhar para frente, e ultrapassando 10 motos enfileiradas.

“Ao gravar um vídeo é necessário considerar que há a necessidade de destravar o celular, abrir o aplicativo da câmera, iniciar a gravação e pará-la, ou seja, o motorista talvez tenha ficado sem olhar à frente por aproximadamente 10 segundos. Para se ter uma ideia, isso significa trafegar à 100 km/h por quase 280 metros, enquanto se produz e publica o post”, alerta Alessandro Rubio, do Cesvi Brasil.

Proibido por lei

O uso do celular ao volante é proibido por lei. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), trata-se de infração gravíssima, com multa de R$ 293,47, além de sete pontos na CNH. De acordo com o Cesvi Brasil, ao interagir com aplicativos do smartphone, você também está sujeito a ser multado por não dirigir com as duas mãos ao volante, o que também é uma infração de trânsito e prevê multa de R$ 130,16 e cinco pontos na carteira.

O que achou deste artigo?
Fechar

Parem já!

Celular tem feito motorista brasileiro dirigir de "olhos vendados"
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter